A TRIBUNA: PREFEITURA ABRE MAIOR LICITAÇÃO DA HISTÓRIA PARA MELHORIAS NA INFRAESTRUTURA

No jornal A Tribuna deste final de semana, destaque para a licitação – a maior da história do município, em termos de valor – aberta pela Prefeitura na quinta-feira, 25, que prevê o investimento dos R$ 11 milhões obtidos em empréstimo junto à Caixa Federal. De acordo com o edital, serão realizadas obras de melhoria – galerias, pavimentação e recape – na infraestrutura de quatro pontos da cidade. O maior valor (R$ 3,5 milhões) será investido no Distrito Industrial III, seguido pelo Jardim do Bosque, onde serão aplicados R$ 3 milhões. O Parque das Flores (R$ 2,4 milhões) e o Distrito Industrial I (R$ 2,1 milhões) são os outros locais que serão beneficiados com as melhorias.

Destaque, igualmente, para a situação do muro do estádio municipal “Roberto Vale Rollemberg”. Matéria do repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca, mostra que as condições atuais do muro estariam colocando em risco a integridade física dos pedestres que andam pelas calçadas que circundam o estádio. Segundo a matéria, o muro apresenta enormes rachaduras e possui grandes pedaços de alvenaria soltos, apoiados em poste de energia. Não bastasse isso, a Prefeitura ainda não providenciou a reforma de um trecho do muro que foi derrubado há “apenas” seis anos para instalação de uma academia ao ar livre. O trecho permanece com uma cerca improvisada, formada por telhas de zinco. 

A atuação da polícia de Jales, que prendeu vários traficantes e apreendeu quase 600 quilos de maconha durante a semana; o pedido da Prefeitura para que o ponto comercial da antiga loja Club Kids, avaliado em R$ 500 mil, seja incluído no leilão de bens da ex-tesoureira Érica; a nota zero obtida por Jales no ranking ambiental do estado – o tal Selo Município VerdeAzul -, no quesito “arborização”; o Simpósio promovido pela OAB Jales, com o tema “Advocacia e Cidadania”, que terá a presença do jurista e deputado federal Luiz Flávio Gomes; e o caso de um advogado de Araçatuba, que está acusando o diretor do EDA de Jales, por suposta violação de suas prerrogativas, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, informações sobre os casos da ex-prefeita Nice Mistilides e do ex-vereador Luís Rosalino, que pleitearam, na Justiça, o pagamento das férias e do décimo-terceiro a que julgam ter direito. A coluna comenta, também, as novidades que elevaram o astral do prefeito Flá nos últimos dias. Na página de opinião, a advogada Alzira Mara explica porque quase surtou diante de uma cena vivenciada na segunda-feira, 22, enquanto o bispo emérito, dom Demétrio Valentini, fala dos 60 anos de instalação da Diocese de Jales. No caderno social, destaque para a colorida coluna do Douglas Zílio e para o coquetel de inauguração da agência Sicredi.

11 comentários

  • Nao to entendendo nada

    Fim do decimo quarto salario (economia para a prefeitura), aumento do iptu (dinheiro a mais) e um emprestimo no fim das contas pro povo pagar?
    Da pra ver se essa gestao é boa ou nao so por isso ai

  • na escuta

    É Verdade que o Fra e o Garça vai disputa a reeleição? Acorda povo de Jales não podemos reeleger essa dupla.

  • Paulo

    Eeeeeee oposição, sempre oposição,se faz fala se não faz fala também

  • Eu

    Ganharam uma porque estavam sozinhos!!!!

    • Quer dizer não foram eleitos, se apossaram dos cargos por maracutaias política, o triste é saber que mais de dez mil pessoas deixaram suas residências e compareceram às urnas mesmo sabendo que não era necessário, isso só confirma pq o país tá nessa situação,povo sem noção e carente de cidadania.cada cidade tem o prefeito que merece,no caso de Jales,; um postiço,

  • Fracos de inteligência

    Enquanto os fracos de inteligência ficam discutindo o faz ou não faz, esta semana estavam em papo animadíssimo o prefeito, e o nobre vereador, que agora cuida de mais um empreendimento adquirido pela família, inclusive no próprio estabelecimento , até então ferrenhos adversários, hoje amigos, ficam aí se descabelado por política, seus fracos de inteligência.

  • Machadinho

    Gostaria de convidar os que estão reclamando para fazer uma visita no Jardim do Bosque e no Parque das Flores, la vocês verá a calamidade que se encontra esses dois Bairros, sem galerias, sem pavimentação e sem infraestrutura nenhuma, para de ficar olhando para o seu próprio umbigo, somos todos iguais e temos os mesmos direitos, lembrando que nossos impostos estão em dia viu, para de ficar reclamando daquilo que está perfeito para você e ruim para os outros e vai trabalhar que faz bem para o bolso e para a sua saúde.

    • Onde fica parque das flores? Deve ser lá no cu de Jales, bem feito pra quem tá comprando terreno lá nos cafundó ,iludido com conversa de políticos que a cidade tá crescendo, tô vendendo um terreno perto do centro e ninguém compra, acha caro, prefere parcelar lá onde o Judas perdeu as botas e ficar o resto da vida pagando e reclamado dos buracos, mato, bicho , coisa de POBRE.

    • Revoltado

      Meu imposto tá em dia também, minha rua tá um caos também, ninguém vem aqui fazer nada!E aí vou pagar o seu problema é o meu ?? Vai contar outra puxa saco do Fra!

  • Rapizodia

    Na realidade, a administração jalesense nos últimos 40 anos tem negligenciado está situação! Em geral, estes loteamentos foram implantados com a conivência da administração, sem o devido respeito ao erário! O loteador na maioria dos casos é pessoa ou família proeminente da sociedade e usa seu relacionamento para legalizar e repassar ao município seu loteamento que sabe ter estrutura precária de saneamento, asfalto e iluminação, quando tinha! Conheço um caso em que o asfalto se acabou um ano após a prefeitura ter assumido o bairro! O asfalto acabou só com as chuvas pois o tráfego era praticamente inexistente! Esses são os mesmos que se vestem de amarelo e fazem passeata alardeando patriotismo e exigindo decência e honestidade na administração! Pura hipocrisia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *