A TRIBUNA: SUSPEITO DE HOMICÍDIO EM AVENIDA DE JALES VAI SE APRESENTAR À POLÍCIA

a tribuna 14-09-14.inddEis a capa da edição deste final de semana do jornal A Tribuna, cuidadosamente preparada pelo famoso Forminha. Como se vê, o principal destaque é para o caso do homicídio cometido há duas semanas em uma avenida da cidade. O principal suspeito, pelo que se pode ler na manchete, deverá se apresentar nos próximos dias à polícia.

A visita que o senador Aloysio Nunes Ferreira fez à Santa Casa de Jales, ontem; o excepcional  desempenho da Educação municipal de Jales no Ideb, e a entrevista do ex-deputado federal e coordenador da campanha de Marina Silva, em 2010, são outros destaques de A Tribuna.

O jornal traz, também, o caso do empresário João Manoel Ramos Ferneda, que investiu R$ 500 mil na construção de uma lanchonete nas proximidades do Hospital de Câncer. O empreendimento está pronto há quatro meses, mas João Manoel não consegue iniciar as atividades da nova lanchonete porque a Elektro não providencia a remoção de uma rede elétrica que passa sobre o terreno do empresário.

O jornal destaca, ainda, a visita que a prefeita Nice Mistilides e outros prefeitos da região fizeram a Brasília para reclamar da diminuição dos repasses do FPM. Em outra matéria, o jornal mostra que os repasses do FPM para Jales estão abaixo do esperado, mas não diminuíram.

8 comentários

  • Anônimo

    O cara do poste entrou na justiça e conseguiu liminar. Mas a elektro agravou a decisão que concedeu a liminar e o agravo foi recebido com feito suspensivou ou seja suspendeu o efeito da liminar até o julgamento do agravo. O juiz dá e o colégio recursal que só faz m….suspende.

  • Aprovado por unaminidade!

    ACORDA JUSTICA BRASILEIRA, PAU QUE DA EM CHICO, DA EM FRANCISCO! CASO SEJA COMPROVADO, CADEIA DE NOVO NESTE CARA!

  • LEO DO BIG PLAZA

    Que palhaçada a Elektro esta fazendo com o Joãozinho!

  • Aprovado por unaminidade!

    CADE A NOTICIA DO FALECIMENTO DO SERVIDOR PUBLICO WELTON? RELATANDO A POSSIVEL CAUSA DE SUA MORTE, FATO ESTE PUBLICADO AQUI PELO INTREPIDO BLOG DO CARDOSINHO! TALVEZ SE ELE FOSSE RICO NE, MAS O COITADO ERA POBRE! EITA IMPRENSA PARCIAL DE JALES HEIN! MAS NAO TEM NADA NAO, O POVO TA DE OLHO, E BEM ABERTO

    • O jornal publicou notícia sobre a morte do servidor Welton. Ei-la:

      Servidor sofre enfarte e falece na Santa Casa

      O servidor público municipal Welton Elias Ferreira, de 41 anos, que trabalhou na borracharia do Almoxarifado Municipal e, ultimamente, vinha atuando como vigilante, faleceu na terça-feira, 09, na UTI da Santa Casa de Jales, vítima de enfarte. Welton teria começado a passar mal no sábado e, no domingo, esteve na UPA de Jales, reclamando de dores nas costas. Ele foi atendido por um médico e, segundo informações, sua pressão arterial e seus batimentos cardíacos estavam normais e não denotavam nenhum início de enfarte.
      Na terça-feira, quando levava os filhos para a escola, Welton voltou a se sentir mal e foi atendido por uma viatura do SAMU que dispunha de um médico. Após constatar o enfarte e aplicar, com sucesso, as técnicas de ressuscitação, o médico encaminhou Welton para a Santa Casa de Jales, onde ele ficou internado na UTI. As informações dão conta de que ele teria sofrido um segundo enfarte e não resistiu.
      Welton era um dos nomes que constavam da relação preparada pelo Sindicato, a pedido da OAB, com os nomes dos servidores que estavam atravessando dificuldades financeiras em função da redução salarial. Segundo informação fornecida pela própria Prefeitura em maio deste ano, respondendo questionamento da Câmara, Welton era um dos 110 servidores que tiveram suas portarias revogadas em fevereiro. Em julho, outros 41 servidores foram atingidos pelos cortes.

      • Aprovado por unaminidade!

        OK, SO QUE NAO FOI A MATERIA DE CAPA, OU SEJA A MATERIA DE CAPA FOI A DO LUIZAO GENTE BOA, E O ENCANTADOR CASAMENTO DO CASAL FAMOSO………….SO BESTA NAO CARDOSO!

  • Anônimo

    O cara do poste. Entrou na justiça e conseguiu liminar. Mas a elektro agravou a decisão que concedeu a liminar e o agravo foi recebido com feito suspensivou ou seja suspendeu o efeito da liminar até o julgamento do agravo. O juiz dá e o colégio recursal suspende.

  • TIMELO

    GENTE IGNORANTE E DURO. A ELEKTRO É UMA EMPRESA P R I V A D A, É SO PAGAR QUE ELA EXECUTA O SERVIÇO JA QUE NAO É EMPRESA PUBLICA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *