A TRIBUNA: TROCA DE FARPAS NAS REDES SOCIAIS ENTRE RICARDO JUNQUEIRA E BETTO MARIANO VAI PARAR NA JUSTIÇA

No jornal A Tribuna deste final de semana, a principal manchete destaca o alerta que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) enviou à Prefeitura de Jales e a pelo menos outras 64 prefeituras da região de São José do Rio Preto, chamando a atenção dos respectivos prefeitos para a má gestão do Orçamento, constatada no primeiro bimestre de 2019. No caso de Jales, o TCE apontou que a receita está sendo insuficiente para cobrir as despesas. O prefeito Flá explicou que não é bem assim e que até o final do ano a situação estará regularizada. Flá disse que a Prefeitura, como faz todos os anos, já empenhou no início de 2019 despesas – como merenda escolar e lixo – que só ocorrerão ao longo do ano.

Matéria do repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca, mostra que vereadores do grupo de apoio ao prefeito Flá Prandi andam apresentando indicações pedindo que a Prefeitura realize obras que já foram licitadas e, em alguns casos, já estão em andamento ou até já foram concluídas. Segundo a matéria, na sessão do dia 11 de março, por exemplo, pelo menos seis indicações dos vereadores pediam ao Executivo a realização de obras que já estavam previstas. A prática indica que os vereadores usam a programação de obras da Prefeitura para fazer média com moradores de bairros beneficiados com melhorias e obter ganhos eleitorais.

A troca de farpas nas redes sociais entre o auditor fiscal Ricardo Junqueira e o administrador do site A Voz das Cidades, Betto Mariano, que já chegou à Justiça com pedidos de indenização por danos morais; o revés sofrido pelo ex-prefeito de Urânia, Francisco Airton Saracuza, que estava pleiteando o pagamento de R$ 95 mil a título de férias e décimo-terceiro; a resposta dos vereadores jalesenses, que foram acusados de promover “lambanças”; a serenata diurna que os alunos do “Projeto Guri” fizeram para o prefeito Flá no dia do aniversário da cidade; e a preocupante situação dos prédios públicos do município, que funcionam sem alvará dos bombeiros, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, a reclamação de um morador do JACB, que diz estar havendo superlotação na EMEI “Diva Maciel Jorge”. Segundo o morador, a recém-inaugurada creche do JACB foi construída para atender 150 crianças, mas está atendendo cerca de 200. Na página de opinião, o blogueiro Hélio Consolaro escreve sobre o incêndio ocorrido em uma loja de produtos chineses, em Araçatuba, enquanto o professor Valmor Bolan se pergunta se a crise no Ministério da Educação será debelada. No caderno social, a coluna do Douglas Zílio destaca as subcelebridades que agitaram os camarotes do Jales Rodeio Show.    

9 comentários

  • Vamos parar com isso?

    Na carta enviada a este blog pelo auditor Junqueira, de forma desrespeitosa para as conclusões contidas no relatório final da CEI da “Farra no Tesouro”. Ele merece ser processado pelos vereadores. Será que eles querem?
    Junqueira afirmou que os vereadores promovem “lambanças”, a Câmara Municipal e a CEI, através de suas presidências. Parece que ele quer desviar o foco da investigação. Tatica que pode dar errada!
    Através de uma carta, da Câmara Municipal ao “Voz das Cidades” diz que Ricardo Junqueira usou argumentos falsos e omissão da Lei Municipal nº 4.402/15, comprovando sua negligência.
    O fato é que sumiram quase R$ 10 milhões dos cofres da prefeitura sob o controle do auditor Ricardo Junqueira por isso ele deverá aguardar o desfecho do relatório da CEI que deverá ser enviada ao Ministério Publico.
    No MP não terão acusações infundadas e desnecessárias, para desviar o foco.

    • VereadoresFracos- Betto Invejoso do Junqueira

      Estas equivocado meu amigo.
      Quem CONTROLA os cofres municipais é o Prefeito e o Secretário de Fazenda, a fiscalização das contas públicas está a cargo do Contador, e os PAGAMENTOS são feitos pela Tesoureira. A função do Junqueira como Controle Interno NÃO é da forma como os Vereadores disseram e muito menos da forma que o Betto Mariano vem divulgando a tempos.
      Este relatório da CEI é uma piada, e os vereadores juntamente com o Procurador da Câmara realmente fizeram uma Lambança. Não vai dar nada para o Junqueira e ainda vai ficar mais feio para estes vereadores narfas. Aguardem e verão.

      Onde.: Betto Mariano não cansa de se ferrar, processou a mãe e a irmã e acabou condenado por Litigância de Ma Fé;
      Publicou uma pesquisa falsa na eleição e foi condenado com uma multa de R$ 55.000,00;
      Ofendeu e humilhou um deficiente físico com publicações na internet, foi processado e condenado a pagar R$10.000 para o deficiente;
      Seu saite a voz das Cidades constantemente pública informações distorcidas e falsas, sem contar o péssimo português nos textos.
      A pessoa que acredita no Betto Mariano não o conhece verdadeiramente. Betto Mariano é uma piada de mal gosto, um FAKENEWS.

  • Eleitor do Fra

    Este tal de Junqueira gosta de uma delegacia ta doido.

  • BETY

    Beto Mariano é muito briguento mesmo. Gosta mesmo de preocurar pêlo em ovo. Meu voto é do Junqueira na próxima eleição!

  • Eu

    Por que temos essas câmara,votam em troca de churrasco e baderna!!!
    Meu Deus!!!

  • Machão do JACB

    Quem bate em mulher tem que ir pra cadeia!

  • Sensato

    Por curiosidade acessei o processo que tramita na justiça Estadual. O Betto Mariano que entrou com a Ação de Indenização por Dano Moral, o Ricardo Junqueira contestou com pedido de reconvenção.
    Na minha modesta opinião, acho que o Betto Mariano se lascou, Mas cabeça de juiz a gente sabe né….
    O Betto Mariano se acha esperto, é prepotente e arrogante, mas desta vez arrumou um inimigo corajoso e inteligente, o Betto ainda vai se ferrar grandão, seu telhado é enorme e de vidro do mais fino que existe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *