AEROPORTO: DÍVIDA DA ESCOLA DE AVIAÇÃO PODERÁ SER EXECUTADA EM BREVE

As informações são do portal Jales Notícias:

AEROPORTO1O Diário Oficial da União (DOU) publicou na última segunda-feira, dia 11 de abril, a portaria 871 da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) “inscrevendo o aeródromo privado de Jales” por dez anos. A portaria entra em vigor em 26 de maio próximo e na prática muda a constituição jurídica do aeroporto para privado. A administração do local, porém, ainda depende de definição do Departamento Jurídico que estuda uma forma de cessão.

Segundo o prefeito Pedro Callado, a cessão pode até ser uma licitação pública com ampla concorrência. Porém, é preciso se ater ao contrato em vigor que autoriza a escola a funcionar no local mediante o pagamento de R$ 2,1 mil mensais à prefeitura. O contrato teve início em fevereiro de 2014 com validade de 36 meses.

A publicação de segunda-feira joga uma pá-de-cal sobre a boataria generalizada criada pelo diretor da escola de aviação que explora o local. Em entrevista radiofônica veiculada no dia 7 de março, o empresário anunciou com bastante alarde que o aeródromo tinha sido fechado pela ANAC de forma irreversível.

Segundo ele, graças a um ofício enviado pelo prefeito em setembro passado, a ANAC teria determinado o fechamento do aeroporto e a suspensão de pousos e decolagens a partir do dia 26 de maio. 

“É irreversível! Toda vez que sai uma portaria fechando o tráfego aéreo, está fechando definitivamente. Eu já estou procurando a alternativa B que é sair de Jales”, disse na rádio Antena 102.

A declaração equivocada provocou protestos de vereadores e empresários que usam o local para guardar suas aeronaves.

O prefeito foi obrigado a desmentir a informação e apagar o incêndio. Na mesma emissora e em outras, Callado disse “o aeródromo continuará sob a responsabilidade da Prefeitura Municipal. Com a nova denominação de Aeroporto Privado, o Município de Jales tem interesse em transferir a exploração para a escola de aviação local”.

DÍVIDA ATIVA

Em nova entrevista à rádio Moriah, concedida ainda na segunda-feira, o prefeito confirmou que a Escola de Aviação está inadimplente com o município e o débito já está inscrito na Dívida Ativa e pode ser executado em breve.

Segundo o prefeito, a concessão do aeródromo para a escola seria uma solução, inclusive para a dívida não se multiplicar. “Realmente existe esse débito e já foi até inscrito para entrar em execução agora. Por força de lei. Temos que estancar daqui para frente para que isso não se torne uma bola de neve e ninguém consiga pagar mais O objetivo é que o aeroporto continue funcionando”.

8 comentários

  • Osmar & Ospior

    Como uma empresa que deve para a prefeitura pode continuar utilizando o espaço público, sem nenhuma punição, sem ser cobrada, assim, como se fosse normal.
    Eita povo ruim de governo esses da turma Nice e Callado.

  • Thiago

    O sujeito pode ser o mais exímio dos pilotos, o “ás” da aviação mas, se não tiver habilidades administrativas (ou contratar alguém que tenha), se deixar que as dívidas se acumulem, dificilmente vai conseguir prosperar, infelizmente.

  • Perturbado

    O cara tá devendo e vai na mídia reclamar que vai fechar o aeródromos? Toma vergonha mesias quem deve tem que esconder não quere aparece….

  • AVIADOR

    para que aeroporto nessa cidade ……………………………….

  • Neco Pedregulho

    Ja escrevi sobre isto antes, a tal Escola de Aviação que parte da imprensa alardeia como um fato positivo, trazendo estudantes de varias partes do pais, na minha opinião não passa de um passa moleque, faz de conta que ensina, vende ilusão aos alunos, que a carreira de piloto comercial é otima ( nisto tem razao), mas não consegue formar ninguém nesta carreira, só ate tirar o tal “breve”, e para por ai, pois não ha estrutura, aeronaves, e nem condições de completar as tais 400 horas de voos. Esta escola é meio de vida de alguns, que aproveitam da falta de informação das pessoas, tive um filho que começou nesta escola e teve que completar a primeira parte dos voos em Fernandopolis. Desafio a me apontar um unico aluno que seguiu carreira e esta em uma Companhia aerea ganhando dinheiro, e olha que aulas já são dadas a mais de 8 anos na cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *