ANAC SUSPENDE ATIVIDADES DA ESCOLA DE AVIAÇÃO DE JALES

CMMA Escola de Aviação CMM, do comandante Manoel Messias da Silva continua respirando por aparelhos, mas eles vão sendo desligados aos poucos. De acordo com os últimos boletins, o quadro da escola evoluiu para um coma induzido.

O prefeito Flávio Prandi(DEM) – com a concordância do Ministério Público Federal (MPF) – bem que tentou dar uma sobrevida à escola, prorrogando por mais sessenta dias, através de acordo homologado na Justiça, o prazo para que o comandante Messias  deixasse o hangar que ocupa no Aeroporto Municipal. Mas…

Mas, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) resolveu abater a escola do comandante em pleno vôo. Através de uma portaria de 1º de fevereiro, assinada pelo gerente de Certificação da ANAC, Audir Mendes de Assunção Filho, o órgão suspendeu cautelarmente a autorização de funcionamento e a homologação dos cursos práticos da Escola CMM de Aviação Civil.

Ou seja, a escola até poderá continuar ocupando o hangar do aeroporto até o prazo final acordado com o prefeito Flá, mas está proibida de funcionar regularmente.   

13 comentários

  • BIGODAO

    Vejo como mais uma Perda para a pobre JALES.
    Ultimo que sair apague a luz.

  • mil meu com mil teu

    É JALES NO BURACO SEM FIM, agora que o aeroporto estava com vida ,

  • Jalesense

    Jales perde uma importante escola de aviação que contava com alunos de todo o Brasil e até mesmo do exterior. Uma pena lastimável.

    • Anonimo

      será só eu que sou burro, anti jalesense, ou sei lá o quê?! MINISTÉRIO PUBLICO e o Prefeito FLÁ não são contra o Messias, ou a sua Escola. Se esta empresa, na pessoa do seu dono quer de fato manter uma escola de aviação em Jales, que participem de um processo licitatório, nos moldes da Lei 8.666/93. Oras, usar de um espaço público, seria o mesmo que utilizar o Estadio Municipal ‘Abandonado’ Roberto Rollemberg para fazer jogos com cobrança de ingressos altíssimos, enchendo os bolsos de uma meia dúzia de pessoas. Assim como a FACIP. A administração municipal (ou a Câmara de Vereadores, que seja) não quer colaborar financeiramente com o Festa agropecuária. Pois então, que abram uma licitação e apareçam as empresas concorrentes, sendo, por fim, uma festa comandada por particulares. J

      ales tem o povo que merece mesmo. Aeroporto ou aeródromo é espaço público, portanto de todos. Se eu quiser levar meu filho lá, posso. Mas vai tentar entrar lá. Aparece algum sujeito, dizendo ser dono. Sabem quanto custa tirarem uma autorização para voar? Absurdo de caro. E esse dinheiro $$$ vai tudo pra uma pessoa só, que no caso está sendo a ‘vitima’. Coitado, lucrando em cima das pessoas normais. Nem benfeitorias faz na pista de pousos e decolagens.

      O certo é vender aquele espaço, lotear, fazer dinheiro, e construir novo aeroporto em local mais adequado. Com o $$$ constrói um ÓTIMO AEROPORTO.

      Jales, fim do mundo

  • BIGORNA

    CONSEGUIRAM FECHAR UMA ESCOLA QUE FORMAVA PILOTOS QUE ERA UMA REFERENCIA POSITIVA PARA A NOSSA CIDADE. UM GRANDE PREJUÍZO PARA JALES. TRISTE, LAMENTÁVEL.

  • Macaco Prego

    Escola de pilotos fechando em Jales. A cidade está virando vila.

  • GAZETA PLANETA

    CARDOSINHO VC SABE DIZER PARA ONDE A ESCOLA ESTÁ TRANSFERINDO? QUEM PERDEU É JALES, O MUNICIPIO.

  • Vila Jales

    O Aeroporto em pouco tempo se tornara um lugar abandonado, cheio de mato e potencial criadouro de dengue.
    Obrigado ANAC e Poderes Constituídos que afim de resolver um “problema” poderá estar criando outros sérios problemas.

  • D' Olho

    È triste , fechar uma ESCOLA só em Jales, vamos vereadores tome uma posição , vão reverter esta situação

  • PAGA EU COMANDANTE

    É só mandar o tal comandante Messias pagar o aluguel que deve. Aí a escola nao fecha.. PAGA EU COMANDANTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *