ASSALTOS EM JALES

Ontem, uma amiga jornalista me disse que o pessoal da TV Tem estava atrás de informações sobre um assalto que teria ocorrido em um posto de combustível de Jales. Eu não tinha conhecimento do assalto e tampouco assisti aos jornais televisivos pra saber se a notícia foi divulgada.

Hoje, porém, recebi na caixa de contatos do blog, o e-mail de uma leitora tratando do assunto. Deixo de publicar o inteiro teor do e-mail porque não sei se posso fazê-lo. Mas, em resumo, a leitora – que mora em Jales há 12 anos – diz que está assustada com os assaltos ocorridos em nossa cidade.

Segundo ela, no dia 07 de janeiro, foram assaltados dois postos de combustíveis – Bernardo e Ale – e um outro estabelecimento comercial. E ontem, dia 09, foi a vez do Posto “Fórmula Um” receber a visita do assaltante que, de acordo com a leitora, é o mesmo dos outros assaltos.

Não sou especialista, mas creio que o aumento da criminalidade é consequência da impunidade e das leis aprovadas pelos políticos vagabundos que temos. A polícia, mal remunerada, até tenta fazer a parte dela: investiga, prende, mas, logo depois o bandido está de volta às ruas.

Tal situação só vai mudar no dia em que o povo brasileiro acordar e exigir punições mais duras contra o banditismo. Quer dizer: vai demorar pra mudar.

10 comentários

  • Fabiana Palácios

    Cardosinho, acredito que você conheça o brilhante jornalista Juan Arias, correspondente no Brasil do jornal espanhol El Pais. Permita-me transcrever uma frase que eu considero perfeita para nós brasileiros:

    “Que país é este que junta milhões numa marcha gay, outros milhões numa marcha evangélica, muitas centenas numa marcha a favor da maconha, mas que não se mobiliza contra a corrupção?”

    Antigamente, os jovens não tinham computadores, nem tablets, nem celulares, e no entanto, uniam-se, gritando pelas ruas os seus direitos. Hoje, com tanta tecnologia, mas eu pergunto: prá que serve?
    Eu já escrevi sobre isso no meu blog, essa indignação que fica dentro da gente… Às vezes, tenho a impressão que minha geração está morta, pouca se importa com o futuro dela ou de seus filhos. Nossos pais foram bem mais corajosos que a gente. Precisamos urgentemente sair de nosso comodismo se quisermos que o país melhore, mas eu confesso: gostaria de ajudar, mas não sei como começar, sinceramente. Abs.

  • Anônimo

    cardosinho , o posto brasil tambem foi assaltado ,e o serve festas zambão , todos pelo mesmo elemento .

  • Jornalista

    Ontem também teve outro assalto, na conveniência do Auto Posto Plaza (Brasil), por volta da 00 hora.

  • jales anônimo

    A policia vai localizar e prender esses ladrãozinho de merda, voce vai vê quando a dig entrar no caso, biazi investigador devanir, seu clodoaldo, seu ismael, o bicho vai pegar.

  • Anonimo

    Outro problema da cidade esta localizado no jardim aclimação qualquer horario do dia você deve prestar atenção para entrar em sua residencia, existem varias pessoas que aproveitam da linha de ferro que facilita o furto e ficam sondando as casas do bairro.

    A culpa neste caso não é de um ou outro, mas da sociedade que tem que entender que o grande numero de marginais é um problema social do pais, que não investe nos alicerces básicos: educação, habitação e saudê, sem estes princípios estamos colhendo apenas os frutos do descaso social, e claro a impunidade só alimenta a marginalidade já existente.

  • Jales-Jales

    Ontem houve um assalto também na subida preta, no jardim pegolo em um barzinho que dá até dó de ver que roubaram R$350,00, acho que isso eles demoram quase um mês pra ganhar. Foi a mão armada também. O negócio tá ficando feio.

  • anonimo

    hoje sexta feira as 17:oo hrs na paulo marcontes o comercio que vende embalagens tambem foi assaltado a mão armada , o comercio fica quase de frente a igreja batista , policia a coisa ta ficando feia.

  • Indignado

    É se a Polícia Militar fizesse mais rondas pela cidade de repente evitaria esses tipos de assaltos, mas infelismente eles preferem ficar fazendo “comandos” para prender motos de trabalhadores e os ladrões ficam soltos por aí, ao contrário das cidades grandes que a polícia não tem tempo para ficar fazendo essa abordagens em motos desses coitados que se utilizam delas para trabalharem e sim atrás de bandidos……

  • Dani

    Se a Polícia Militar faz rondas suficientes não sei informar, mas que os “comandos” são necessários isso é fato! Quer dizer que quem é trabalhador pode andar fora da lei? Estão certíssimos de realizar os “comandos”, pois amanhã ao sair pela rua não quero ser surpreendida com um menor me atropelando ou um bêbado matando minha família.

  • pessimista

    E desde quando “comando” serve para pegar bêbado ou menor, esse aliás se safam e corre, e em relação a trabalhador andar fora da lei se anda não é por que quer, acho que pela situação difícil que se encontra…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *