CÂMARA DE JALES APROVA MOÇÃO DE REPÚDIO À ELEKTRO

A notícia é da assessoria de imprensa da Câmara:

DSC01364-edA Câmara de Jales aprovou por unanimidade na última Sessão Ordinária, realizada segunda-feira, 03 de novembro, a Moção de Repúdio nº 24/2014 destinada à Elektro, manifestando-lhe repúdio pela má qualidade e até mesmo ausência na prestação de serviços de sua responsabilidade ao Município de Jales. A Moção é de autoria dos 10 vereadores. 

Em sua justificativa, o documento ressalta que há muitos meses os senhores vereadores e a população em geral tem observado falta ou grande demora na substituição de luminárias de iluminação pública. Pontos de iluminação em vias públicas permanecem escuros por meses, sem que providências sejam tomadas. Esta situação tem provocado uma reação de indignação e revolta, considerada a responsabilidade da Elektro na substituição regular das luminárias apagadas. 

            Outros serviços de responsabilidade da Elektro são prestados de forma precária ou parcial, como por exemplo, uma substituição de postes da rede de energia elétrica realizada na Rua Quatro, entre as Ruas Treze e Dezessete, no Centro, ainda no mês de setembro. A terra removida para a realização do serviço continua depositada junto aos postes, situação ignorada pela Elektro. 

“É reconhecida a importância dos serviços prestados pela Elektro para a população que, inclusive, paga pela prestação dos mesmos. Não há, portanto, justificativa para a má qualidade da prestação do serviço, ou mesmo a não realização dos serviços de competência da Elektro. É admitida a competência e qualidade técnica dos serviços da Elektro, não restando dúvida sobre sua capacidade para a prestação dos serviços. O que motivou o repúdio da Câmara Municipal de Jales é a demora e, por vezes, a falta da realização dos serviços ou, ainda, a prestação de serviços que não recebem a devida finalização” – finaliza o documento.

9 comentários

  • vai ficar pior a partir de 2015 a responsabilidade da manutenção da iluminação publica ficara a cargo da prefeitura

  • anonimo

    Moradores do jacb, arapua, sitios e chacaras vizinhas ao vila roca,euphly jales,condominio alfa, aclimacao,estados unidos,preparem seus ouvidos e paciência para a noite de sexta. Havera evento a céu aberto no vila rocca. Pode ser alugado estacionamento pra festa ??????? Pode ainda ter festa com som altissimo em local aberto????? Ja nao chegou a festa do branco. Quem vai fiscalizar o volume do som…quem deu alvará??????

  • Miton

    A prefeitura multa comerciante por manequim na calçada e neste caso é conivente? Cadê a secretaria de obras do município representada pelo digníssimo secretário Aldo?

  • povo e' quem paga

    Falando em energia, os petistas fizeram campanha em SP e puseram a culpa no PSDB pela falta de agua porem a SABESP nao aumentou a tarifa.
    A falta de agua gerou um aumento de tarifa de energia pela elektro pois ela compra energia termoeletrica que o governo federal petista vende a ela.
    Parece que vem outro aumento.
    Vamos eleger outro culpado mas a eleiçao ja’ acabou e o PT ganhou
    Foda-se o povo

  • anonimo

    Desta vez não pode passar, se tiver barulho tem que ser feito ocorrência na Policia Civil por vários moradores. chamar a policia militar para o som no estacionamento e na rua que dá acesso. Tem que responsabilizar também o dono do vila roca. Ele está ciente da festa que vai ter lá. Um dos sócios é de Fernandópolis junto com o jean do camarote. Vai fazer barulho lá em Fernandópolis.

  • Anonimo

    Privatizou, virou merda!

    • Depois da eleiçao, vem o aumento

      Anonimo, se nao tivesse privatizado essa empresa estaria cheio de politicos roubando.
      Veja o caso da Petrobras, ja’ veio o aumento do preço da gasolina.
      Roubaram e vamos pagar

  • Morador de São Paulo

    Melhor ter energia cara sem racionamento que água barata e torneiras secas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *