CEI QUE INVESTIGA ‘FARRA NO TESOURO’ OUVE EX-SECRETÁRIOS DE FAZENDA

Rubens Chaparim foi secretário de Fazenda durante os oito anos de Parini e tinha Érica como uma de suas principais colaboradoras. Sirlene Pacheco assumiu a Secretaria de Fazenda em junho de 2014, depois que o MP obrigou Nice a demitir sua nora, Angélica Boleta.

Em pouco mais de dois, o governo Nice teve outros três secretários de Fazenda: Braz  Baratela, Morió Suzuki e Angélica. A funcionária de carreira Sirlene ficou no cargo até fevereiro de 2015. Antes de se tornar secretária, ela trabalhou diretamente com Érica, na Tesouraria.

A notícia é da assessoria de imprensa da Câmara Municipal:

Na manhã de terça-feira (23), a Comissão Especial de Inquérito (CEI) ouviu os ex-secretários municipais da Fazenda Rubens Chaparim e Sirlene Pacheco (à direita, na foto acima), testemunhas sobre os desvios de verbas públicas da Prefeitura de Jales. 

A CEI foi criada para apurar suspeitas de desvios de mais de R$ 5 milhões em recursos públicos da Prefeitura Municipal, descobertas após a deflagração da Operação Farra no Tesouro da Polícia Federal. A Comissão tem como membros o vereador Fábio Kazuto (PSB), presidente, Vanderley Vieira (PPS), vice-presidente e Bismark Kuwakino (PSDB), relator. 

A Comissão iniciou seus trabalhos no dia 23 de agosto e já ouviu outras onze testemunhas.

 A CEI vai se reunir na próxima terça-feira para dar prosseguimento aos trabalhos e deverá ouvir o atual secretário da Fazenda Nivael Brás Renesto e o ex-secretário de Planejamento José Magalhães Rocha.

A Comissão Especial de Inquérito terá duração de 90 dias, podendo ser prorrogada por igual período.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *