CINE CLUBE: SEGUNDA-FEIRA TEM ‘OS MISERÁVEIS’ NA TELA DO CINE JALES. E A ENTRADA É GRATUITA

miseraveis filme

O professor Antônio Rodrigues Belon está convidando os amigos cinéfilos para mais uma sessão de cinema promovida pelo Cine Jales e o Centro Cultural “Ponto de Partida”.

Como se vê no cartaz acima, o filme dessa segunda-feira é o clássico “Os Miseráveis”, baseado no romance homônimo, de Victor Hugo. Eis o release enviado pelo professor Belon:

O Cine Jales – Avenida Francisco Jalles, 2991, em Jales – e o Centro Cultural “Ponto de Partida”, apresentam, no dia 28 de setembro, segunda-feira, às vinte horas, uma nova atração.

“Os Miseráveis”, com Richard Jordan, Anthony Perkins, Cyril Cusak, John Gielgud e Ian Holm. Uma produção originária da BBC, na Grã Bretanha, de 1978, o filme colorido destaca-se pela música, fotografia e direção de arte, mas, sobretudo, pelo roteiro de John Gay, baseado no romance de mesmo nome, um dos clássicos da literatura francesa e da literatura universal.

A direção é de Glenn Jordan, um especialista em transposições literárias para a tela.

As páginas de “Os Miseráveis”, romance de Victor Hugo, em traduções, adaptações textuais, cinematográficas, televisivas e teatrais inumeráveis, desde a sua primeira edição em 1862, transformam-se em eletrizante filme de aproximadamente duas horas na versão a ser exibida no cineclube.

Jean Valjean é condenado a cinco anos de prisão após roubar um pão. Foge e tenta refazer a vida e sofre sempre uma perseguição obsessiva do inspetor Javert.

O conflito entre Jean Valjean e o inspetor Javert opõe a liberdade e a determinação, a ordem e a revolução francesa, traduzindo as crenças e os valores de uma época, as razões e as emoções de indivíduos dispostos a matar e a morrer pelos seus ideais.

As atividades do cineclube destinam-se ao público em geral, sem a cobrança de ingressos. Gratuitamente.

3 comentários

  • ORLANDO MATHEUS

    Uia cinema de graça hoje em dia , nos tempos do Cine Jales e Cine São José a gente dava um jeito de “vazar ” sem pagar , kkkkkk ali no Cine Jales a gente entrava pelo corredor ao lado da casa do Finado ” Tiziu ” e no instante tava dentro pra assistir TARZAN e as Amazonas ; eitha saudades daqueles tempinhos que não voltam nunca mais !!!

  • Li o livro faz muito tempo.Espero que a narrativa visual corresponda
    em qualidade ao clássico de Victor Hugo.

  • Thiago

    Nome do filme tem tudo a ver com a situação do jalesense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *