CRIANÇA DE OITO MESES É A PRIMEIRA VÍTIMA FATAL DA H1N1 EM JALES

Informações desencontradas davam conta de que um homem de 51 anos, morador de São Francisco, também teria morrido com sintomas da doença. Mas a notícia do portal de A Tribuna diz que o exame deu negativo:

Um bebê de 8 meses, morador do Roque Viola, em Jales, morreu em decorrência dos sintomas da H1N1. É o terceiro caso da doença registrado no último mês na cidade. As outras duas vítimas, porém, já não estão mais internadas e são acompanhadas pela Secretaria de Saúde.

Segundo a secretária, Patrícia Albarelo Ribeiro, a crianças apresentou os sintomas e precisou ser transferida para Catanduva, onde morreu. O resultado positivo chegou na manhã desta quinta-feira,10.

Por outro lado, os exames feitos em um homem de 51 anos, morador de São Francisco, que morreu na mesma data, deram resultado negativo. “A causa da sua morte ainda está sendo investigada, mas está descartado que ele tenha morrido em decorrência da H1N1”.

Confiram, também, a notícia do Estadão sobre o caso da criança:

A região noroeste do Estado de São Paulo teve confirmada nesta  quinta-feira, 10, a 11ª morte pelo vírus H1N1, causador da chamada gripe  asiática, este ano. A vítima, um bebê de cinco meses, morreu após ficar  internado no Hospital Padre Albino, em Catanduva. A família é moradora  de Jales, cidade da região.

Na terça-feira, 8, já tinham  sido confirmadas outras duas mortes na região: a de um homem de 51 anos,  morador de São José do Rio Preto, e a de uma moradora de Icém.

O  bebê de Jales é a segunda criança vitimada pela gripe. No último dia 3,  foi registrada a morte de um menino de seis anos. A região já teve 53  casos confirmados de H1N1 e cinco pacientes ainda aguardam o resultado  de exames. Os sintomas do H1N1 são parecidos com os de outras gripes,  incluindo dor de cabeça, tosse, dificuldade para respirar, mas vêm  acompanhados de muita dor muscular e febre alta.

Em razão  do surto epidêmico, a Secretaria da Saúde do Estado decidiu antecipar o  início da vacinação contra a gripe na região, previsto para abril. A  expectativa é iniciar a vacinação no próximo dia 23.

O  Estado aguarda o envio de vacinas solicitadas ao Ministério da Saúde. O  público-alvo ainda não foi definido, mas deve incluir crianças,  gestantes, idosos, profissionais de saúde, portadores de doenças  crônicas, presos e funcionários do sistema penal.  

14 comentários

  • Luci Munhoz

    E uma vergonha perto de cidades tão grandes.
    Isso mostra a falta da saúde pública

  • Luci Munhoz

    E uma vergonha cidade tão pequena ter um caso como esse sera que precisa de Bolsa Família
    Isso é uma vergonha?

  • Luci Munhoz

    O meio comentário tem que ser aceito
    Porque pago os meus impostos
    na cidades de Jales não tenho mais nada a da resposta quem eu sou

  • Urgente! Pais preocupados!

    Acho importante a Secretaria de Saúde e os profissionais da área da educação estarem atentos a este caso e mobilizarem uma ação em conjunto. Minha preocupação esta fundamentada no conhecimento de todos do bairro que este bebê (que Deus conforte sua família), estava matriculado na Creche ao lado do postinho do Dercílio. Como sabemos, muitas crianças estão com problemas de gripe forte e com febre alta nesta EMEI. Será que será necessário ocorrer o pior até que sejam tomadas as devidas medidas? Será que não caberia um acompanhamento de perto destes casos destas crianças que aparentam sintomas de gripe forte? Se eu fosse a diretora desta creche ficaria preocupada com estas questões e não tentaria tampar o sol com a peneira com respostas prontas e correria atrás de ver qual a posição correta a ser tomada. Este caso necessita de total atenção sim. Como sabemos essa doença e contagiosa e pode levar a morte. Que esta mensagem possa chegar aos responsáveis em todas as áreas para que venham tomar medidas pertinentes e eficazes para trazer tranquilidade aos pais e moradores que utilizam daquele espaço público no trato e cuidado de seus filhos! E cabe ressaltar! Nada de respostas prontas e populistas. Não se brinca com saúde! Abcs!

  • JOSI FERNANDES

    Por outro lado, os exames feitos em um homem de 51 anos, morador de São Francisco, que morreu na mesma data, deram resultado negativo. “A causa da sua morte ainda está sendo investigada, mas está descartado que ele tenha morrido em decorrência da H1N1”…………………………………………………………..ISSO É OQ ESTA ESCRITO .. AGORA EU PERGUNTO .COMO ELES VAI INVESTIGAR SE O CARA TA MORTO , ENTERRADO, E NAO FOI FEITO A AUTOPSIA NELE…….. ESSE CARA É MEU CUNHADO…….. É REVOLTANTE ;

    • Anônimo

      Pergunta ao prefeito de São Francisco. Pergunta a secretaria de Saúde de São Francisco.

    • Guilherme

      Tião, você sabia que tem como fazer exames apenas por amostras de sangue?

    • Thiago

      Josi Fernandes, a verdade é que nunca vão concluir a investigação, eles não dão conta de diagnosticar os vivos, o que dirá os mortos.

      Infelizmente vão ficar sem saber a causa da morte do seu cunhado, isso é um fato.

      Até porque se forem vasculhar podem acabar descobrindo algum erro médico e o processo acabar tendo que ser misteriosamente perdido.

  • Guilherme

    MP pede prisão preventiva de Lula, Vaccari, ex-OAS e mais 4

  • Desiludido.

    É triste assistir o país morrendo.

    A saúde pública de mal a pior, uma lástima, as doenças se alastrando, em partes, por nosso próprio desleixo (aqui no Blog mesmo foi relatado dois urubus se deliciando com o lixo colocado irresponsavelmente na rua).

    Na política vivemos um absoluto caos, os corruptos estão em guerra pelo poder. Se tirarmos um político corrupto não encontramos um honesto pra colocar no lugar, a verdade é essa. Infelizmente a população precisa torcer pra que alguém “menos corrupto” assuma o poder, a que nível descemos !.

    O país está completamente “quebrado”, só não vê quem não quer. Receita Federal barganhando valor dos aluguéis, Ministério Público Federal demitindo funcionários terceirizados, enfim ! infelizmente o povo só vai notar quando o governo federal deixar de pagar o benefício dos aposentados.

    O Brasil está parecendo um ovo de páscoa (daqueles bem baratinhos), olhando por fora alguém ainda paga pra ver mas, por dentro está oco, quando a casca ruir o brasileiro vai ter a maior decepção de sua vida.

    E sabe o que é pior, não tem nada que possamos fazer : O brasileiro vai continuar mantendo criadouro do mosquito da dengue, vai continuar jogando lixo em terrenos baldios, vai continuar votando mal.

    Sinceramente o brasileiro se parece mais com um vírus que ao invés de desenvolver um equilíbrio natural com o meio em que vive vai, simplesmente, destruindo tudo. O problema é que em muitos casos o vírus morre junto com o hospedeiro, depois de lhe ter sugado todos os recursos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *