CRIANÇA SOFRE GRAVE ACIDENTE EM OBRA DA PREFEITURA

DSC01471

Nas rádios, o noticiário policial do início desta semana trouxe informações sobre uma criança que teve a perna fraturada em três lugares, após acidente com uma betoneira.

A betoneira estava instalada em uma obra da Prefeitura – o novo prédio do ESF “Ozil Joaquim Rezende”, perto da Facip – que está sendo executada pela Construtora Oliveira & Araújo Ltda, de Ouroeste, contratada por R$ 533 mil.

Como se pode ver na foto acima, a obra não tem nenhuma proteção. Na semana passada, três ou quatro crianças resolveram brincar de esconde-esconde na construção e a brincadeira quase acaba em tragédia.

Na sessão da Câmara de segunda-feira passada, o vereador Rivail Rodrigues Júnior protestou contra o que ele classificou de “falta de segurança” da obra, que deveria, no mínimo, estar cercada por um tapume.

O assunto deverá voltar à Câmara na sessão da próxima segunda-feira: um requerimento dos vereadores da oposição quer saber da prefeita a quem cabe a fiscalização das obras públicas executadas por empresas particulares.

Tudo indica que a fiscalização caberia à Secretaria Municipal de Obras, mas o atual secretário anda mais preocupado em fiscalizar trenzinhos e manequins.

8 comentários

  • Anonima

    Mas vou te contar viu, o que essas crianças tem que bricar ai ,cade as mães .

  • PRIMEIRO QUE O SUPER SECRETARIO, TA PREOCUPADO COM OUTRAS COISAS, SEGUNDO A CONSTRUTORA NAO DEVE SER PENALIZADA POIS NA SUA PLANILHA DE EXECUÇAO DE OBRA NAO CONSTA TAPUME E SE A PLANILHA NAO PAGA LOGICO QUE NAO VAO COLOCAR OK. E TERCEIRO CADE A MAE DESSAS CRIANÇAS QUE NAO VE ONDE SEUS FILHOS ESTAO.

    • Anônimo

      Mas quando não está na planilha, a Prefeitura deve colocar essa proteção. Deveria ter essa proteção disponível no almoxarifado, para obras da própria prefeitura e licitadas, para devolução posterior. Cadê o responsável por segurança do Trabalho da Prefeitura.

  • Todos tem culpa

    A contratada errou pois nao colocou tapume para proteçao da obra por isso vai responder na justiça. se precisar.
    O setor de obras nao fiscaliza obras a muito tempo sendo co-responsavel pelo acidente.
    Os vereadores sabem disso e, depois do acidente, vao questionar a falta de fiscalizaçao. E’ muita hipocresia.
    O secretario nao e’ engenheiro alem disso tem 2 setores em seu comando e o Cardozinho disse que ele esta’ preocupado com os trenzinhos, assim como o PT em SP.
    E os vereadores estao preocupados em cassar a prefeita

  • junin

    Fiscalização na hora de querer multar por uma areia ou qualque outra coisa na calsada eles infernizao ate. E ai cada os fiscal??? Tinha que responder por isso tbm

  • Ana

    A mae tem que aprender a cuidar do filho. Eu prefiro cuidar do meu filho do que processar a prefeitura ou a construtora.
    A prefeitura nunca colocou tapume nem nas obras dela própria.

  • sandro

    BOM DIA, DEPOIS QUE TUDO ACONTECE FICA FÁCIL POR A CULPA EM ALGUÉM, PORQUE OS NOBRES VEREADORES DE JALES, QUE TEM A MISSÃO DE FISCALIZAR, NÃO VIRAM ISSO ANTES. AGORA FALAM EM SEGURANÇA. OS NOBRES VEREADORES SÓ SABEM DISCUTIR ENTRE ELES, UM QUERENDO APARECER MAIS QUE O OUTRO, E TRABALHAR PELA CIDADE QUE ESTÁ UMA LÁSTIMA, NINGUÉM O FAZ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *