DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

folha noroeste 02.09.17No jornal digital Folha Noroeste deste sábado o principal destaque ficou por conta da estimativa populacional dos 5.570 municípios brasileiros, divulgada pelo IBGE na quarta-feira, 30. Segundo a estimativa, a população do Brasil cresceu 0,77% em um ano e chegou a 207,7 milhões de habitantes. A matéria diz que, de 24 municípios da nossa região, apenas 11 tiveram crescimento populacional. Pontalinda foi quem apresentou a maior taxa de crescimento, com 0,96%, enquanto Turmalina foi quem, com índice negativo de 1,46%, foi quem perdeu mais habitantes, em termos percentuais. Em números absolutos, quem perdeu mais foi Palmeira D’Oeste, com 49 habitantes a menos. Jales teve crescimento de 0,19% – 93 habitantes a mais – a menor taxa entre as principais cidades da região.

Nas páginas internas, destaque para o projeto de lei que classifica Jales como Município de Interesse Turístico (MIT), que já foi aprovado pelas comissões da Assembleia e pelo Conselho de Turismo. Depois de passar pelo Palácio dos Bandeirantes, o projeto já foi devolvido à Assembleia e está incluído na pauta de votações da próxima terça-feira, 05. Se for aprovado – e vai ser!  – o projeto será encaminhado ao governador do estado que terá 15 dias úteis para sancionar ou vetar a lei. A classificação como MIT vai render cerca de R$ 650 mil por ano, para Jales.

Na coluna FolhaGeral, o combativo editor-chefe Roberto Carvalho comenta que a Prefeitura de Jales deveria – ao final do governo Parini – ter devolvido o prédio que foi temporariamente cedido ao município pela Associação de Moradores do Jardim Oiti. No prédio, localizado na Avenida “Maria Jalles”, já funcionou até uma creche  municipal, mas, depois disso, o local virou uma espécie de incubadora. Segundo um ex-presidente da Associação, além de não devolver o prédio, a Prefeitura ainda cedeu o espaço para instalação de algumas empresas, sem que a entidade receba um tostão furado pela utilização de sua sede. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *