DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, destaque para os 85 contratos firmados entre a Secretaria Estaudal de Infraestrutura e Meio Ambiente e 72 municípios do Estado de São Paulo. Foi a primeira liberação de recursos do Fehidro em 2020 e, no total, serão R$ 52 milhões para investimentos em ações para melhoria dos recursos hídricos dos municípios beneficiados. Jales assinou um contrato de R$ 394 mil, que serão investidos em obras de drenagem urbana nas ruas Amazonas, Joaquim Catarino, João Batista de Melo e São José, todas no São Judas Tadeu. O detalhe da notícia é que o prefeito de Jales, Flávio Prandi Franco, foi quem discursou em nome dos prefeitos dos 72 municípios beneficiados. “Para nós é um prazer estar aqui e já começar o ano com notícia positiva”, disse Flá em seu discurso.

Destaque, igualmente, para o curso de Direito da Unijales, que marcou o início do calendário escolar com uma aula especial, preparada para receber os novos alunos e os alunos que ingressaram no ano passado. O coordenador do curso, Dr Guilherme Soncini da Costa, presenteou os novos alunos com uma aula magna, que foi ministrada por Paulo Younes, especialista em Direito Constitucional pela USP. Os novos universitários tiveram o primeiro contato com conceitos das ciências jurídicas, que foram transmitidos na palestra. A aula, que teve o apoio da OAB de Jales, aconteceu na terça-feira, dia 11 de fevereiro, na Casa do Advogado Laurindo Novaes Neto.

Na coluna FolhaGeral, o plangente redator-chefe Roberto Carvalho lamenta a falta de um legítimo representante de Jales na Assembleia Legislativa do estado, que já passa de 45 anos. O inconformado colunista lembra que Jales elegeu Roberto Rollemberg para deputado estadual na legislatura 1967-1971, mas ele foi cassado pelos militares em 1969. Depois, elegemos o radialista Oswaldo Carvalho (irmão do Roberto) em 1974, mas ele morreu em um acidente 45 após sua posse. Depois disso, vários tentaram – João Arnaldo Avelhaneda, Dirceu Rezende, Oswaldo Soler, Masaru Kitayama, José Edson Nogueira, José Devanir Rodrigues, Fábio Amaral, José Carlos Guisso, Luís Especiato, Claudir Aranda, Anicleia Robles Rúbio, Paulo Cesar Mariani, Luiz Henrique Moreira e Delegado Sakashita – mas ninguém conseguiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *