DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, a principal manchete destaca que no próximo sábado,19 de setembro, Jales vai participar do Dia Mundial da Limpeza (World Cleanup Day), uma ação mundial que visa promover a mobilização de voluntários para a limpeza de suas cidades, bairros, praias, praças e parques. Mais de 180 países estarão mobilizados para 24 horas de limpeza por meio dessa ação que simboliza a necessidade de conscientização da sociedade para um problema maior do descarte irregular de resíduos sólidos urbanos. Neste ano, em razão do isolamento social, imposto pela situação sanitária no país com a pandemia da Covid- 19, o tema será “Eu cuido do meu quadrado”, com ações que abrangem o ambiente domiciliar. 

O jornal registra que, no período de 04 a 11 de setembro, os 23 municípios que formam a região de governo de Jales registraram 268 casos positivos para o coronavírus, uma média de 38 casos por dia. O maior índice foi registrado em Jales com 137 pessoas infectadas em sete dias, vindo a seguir Santa Fé do Sul com 51 casos positivos. O município de Santana da Ponte Pensa com 11 casos positivos foi o que menos registrou infectados desde o inicio da pandemia. Todos os 11 se recuperaram da doença. No período de 04 a 11/9 houve o registro de 10 mortes, sendo que os municípios de Jales e Santa Fé do Sul registraram 4 mortes cada, enquanto as outras duas ocorreram em Palmeira d´Oeste e Rubineia. Dos 23 municípios da região, apenas 07 ainda não registraram mortes pelo coronavírus desde o inicio da pandemia.

Na coluna FolhaGeral, o pedagógico redator-chefe Roberto Carvalho destaca pesquisa do portal Poder360, capitaneado pelo jornalista Fernando Rodrigues, mostrando que – mesmo com o adiamento do primeiro turno das eleições, de 04 de outubro para 15 novembro –, praticamente metade (49%) dos eleitores brasileiros continua achando arriscado votar presencialmente por causa da pandemia.  O colunista lembra que, em Jales, a abstenção vem subindo a cada eleição municipal. Em 2000, pelo menos 4.925 eleitores (15,21% do total) deixaram de comparecer às urnas, número que passou para 6.155 (17,38%) em 2008, para 6.722 (18,40%) em 2012 e, finalmente, para 9.097 (24,15%) em 2016.

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *