DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, o principal destaque é a campanha de vacinação contra a Poliomielite, na qual todas as crianças com idade entre 01 e 04 anos deverão receber as gotinhas contra a paralisia infantil. Hoje, 17 de outubro, é o Dia D contra a Polio e, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, haverá vacinação nos postos dos bairros Arapuã, Municipal, Roque Viola, São Jorge, JACB, Jardim Paraíso, Novo Mundo e no ESF Rural, das 08 às 16 horas. O Núcleo Central de Saúde também fará parte da campanha, agora em novo endereço, localizado no Jardim Monterey. A campanha, que é de multivacinação, não compreende apenas a prevenção da paralisia infantil, mas também todas as vacinas necessárias às crianças e adolescentes até os 15 anos.

Outro destaque do jornal também vem da seara da saúde pública. Cada um dos 57 agentes comunitários (ACS) da Secretaria Municipal de Saúde receberam nesta semana um tablet para agilizar os serviços realizados por eles e aumentar a produtividade. A entrega ocorreu no Plenário da Câmara Municipal e contou com as presenças do prefeito Flávio Prandi Franco (DEM), da Secretária Municipal de Saúde Maria Aparecida Moreira Martins e de Pedro Podsclan, responsável pela assessoria em Tecnologia da Informação e responsável pela capacitação.  Os equipamentos contém o sistema da Atenção Básica, que será alimentado pelos agentes durante as visitas domiciliares que realizam.

Na coluna FolhaGeral, o peremptório redator-chefe Roberto Carvalho está informando que dos mais de 100 candidatos a vereador de Jales, pelo menos 59 nasceram aqui nesta cidade de céu sempre azulado. Os demais nasceram em municípios da região e até em outros estados como Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro. Roberto comenta, também, que, segundo as conversas de botequim, os resultados das eleições deste ano em Jales poderão surpreender. Segundo essas conversas, será melhor que os candidatos não contem com o ovo na cloaca da galinha, ou seja, não se considerem vitoriosos antes da hora. De acordo com o colunista, somente depois das eleições será possível avaliar quem conseguiu atingir melhor a confiança dos eleitores.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *