DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, destaque para a campanha de vacinação contra a Poliomielite que foi prorrogada até o dia 30 de novembro. A Secretaria Municipal de Saúde está informando que todas as crianças de 1 a 4 anos deverão receber as gotinhas contra a paralisia infantil nas unidades de saúde do município. Segundo a enfermeira da Vigilância Epidemiológica do município, Renata Forti Rachieli, a campanha não compreende apenas a prevenção da paralisia infantil, mas também todas as vacinas necessárias às crianças e adolescentes até os 15 anos. “É muito importante que os pais se conscientizem da importância de vacinar seus filhos. Nosso município apresenta coberturas vacinais relativamente baixas”.

O jornal fez um levantamento e publicou um ranking com os 23 vereadores mais votados em Jales, entre 1982 e 2020. O recordista é o vereador Macetão, que, em 2008, obteve 2.328 votos. A vereadora Pérola Cardoso é a segunda colocada com os 1.713 votos obtidos também em 2008. Luís Especiato vem a seguir com os 1.544 votos recebidos nas eleições de 1996, enquanto Tiquinho ocupa o quarto lugar, com 1.448 votos recebidos em 2012. Antonio Sanches Cardoso, o Rato, é o quinto colocado com 1.378 votos obtidos em 1992. O candidato mais votado em 2020, Ricardo Gouveia, com 1.197 votos, ocupa a 10ª posição. O vereador mais votado em 1982, Antonio Figueira Filho, é o 13º colocado, com 1.098 votos.

Na coluna FolhaGeral, o extremoso redator-chefe Roberto Carvalho comenta que, pela primeira vez na sua história, a Câmara de Jales atingiu um número inédito: dos 10 vereadores eleitos no pleito de domingo passado, nada menos que 09 são nascidos em Jales. A exceção é o comerciante Elder Mansueli, que nasceu em Palmeira D´Oeste. Segundo Roberto, a próxima legislatura em Jales é promissora, uma vez que a Câmara será formada por uma maioria de parlamentares relativamente jovens. Os mais experientes são Bismark e Zanetoni, com 56 anos, enquanto o mais jovem é o petista Hilton Marques, de 36 anos. O colunista lembra, por fim, que, pela segunda vez, a Câmara terá duas mulheres.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *