DOMINGO, NA TRIBUNA: MINISTÉRIO PÚBLICO AJUIZA OUTRA AÇÃO CONTRA PARINI POR FACIP 2009

Definitivamente, as experiências do nosso premiado estadista com facipes não foram nada boas! Na semana passada, foi o Ministério Público Federal. Dessa vez, é o Ministério Público Estadual quem está denunciando o prefeito Humberto Parini por supostas fraudes na realização da Facip 2009.

O detalhe é que os promotores estaduais estão apresentando documentos que comprovariam o desvio de dinheiro público utilizado no pagamento dos shows da festa. A descoberta, além de complicar Parini, reforça as acusações do procurador federal, Thiago Lacerda Nobre, sobre malfeitos na contratação de shows. 

O empresário da Banda Jammil e Uma Noites, por exemplo, enviou documento ao Ministério Público, onde diz que o valor repassado aos artistas está bem abaixo dos R$ 125 mil que a Prefeitura e a empresa Prime dizem ter pago. Esse é apenas um exemplo. Os detalhes sobre mais essa trapalhada facipesca vão estar na edição de domingo, de A Tribuna.

Mas os problemas do prefeito Parini com a Facip 2009 não devem parar por aí. Como se sabe, o Ministério Público está investigando, há uns dois anos, a aplicação de R$ 177 mil na propaganda da festa. E, provavelmente,  as investigações vão render material para mais uma Ação Civil Pública. Por enquanto, fiquemos com o que se descobriu sobre os shows. Confiram na edição de amanhã, de A Tribuna.     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *