DONO DE POSTOS REBATE ACUSAÇÃO SOBRE SUPOSTO CARTEL. E POSTO CONFIRMA, EM ANÚNCIO, FALTA DE CONCORRÊNCIA EM JALES

sem briga

O empresário Antônio Olavo dos Santos, proprietário de postos de combustíveis em Jales, Vitória Brasil e Votuporanga, rebateu, em informe publicitário no Jornal de Jales, a acusação de vereadores, sobre uma possível combinação de preços  entre os donos de postos, em Jales. Para ele, trata-se de uma acusação leviana.

A bem da verdade, os vereadores não acusaram. Eles pediram uma investigação ao Ministério Público sobre possível alinhamento de preços. Os vereadores não fizeram mais que obrigação, uma vez que estavam sendo cobrados por munícipes, inconformados com os preços dos combustíveis em Jales. Se eles – os nobres edis – não fizessem nada, seriam chamados de omissos. Fazendo, são taxados de levianos.

Olavo argumenta que a formação de preços, na verdade, já começa na Petrobras, pois a diferença do litro de gasolina, entre as distribuidoras, não passa de dois centavos. O empresário pondera que, para haver um diferença de preços razoável, entre os postos,  “só fazendo mágica, ou quando existe uma guerra de preços na cidade, como aconteceu recentemente em Santa Fé do Sul”.

Olavo ressalta, ainda, que, em Votuporanga – onde, repito, ele possui um posto – a margem operacional dos postos é de R$ 0,66 no litro de gasolina, enquanto em Jales, essa margem é de R$ 0,58. “Os preços dos combustíveis são parecidos porque a margem de lucro é muito pequena”, disse Olavo ao jornal.

O empresário confirmou, de outro lado, que, em Vitória Brasil, ele vende os combustíveis por um preço menor que em Jales, mas ressalva que “lá o custo operacional, incluindo número de funcionários, conta de energia, água, aluguel e outras despesas, é bem menor”.

Como se vê, os dois lados têm lá suas razões. Curiosamente, o site de negócios OLX está anunciando que existem dois postos de combustíveis à venda, em Jales.

Um deles, localizado no centro da cidade, foi colocado à venda por R$ 750 mil. Segundo o anúncio, o posto vende a gasolina com margem de R$ 0,63, enquanto o etanol e o diesel são vendidos com margem de R$ 0,59 e R$ 0,25, respectivamente.

O outro, na Avenida Francisco Jalles, diz que  comercializa 90.000 litros de combustíveis/mês e está à venda por R$ 500 mil. Mas, a parte mais interessante do anúncio está numa pequena e emblemática frase: “A cidade não tem briga de preços”.

26 comentários

  • morador de vitória Brasil

    É que em santa fe o custo operacional é menor kkkk conta outra seu Olavo kkkkk

  • Assalto

    Volto a falar por favor ninguém abastece no posto desse cidadão ele deve ser um dos líderes do grupo de donos de postos de combustíveis e com certeza tem sim acordo entre eles, pq quando foi aberto um posto em jales e o combustível estava mais barato por diversas vezes o dono teve visita de outros donos de posto lá obrigando a colocar o mesmo valor acho isso uma tremenda sacanagem.

  • pra acaba

    gostaria que o dono de posto de gasolina explicasse porque em santa fé a gasolina é 0,12 centavos mais barata do q jales???

  • Alberto

    Gente, é uma mina de ouro!!! E por 500.000??? Esta barato não??
    Vamos lá , gente! Vale muito a pena ter posto em Jales, tem cartel, nunca tem briga! É, de fato, uma mina de ouro! Ninguém vai comprar???

  • zinabre

    Acha que aqui tem cartel,
    No minimo aqui tem um carretel e bem grandão ai uiui.
    Coitado do consumidor sempre leva a pior.
    Acho que vou abastecer em Ribeirão lá e mais barato.

  • Rensi

    Por falar em cartel Cardosinho, verifique a noticia aí, mas aqui em Zurique saiu uma noticia que o FBI junto com a policia Suíça prenderam 6 cartolas da FIFA, dentre eles o vice-presidente e o nosso estimado ex-governador malufista José Maria Marin.
    Me parece que esta noticia ainda não chegou no Brasil.
    Abraços

  • OLAVOABUNDA

    Vamos fazer uma campanha e parar de abastecer nesse posto citado acima e, abastecer em um único
    posto que queira vender pelo menor preço

  • anonimo

    Esse dono de posto que rebateu a acusação está delirando, até mesmo porque a dona do auto posto imperatriz colocou combústiveis em média de 20 e poucos centavos mais barato em Jales. E os postos da cidade fizeram com que ela subisse seu preço na bomba. Portanto não venham dizer que em Jales não existe cartel…

  • TOMAS TURBANO

    a pressao é grande se algum posto bandeira branca resolver fazer um preço melhor. eles ameaçam com a frase “VAMOS VER QUEM PODE MAIS”.

  • morador de Jales

    Esse Olavo, acha que a população de Jales não sabe fazer contas, só pra ele se tocar, como o CUSTO OPERACIONAL de um posto que funciona 24 horas e outro que fica aberto até as 22 horas, tem o mesmo os custos??, e quase o mesmo preço de venda ao consumidor, sem contar número de funcionários etc… em Vitória em grande parte do tempo a combustível é menor que Jales do mesmo proprietário ACORDA OLAVO!!

  • pra acaba

    gente a melhor maneira de resolver isso é nao abaster mais nesses postos, a população tem esse poder mais nao usa

  • Ilha solteira, Andradina e Araçatuba praticam preços inferiores comparados aos de Jales!
    Não venha esse senhor dizer que o custo operacional deles interfere diretamente, no caso, o frete!
    A população de Jales não deve abastecer no posto deste senhor, para que ele sinta no bolso, o reflexo de sua ganância!
    Acorda gente…é a maneira que temos de protestar!
    Não abasteçam nos postos desse ganancioso.

  • cartel

    quando o posto ali perto da rodoviaria reinaugou e colocou o preço mais baixo, houve uma tortura sobre eles, ai eles subiram o preço e dava desconto escondido na calculadora, com medo desses pessoal que ia no posto deles e ameaçavam eles

    • anonimo

      È verdade cartel, somos amigos do pessoal do posto imperatriz e presenciei tudo que vc falou e assino em baixo…
      Jales tá fd parar em postos para abastecer.
      Até Pereira Barreto que fica a 180 KM de Rio Preto o combústivel é mais barato…Esse Olavo me diz de que posto é para que eu corte volta de laaaaaaa e não abasteça nem se quer 1,00 real se quer la.Valeu…

  • pedrinho

    esse dono de posto o Olavo e o mesmo Maloni ou e outro?

  • anônimo

    Engraçado, só falam dos postos!! Dê uma olhadinha nos preços dos açougues, supermercados, etc. Deles ninguém fala nada!!

  • Va' no posto ipiranga

    Com muito posto, na cidade, os donos deveriam aumentar a concorrencia e abaixar os preços. Mas se juntaram e fixaram um preço para proteger os pequenos postos que vendem pouco.
    Dizer que nao ha’ cartel baseando no preço de compra e’ no minimo e’ uma brincadeira pois existem as variaveis que sao : o aluguel do posto, salario e quantidade de funcionarios, custo de energia e agua, litragem vendida, outras alternativas de venda , etc, que podem variar o preço.
    Falar em posto de combustivel e’ falar em borracharia, loja de conveniencia, restaurante, bar, lavador, venda de banho (nos banheiros) que dao lucro e ate’ mais que o posto.
    Como atividade fim, o abastecimento de combustivel e’ apenas um chamariz

  • PARABÉNS VEREADORES, TEM MESMO QUE QUESTIONAR E NÃO SE INTIMIDEM COM DONO DE POSTO NÃO, VAMOS EM FRENTE TRAZENDO OS PREÇOS DE CIDADES VIZINHAS PARA PROVAR QUE AQUI TÁ CARO MESMO…TENTATIVA DE INTIMIDAR É DAR TIRO NO PÉ, PERDE CLIENTE E BOA KKKKKKKKKKKKK. E LEVIANO MESMO É QUEM TENTAR PASSAR UMA MENTIRA POR VERDADE, OLHO VIVO POVÃO…….TAMOS DENTRO DA AGUA COM TANTO UMENTO.

  • Votuporanga

    Cardosinho, bom dia!

    Você pode dizer qual é o Posto que esta sendo vendido por R$ 750.000,00?

    • O anúncio não cita o endereço completo, mas tem um telefone de contato. Eis o anúncio:

      POSTO BANDEIRA BRANCA EM JALES-SP (região de São José Rio Preto)

      Mais de 2.000 m2 de área.

      Contrato de locação de 5 anos.

      Aluguel de R$ 7.800,00.

      Recebe sub-locações de lavador e loja de conveniência.

      Loja não tem contrato, Se comprador desejar operar, não tem problema.

      7 funcionários.

      Posto totalmente reformado com troca de tanques em 2011.
      L.O. até janeiro de 2016.

      4 bicos de gasolina,04 de etanol e 2 de diesel S500.

      Vende 30 m3 de gasolina com margem de 0,63.

      Vende 45 de etanol com margem de 0,59.

      Vende 20 de diesel S500 com 0,25.

      Posto com ótimo potencial.

      Valor para venda R$750.000,00.

      Maiores informações entrar em contato.

      Nextel(19) 78207654
      Localização
      • Município: Jales
      • Bairro: Centro
      • CEP do imóvel: 15700-050
      Código do anúncio: 72708932

  • frigorifico

    vamos falar de coisa boa
    fiquei sabendo q o friboi vai montar uma sede de embutidos aonde era o frigorifico Jales
    o frigorifico ja passa por reformas
    sabe alguma coisa sobre isso cardosinho?

  • Thiago

    Falaram de custo operacional, pergunto : Se em Jales cada posto de combustível tem um custo operacional “diferente” (alguns tem mais funcionários, outros menos…) porque o preço de venda é exatamente “igual” ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *