É TETRA!! É TETRA!! PELA QUARTA VEZ, JALES É A PIOR DA REGIÃO NA GERAÇÃO DE EMPREGOS

Se Jales já não ia bem na geração de empregos quando o Brasil estava “bombando” nesse quesito, imaginem agora que o país fechou 2014 com o pior resultado dos últimos 15 anos.

Os números divulgados pelo Ministério do Trabalho, na sexta-feira, 23, mostram que Jales foi, disparadamente, a pior da região na geração de empregos, em 2014. Isso não é novidade: nos últimos cinco anos, esta é a quarta vez que ficamos na lanterna entre as principais cidades da região. A novidade é que, em 2014, nós perdemos até para Palmeira D’Oeste.

Vamos aos números: Jales fechou o ano com um saldo de apenas 11 novos empregos com carteira assinada. É o pior resultado da nossa cidade, desde 2004. Antes disso, os menores números tinham sido os de 2013, com a geração de 301 novos postos de trabalho. De outro lado, o nosso melhor resultado foi em 2006, quando a cidade gerou 606 novos empregos.

Mas não pensem que foi só Jales que bateu recordes negativos em 2014. Fernandópolis, com apenas 78 novos empregos, Votuporanga (224) e Santa Fé do Sul (88), também tiveram os piores resultados dos últimos 10 anos. Para se ter uma ideia, em 2010, Fernandópolis gerou 1.600 novos empregos, enquanto Votuporanga gerou 1.760. O melhor resultado de Santa Fé do Sul foi em 2008, quando a cidade criou 571 novos postos de trabalho.

E Palmeira D’Oeste? Bem, Palmeira D’Oeste contabilizou 51 novos empregos em 2014, ou simplesmente 40 a mais que Jales.

7 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *