EM CRISE FINANCEIRA, CLUBE DO IPÊ ESTÁ LEILOANDO PARTE DE SUA SEDE

Na sessão da Câmara desta segunda-feira, que se dará mais uma vez de forma remota, será discutido um requerimento da vereadora Andrea Moreto (PODE), em que a nobre edil pergunta ao prefeito Luís Henrique Moreira sobre a possibilidade de se implementar uma parceria público-privada entre a Prefeitura e o Clube do Ipê, com o objetivo de, digamos assim, reerguer a agremiação.

Andrea argumenta que o clube já foi uma referência regional como espaço de cultura, lazer e esporte, mas, atualmente, encontra-se em grave crise financeira, necessitando do aporte de recursos financeiros para sair do buraco em que se meteu nos últimos anos.

Em que pese as boas intenções da vereadora – das quais, diz o ditado, o inferno anda cheio – parece que a pretendida PPP já estaria chegando um pouco tarde. É o que a entender uma publicação da empresa Rigolon Leilões, especializada, como se deduz, em leilões eletrônicos.

A publicação anuncia o leilão de um salão de eventos com 1.534,20m², com estacionamento, em um terreno com 6.101,42m², na Rua Padre Renato Alves Aranha. A rua que homenageia o falecido padre é aquela que separa o Clube do Ipê do bairro Pires de Andrade.

Os bens levados a leilão estão avaliados em R$ 2.460.000,00, mas poderão ser vendidos por R$ 1.890.000,00, o valor do lance mínimo. Os interessados terão até as 15:00 horas do dia 24 de novembro de 2021 para apresentar suas ofertas.

O contrato firmado entre o Clube o Ipê e a Rigolon Leilões autoriza a empresa a realizar a venda direta dos imóveis pelo valor do lance mínimo, no caso de o leilão resultar infrutífero.

7 comentários

  • FUNDADORES DO CLUBEDOIPE

    TEM MUITA GENTE GANHANDO DINHEIRO COM O IPÊ.

    • Para de falar basteira e vai lá ajudar, se inteirar do que está acontecendo.
      Tem um grupo de pessoas bem intencionada, tentando recuperar o Clube do Ipê,
      liderada pela Bandeira.
      A venda dessa área é p colocar o resto do clube em funcionamento, como a piscina,
      bar, salão antigo, etc…
      Antes de falar bobagens, procure saber o que está acontecendo.
      Falei…..

      • Marcus

        A princípio cumpre informar que a referida postagem não tem cunho com a veracidade dos fatos.

        O clube do ipê , bem como a grande maioria dos clubes no Brasil , estão se reestruturando de acordo com a demanda e os novos comportamentos em sociedade

        Quanto , a inverídica informação , cumpre-me esclarecer que não estamos alienando patrimônio do clube para pagar dívidas , mais sim, faremos investimentos e recuperação do clube, como piscinas e demais espaços, em curto espaço de tempo

        Hoje temos diversas modalidades esportivas em plena atividade , quais sejam :
        Tenis de Campo com 05 quadras, 03 quadras de Beach Tennis , Mini Campo de Futebol, Quadra de Basquete , Sauna e um novo parque infantil totalmente novo e reformulado

        Este é o clube do ipê de hoje, convidamos a toda sociedade e antigos sócios, para certificarem das informações aqui expostas
        Grato

        • “A referida postagem não tem cunho com a veracidade dos fatos”. Não entendi! A vereadora não está sugerindo uma PPP? O clube não está leiloando parte da sede? Onde está a inverdade? Ademais, em que lugar do texto está dito que o clube está vendendo patrimônio para pagar dívidas?

    • Julia

      Que BABACA é vc!!!!
      Além de BABACA é um covarde que escreve o que quer no anonimato, pra não ouvir o que não quer. TROUXA!

  • Anônimo

    Me fez lembrar de uma frase/ditado popular: “Fazer bonito com o chapéu alheio ou pedir esmola com o chapéu do outro”.

    Enquanto o Clube estava em crise, o Legislativo não ofereceu uma ajuda (ao menos não lembro de notícia nesse sentido). Desconheço qualquer colaboração do Poder Público, aliás. Agora que o clube está se reestruturando ou se reerguendo (enquanto outros só fecham), a nobre vereadora oferece parceria??? Ora ora….. Ai é “chegar atrasado e sentar na janelinha”.

  • Infelizmente, os padrões de vida que temos hoje e a presença dessa tecnologia, nossa juventude não se interessa por esse tipo de local. Antigamente, era a nossa diversão; encontrar os amigos, praticar algum esporte ou até mesmo bater papo com a dona Alzira, na entrada da piscina. Bons tempos, onde tivemos belíssimas apresentações da Banda Jair Supercap Show, Chocantinho e outras diversas atividades.
    É uma pena ver que o clube se encontra nesse estado deplorável! Muito triste mesmo…
    Somente quem aproveitou esses bons momentos, sabe o que se passou por lá!

Deixe um comentário para [email protected] Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *