EM MENOS DE DOIS MESES, DUAS GESTANTES PERDEM BEBÊS DEPOIS DE PASSAR PELA UPA

DSC04084

Matéria da lavra do repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca, para A Tribuna deste final de semana, narra o caso da filha da senhora da foto – dona Genecy – que, aos 19 anos, esperava o primeiro filho. Depois de ser atendida duas vezes na UPA de Jales, ela foi internada na Santa Casa, mas aí já era tarde.

Com 2,990kg e 48cm, o bebê já estava pronto para nascer, mas, infelizmente, foi mais uma vítima indefesa da nossa falida saúde pública. “Ele estava perfeitinho, não tinha nada… A minha filha fez todo o pré-natal”, disse a avó da criança ao Carioca.

Em menos de dois meses, este é o segundo caso onde uma gestante perde o filho depois de ser atendida na UPA de Jales. Em setembro, a jovem Alana Carla, de 22 anos, depois de ver seu segundo filho perder a chance de conhecer este mundo estranho, desabafou com o mesmo Carioca:

“A dor de perder um filho é insuportável. Uma dor que não passa. É muito duro você ver as coisinhas que a gente tem do bebê e saber que ele não vai poder usar…”.

Resta saber quantas gestantes terão que passar pelo mesmo drama para que alguém tome alguma providência.

7 comentários

  • Li

    Só a mãe sabe a importancia de um filho depois de gerado em nossos braços sentir seu cheiro e ter o enorme prazer de amamentar !!!E ensinar a viver no mundo de hoje !!! Mas tem muitos açogueiros q tentar se passar de medícos e assim matando muitas vidas e deixando mães sem chão sem razão de vida… Hoje em dia até pagando tudo corre se o risco de uma fatalidade mas com a merda do sus a falta de vontade desses burros trabalharem acontece isso ainda com tanta tecnologia.Sinto muito Geneci …Força…Deus te abençõe!

  • Gente parem de falar dessa festa chechelenta que não virou nada e falem da saúde de Jales que está matando bebes, a filha de uma moradora do big plaza sofreu um acidente e sofreu traumatismo craniano ficou em coma e teve que fazer cirurgia,por ter ficado muito tempo entubada ela teve que colocar uma tráquio ,o procedimento acabou com a garganta da menina que até hoje está sem fala e sem espequitativa de voltar a falar por conta do procedimento errado,porque não mandaram pro hospital de base, pergunto eu,se eles não tinham competência para o fazer o tratamento, depois que viram o tamanho da cagada ai mandaram ,agora a menina tá lá coitadinha indo e voltando de Rio Preto,isso é o cúmulo,isso deve ser denunciado,essa mãe n tem a quem recorrer, tinha que processar esse hospital que só interna pobre na hora da morte e ainda matam ou alejam os que entram lá,pelo amor de Deus alguém de poder tem que se atentar para isso !!!!!

  • VANIA

    Claro deve ter algum culpado sim, o sofrimentos dessa familia e tantas outras que nós não ficamos sabendo…isso é mais do que grave é imperdoavél, onde esta a senhora prefeita que dizia ser a saúde a “menina dos seus olhos”, será que apenas acha isso qdo é para persseguir funcionários da saúde? Onde esta o tal dos direitos a um atendimento digno, emergencial, e humano da UPA? Oque mais precisa acontecer para termos o direito a um atendimento digno? Porque não pode ser aberta a emergência da Santa Casa para o atendimento direto a GESTANTES, ja que lá há ou deveria ter um ginecologista de plantão pelo SUS, porque sera que a Santa Casa sendo uma Entidade Filantrópica não abriu esse espaço para esse tipo de atendimento? Tudo isso amigos leitores desse blog é para ser pensado e revisto e por fim agir com rapidez, pois essas gestantes precisam de atendimento e essas crianças precisam nascer com vida e saudaveis, mas de uma coisa voces podem ter certeza a justiça dos homens é falha, mas a de DEUS não perdoa, esperem e vão ver o culpado por tudo isso pagar e de forma terrivél.

  • paola

    lamentavel, resta saber se depois do ocorrido, os responsaveis, ou melhor O RESPONSÁVEL, ira ser punido, ou esta vida ira ficar impune.

  • Só falta investigar se ver se o atendimento foi realizado pela mesma equipe de plantão! Que respondam pelo erro…

  • renato

    isso aconteceu com a minha esposa a primeira gestante..2 vezes eo atendimento nao virou nada na terceira onde ela se retorcia de dor sangrando na espera do atendimento e sentada naquela cadeira dura onde tem cadeiras de roda mas nenhum enfermeiro pra ajuda… e se alguem duvida disso tenho um VIDEO desse atendimento podre imundo que nos mesmo pagamos e quando precisamos nao somos atendidos certo..esse upa precisa de uma reforma colocando medicos novos enfermeiros novos tudo novo eles falam muito em numeros de atendimento mas isso contando que pra uma situaçao vc volta la 3 ou ate 4 vezez … PREFEITA NAO DA CONTA PEDI AS CONTAS NAO DESTROI OQUE JA TA DESTRUIDO NAO….

    • J.

      Divulgue seu video Renato … A maior vergonha de Jales não são as ruas esburacadas, mas o déficit em saúde pública. Sinto muito por sua perda, e os responsáveis tem que ser penalizados. Agradeço a Deus todos os dias por não precisar desse recurso para saúde. Porém além de pagar por essa merda através dos impostos, sinto-me obrigada a pagar por um plano particular!!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *