FISIOTERAPEUTA FERNANDOPOLENSE MORRE EM ACIDENTE PRÓXIMO A JALES

A notícia é do site Região Noroeste:

57167O fisioterapeuta fernandopolense Emerson Roberto Madalosso Junior morreu em um acidente de trânsito ocorrido nesta madrugada(12), à 1h30, na Rodovia Euclides da Cunha, em Jales.

Segundo informações, o jovem voltava sozinho de Votuporanga, e o carro que ele dirigia capotou por motivos desconhecidos no trecho próximo à Fazenda Pupím, no KM 576. 

O corpo do jovem foi atirado para fora da caminhonete S10 de cor preta. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local.

Formado em Fisioterapia pela FEF atualmente Emerson morava e trabalhava em Jales em uma academia de musculação.O perfil de Emerson no Facebook está repleto de mensagens de pesar pelo falecimento do jovem.

4 comentários

  • Fabiana

    Vimos esse menino crescer Cardosinho… Em 2001, tínhamos um grupo de Casais aqui na Comunidade, e ele deveria ter a idade do meu filho na época, quando os pais dele faziam parte. Ele e a irmã ajudavam fazendo leituras da Bíblia. Quantas vezes vi esse menino lendo na missa, quando participava do grupo de jovens. Como é triste meu Deus ver tantos jovens partindo tão cedo. Que Deus dê o consolo à Marlei, seo Roberto e à irmã Larissa. #luto.

  • Du

    Muito triste. Conhecia esse menino de vista. Me lembro que trabalhou no Supermercado Proença e era muito educado. Hoje fui ao velório; e pelas ruas só ouvi falarem bem dele. Estudou… Quando a vida começou a ficar como ele queria, ocorre isso.

  • REALISTA

    Infelizmente esta rodovia virou pista de corrida, trabalho em Fernandópolis e já vi diversos acidentes. Bem vindos os radares e acho que são poucos, deveria ter os radares moveis e mais fiscalização por parte da policia rodoviária. Motoristas ainda abusam da bebida e muitos não usam cinto de segurança, combinação perfeita para uma tragédia. DEUS conforte a família deste jovem.

    • Marcos

      Foi uma fatalidade. Moro aqui na fazenda em frente ao local do acidente. Escutei o capotamento e quando cheguei infelizmente o Emerson já estava sem vida. Fui o primeiro a chegar e com certeza, se ele estivesse com cinto, nada tinha acontecido. Concordo com vc, aqui na frente de casa da pra ver a loucura q é essa pista. Virou literalmente uma pista de corrida. Radares seriam bem vindos sim, uum atrás do outro se possível. Deus tenha misericórdia da sua alma Emerson, e de todos que perderam a vida aqui no km 576-577.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *