FÓRUM DA CIDADANIA REUNIU-SE COM AUTORIDADES PARA DISCUTIR CIDADE JUDICIÁRIA

Os empresários Carlos Eduardo Venturini e José Pedro Venturini, representantes da BVL-X Empreendimentos Ltda, estiveram ontem na sede da OAB de Jales para apresentar o projeto de loteamento do terreno onde deverá ser construída a Cidade Judiciária.

O projeto reserva 35.000m² para a construção das sedes de diversos órgãos estaduais e federais. A reunião, promovida pelo Fórum da Cidadania, teve a participação de representantes do Judiciário e do Legislativo, além da Polícia Federal e da Vara Trabalhista. O vice-prefeito Pedro Callado representou o Executivo.

Carlos Alberto Expedito de Brito Neto, coordenador do Fórum da Cidadania, e os representantes da BVL-X demonstraram otimismo. O próximo passo será a lavratura de uma escritura de doação dos 35 mil metros quadrados.

O assunto será esmiuçado pelo repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca, em matéria para a edição de A Tribuna, deste final de semana.

3 comentários

  • Neca Pedregulho 2

    Caro amigo Cardosinho, acompanho atentamente e há muito tempo a novela Cidade Judiciaria, neste mesmo espaço há mais ou menos 2 anos, comentei que isto apesar de ser uma grande ideia, necessaria e importante para a cidade de Jales, não passava de um sonho, e pior de jogada de interesse de varias partes, entre elas, dos empresarios que doariam cerca de 30.000 mtr2, que, na area por eles destinadas valiam pouco mais de 300.000,00 e receberiam em contrapartida ( por exigencia dos doadores), uma via de acesso totalmente asfaltada, agua, luz, esgoto, enfim toda a infraestrutura necessaria para emplacar a tal cidade judiciaria, que pelos calculos da Prefeitura na epoca custaria em torno de 850.000,00 mil reais, ou seja, a doação na verdade era e é altamente rentavel para os doadores. Na esteira das negociações, apareceu a figura de um empresario, dono de um Supermercado na area central da cidade, que se dizia disposto a comprar o antigo forum e construir um outro na citada Cidade Judiciaria, o que certamente resolveria um dos seus problemas de estacionamento do proprio Mercado, além claro de ganhar algum lucro na negociação ( o que é sem duvida normal e legal ), ninguem coloca dinheiro para fazer bonito, a não ser se vislumbar algum lucro. E, finalmente, a ideia desta cidade Judiciaria, partiu de um grupo que há muito tempo apresenta varias sugestões para resolver graves problemas da cidade como se as coisas fossem simples, e que, numa reunião e muito falatorio e entrevista fossem capazes de resolver os problemas da cidade, mas que na verdade colocar em pratica é sempre muito dificil, e mais, brincam de administrar, ou de ser executivo sem coragem de disputar eleição, e ai sim, ter a caneta na mão para resolver e por em pratica suas teorias que na maioria das vezes são devaneios.( na verdade querem ser prefeito sem disputar eleição), chegamos ao absurdo de pessoas do DIREITO, dizendo que o forum antigo seria comprado por empresario X que em troca construiria o Novo predio do Forum, sem que isto tenha que passar por uma licitação para ver quem dá mais, pois trata-se de bem publico e imagino na minha ignorancia que, toda a venda de bem publico deva ser feita por concorrencia publica, por tudo isto, é que acho que a tal cidade judiciaria não sairá do papel, infelizmente.

    • Carlos Alberto Expedito de Britto Neto

      Caro Neca, cidadão Jalesense, suas indagações e observações sao válidas, porém desprovidas de qualquer embasamento legal e ainda mais quando tenta ofender as pessoas que se engajam, acreditam, sonham sim, porque vivemos num país que respeita a liberdade num estado de direito e democrático. Quanto a atuação do Forum da Cidadania, seria interessante caro leitor, dar sua cota de participação, integrando-se a todas aquelas entidades ou clubes de serviços, sindicatos ou outras agremiações formadas po homens e mulheres livres e de bons costumes que acreditam na participação de todos unidos em prol de projetos que realmente contribuam com o desenvolvimento da nossa, sua cidade. O projeto da cidade judiciaria,assim denominado por alguns, realmente é um sonho que esta sendo sonhado por muita gente e somente nessa condição será possível concretizarmos e tornarmos uma realidade.
      Em primeiro lugar, após voce ler um pouco sobre tudo o que já foi escrito, falado sobre esse projeto, consiste em auxiliar os Poderes constituidos de nosso município, para que pudesse sensibilizar um grupo empresarial que pagou R$10.000.000,00. por 52,00 alqueires e dentro dessa area, está propondo a doação de 35.000 metros quadrados para que lá sejam construídas as sedes ou órgãos públicos judiciais, do Ministério Publico e da OAB. Ressalte-se prezado cidadão, que o loteador tem por obrigação legal dotar a area onde será objeto do loteamento maior, de todas obras publicas tais como: luz, asfalto dentro do loteamento, guias, etc. Caberá ao município e ainda falta uma definição jurídica sobre isso, se haverá uma contrapartida do Poder Publico, ou seja, havendo a doação da area de 35.000 para o município qual será a responsabilidade do Executivo, esta sendo discutido se será através da construção de uma parte da avenida projetada ( pouco mais de 300 mts). Quanto ao projeto da construção do Forum Estadual, inicialmente foi apresentado a Secretária Estadual de Justica e da cidadania, uma proposta de PPP ( parceria publica privada) onde um outro empresário ( Sr. Toshiro) proprietário do Supermercado próximo do Forum, através de uma permuta, que a principio, dispensaria licitação, construiria um novo prédio com as especificações técnicas do Estado e na permuta, ficaria com a area omd estaríamos atual Forum. Essa idéia ainda nao esta descartada. atualmente o Tribunal de Justica esta estudando a possibilidade de incluir Jales no projeto de construção de novos Fóruns, ainda vamos aguardar.
      Enfim, nao e possível fazermos coisa acontecerem se voce nao sonhar, depois, lutar para que juntos, sem vaidade, ciúmes, realmente façamos a nossa parte, sem necessariamente estarmos ocupando qualquer cargo, o exercício da cidadania, nao obriga as pessoas a se filiarem a algum partido, basta termos consciência.

      Finalizando, participe, se inteire, ouça as pessoas de boa fé, não critique sem conhecer o assunto. Estou a disposição para prestar a informação que voce desejar, inclusive, convidando-o para participar do Fórum da Cidadania.

  • Pit Bull

    A “coisa” é simples !!!

    E as perguntas, são as seguintes :
    – Qual a extensão e quais as benfeitorias – infra estrutura – de responsabilidade da prefeitura?
    – Qual o custo dessas benfeitorias ?
    – Qual o valor de mercado da área doada?
    – A área doada seria “abatida” das áreas obrigatórias e institucionais ? – caso positivo, predisposição para inconstitucionalidade.
    – Existe anteprojeto e ou projeto definitivo para análise de custo/benefício na contra partida da prefeitura?

    Indubitavelmente, é uma jogada imobiliária, que deve ser analisada com muito carinho e responsabilidade por parte da prefeitura municipal .

    “A ansiedade é amiga da pressa, a pressa é inimiga , quase sempre, do correto”. – Pit Bull.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *