“FUNCIONÁRIOS” DO PRONTO-SOCORRO CRITICAM BLOGUEIRO E MATÉRIA SOBRE AMBULÂNCIAS

Parece que “alguns funcionários” do Pronto-Socorro não gostaram de uma matéria que este aprendiz de blogueiro escreveu para o jornal A Tribuna, deste final de semana. Na verdade, creio que “uma funcionária” não gostou, mas ela preferiu falar em nome de todos.

A mocinha deveria ter mandado suas críticas lá pro jornal, uma vez que a matéria não foi veiculada aqui no blog, mas, tudo bem… Sou moço democrático. Abaixo, os dois e-mails que me chegaram através da caixa de contados do blog:

Após lermos a matéria na tribuna a respeito do “atraso” das ambulancias, algumas dúvidas surgiram..primeira, Jales encontra-se tão sem assunto que alguns aprendizes de blogueiro ficam perambulando pelas ruas a procura de noticias, sejam elas verdadeiras ou nao..afinal, se nao é formado em jornalismo (apenas curioso do assunto, imaginamos..) certamente não há compromisso com a verdade, visto que não fez o famoso juramento de formatura.
outra questão que se segue.. a única coisa que pode ser observado ao escrever que os funcionários estavam na recepção “colocando os papos em dia” enquanto não havia NADA a ser atendido, é que embora os funcionários estejam “desfalcados” ( mesmo o caro blogueiro nao saiba,  um pronto socorro em que a média de atendimentos gira em torno de 7000 atendimentos mensais, estamos apenas em 4 enfermeiros, e 15 auxiliares de enfermagem) e exaustos, ainda temos um ótimo relacionamento dentro do ambiente de trabalho – e o que isso implica na “suposta” demora das ambulâncias (ou táxi sanitário??)?
Outro ponto a se pensar é que Jales é o UNICO municipio que faz remoções deste tipo na região (somos os melhores então? ou apenas mais um dinheiro desnecessário jogado fora a fim de se ganhar votos?).
Por fim e não menos importante, uma reclamação que é comum, e esclarecida no momento que o senhor esteve no PS a procura de “notícia”, ainda que esclarecida merece lugar na tribuna?? quanta escassez..de assunto ou do que fazer??

Esquecemos algumas coisas no comentário anterior a esse..primeira, a prioridade das ambulâncias é sempre BUSCAR o paciente (visto que ainda não teve atendimento médico) e não LEVAR (já que o mesmo já foi atendido e encontra-se em condições de retornar a sua casa)..
segunda, para que a ambulância leve o paciente de volta para casa deve ser em casos de: gestantes, pacientes acima de 60 anos, crianças menores de 5 anos, deficientes fisicos ou psiquiatricos – e claro, o bom senso é algo essencial neste ambito – obs: caso o paciente nao cumpra nenhum dos critérios porem solicita a ambulancia cabe ao médico avaliar.
Terceira, em nenhum momento a paciente necessitou de “pontos na cabeça” – um simples curativo foi o indicado no caso da mesma.
Quarta, em nenhum momento o rapaz saiu da recepçao e logo voltou dizendo que havia apenas 15 minutos da solicitacao – ele ligou para a regulaçao das ambulancias na sua frente!
Agora, mudando de assunto…na nossa UPA está recheada de “noticias” – prato cheio pra blogueiros hein?! kkkkkkkkkk

E agora, a matéria que irritou a mocinha:

“Usuária reclama de demora da ambulância”

Quarta-feira(21), horário de almoço, e dona Nair – com a tranquilidade de quem não tinha nenhum compromisso a cumprir – esperava pacientemente por uma ambulância que a levasse para casa, depois de ser atendida no Pronto-Socorro. Calma, ela explicava que sofrera uma queda, na noite anterior, e tivera que levar alguns pontos na cabeça. Sofreu, também, uma contusão em uma das pernas.

Quem estava impaciente, era a acompanhante de dona Nair, a comerciante Izabel, que precisava retornar, com urgência, ao trabalho. Segundo Izabel, já tinha mais de uma hora que ela tinha solicitado uma ambulância para levar dona Nair embora. “Eu não sei o que está acontecendo; a atendente me disse que já chamou a ambulância, mas tá demorando muito”, reclamava Izabel.

Na recepção do Pronto-Socorro, sem nenhum paciente para atender, os funcionários aproveitavam para colocar os assuntos em dia. Uma moça explicou que é comum as pessoas reclamarem que já estão esperando há mais de uma hora, mas, normalmente, a demora não chega a tanto. “É um costume das pessoas. Às vezes não faz mais que dez minutos que elas estão esperando, mas dizem que já faz mais de uma hora”, diz ela.

Um rapaz pede um minuto para verificar há quanto tempo dona Nair estava esperando e logo volta com a resposta. “Pelos nossos registros, faz apenas 15 minutos que ela solicitou a ambulância. Nós já avisamos que daqui a pouco estará chegando uma”, resumiu. 

26 comentários

  • Vinicius

    Jales é uma cidade da piada pronta, funcionários públicos querendo reverter a mais pura verdade. E só para lembrar, não vamos jogar lixo nas urnas mais uma vez, vamos votar em pessoas que amam nossa cidade, afim de fazê-la crescer em todos os sentidos, sem corruptos, sem caras de pau, vamos colocar no gabinete de prefeito alguém competente, pois nossa querida Jales não merece essa vergonha que está passando nos últimos 8 anos. Graças a Deus dezembro está chegando, e essa vergonha de administração irá se acabar, todos agradecem !

  • Nao vi nada de mal na reportagem para gerar tanta
    indignação por parte dos funcionarios

  • Anônimo

    finalmente esta cidade acordou pro péssimo serviço que você pensa que presta neste blog e consequentemente acaba ofendendo e mentindo ou omitindo fatos esclarecedores sobre o trabalho dos funcionários que voce costuma ofender para atingir o ponto de criticar a administração municipal.

    isto não é , nem nunca foi jornalismo.

    isto é mesmo piada pronta.

  • Clarice

    Amigo Vinicius,me dê uma sugestão de gente honesta,comprometida…pois só vejo gente com interesses proprios.Acho lamentável uma cidade tão bonita como Jales, ir aos poucos sendo degradada pela falta de adm!!Até agora não vi nenhum candidato que mereça nossa consideração…

  • Alexandre Ribeiro (Carioca)

    CONFIRA QUI UMA ENTREVISTA EXCLUSIVA COM GARÇA E FLÁ CONCEDIDA AGORA À TARDE AO JORNAL A TRIBUNA. http://atribunanaweb.com/jornal.noticias.jales/?p=7280

  • Eu

    Descaso!!!! Sem comentários!

  • Anonimo

    Esse tal Vinicius é um imbecil. Não sabe criticar, só sabe ofender!

  • Clarice

    Sabe de uma coisa…essa funcionária vestiu a carapuça.Pior,os funcionários da saúde tinham que ser melhor treinados e educados.Estão no posto a bastante tempo e acham que os outros ( pacientes) devem ser destratados.Vejo cada coisa, que se contar aqui, parece mentira. Educação e respeito nunca e demais.Fala-se numa palavra linda(Humanização) ,o hospital do cancer usa tão bem…os funcionarios do HC são treinados e trabalham com amor.Cabe ao Pessoal da saude ( postos,pronto socorro,santa casa) se espelharem e mudar a forma de atendimento, respeitando o paciente e tratando melhor!!Humanizar=Elevar à altura do homem: humanizar uma doutrina.
    Tornar mais humano, mais sociável; civilizar.v. t.
    O mesmo que humanar.

  • anonimus

    concordo com Clarice… o pessoal da saúde municipal deveria estagiar no HC para aprender a tratar de pessoas… e de aprender a responder à imprensa tb… quando se responde a um reporter ou a um pseudo blogueiro não se está respondendo somente a ele mas tb a infinidade de leitores que ele possui.

  • Funcionária

    O Vinicius, se vc não sabe funcionários do PS em sua maioria não é func Municipal querido. E a voces que falam mal de funcionários da saúde, não estão em nossa pele para saber oque estamos passando. Qto ao HC, sim la tem um ótimo atendimento pq se não tiver coitados e dispensados na hora, e quem pensa que la é uma maravilha pergunta a quem trabalha ou trabalhou lá, tenho certeza ficarão surpresos. Sabe aquela frase: Por fora bela Viola e por dentro pão bolorento?. Respeitem nós com funcionários e como seres humanos e não generalizem.

    • Anônimo

      Pois é, “funcionária”. Se lá é ruim e eles tratam tão bem os pacientes, por que vocês não fazem o mesmo? Estabilidade é uma tristeza mesmo.
      Não tratam bem as pessoas porque acham que estão fazendo favor de atender o povo. Nunca foram a uma repartição pública para ser tratados com cara-feia. Não precisam, porque tem sempre alguem que tira guia pra vocês. No dia que tiverem que ficar na fila de madrugada eu quero ver. Queria ver se fosse a mãe de vocês que tivesse esperando numa cadeira de rodas. PREGUIÇA MATA

    • Fiel

      Funcionária se vc. não estiver contente no lugar que esta trabalhando pede a conta, deixe pessoas competentes trabalhar no seu lugar, pois a população não é obrigado a conviver com estresse de funcionária.

  • Godoy

    Exatamente como vc disse senhora Funcionária. “QTO AO HC, SIM LA TEM UM ÓTIMO ATENDIMENTO PQ SE NÃO TIVER COITADOS E DISPENSADOS NA HORA”. Quem sabe se não fosse assim com vcs , a coisa seria um pouco diferente não é. Pena que estão todos encostados em concursos públicos e não podem ser “despejados” assim como são os mau educados do Hc não é?

  • Cidadao

    Esse recado é para a “mocinha ofendida”: minha querida, se vcs trabalham com pouca mao de obra o que na minha opiniao é uma vergonha isso é culpa unica e exclusivamente do nosso querido prefeitinho Parini, que inclusive vc deve ter votado nele, ou nao??? A pouco tempo, tivemos um concurso publico para varios cargos na saude inclusive Enfermeira e Tec de Enfermagem e ja que no PS ha um atendimento de mais de 7000 diarios seria mais que necessario haver mais contrataçoes mas infelizmente aos olhos do excelentissimo prefeitinho e do secretario da saude Donisete (que por sinal alem de secretario da saude assumiu o cargo de coordenador dos dentistas… por favor me esclareça Cardosinho, isso é legal perante leis???) nao ha necessidade de mais contrataçoes. Inclusive, eu nao sei se a população ja parou pra pensar que os planos de unir PS e UPA é um absurdo pois sao dois serviços completamentes diferentes regidos por portarias diferentes e o que é curioso é que o municipio recebe verbas para cada tipo de serviço e unificando tudo o que podemos concluir é que fica mais facil haver desvios… certo??? Realmente é uma palhaçada tudo isso!!!

  • Vanessa

    Para conhecimento de todos (se é que alguém ainda não sabe disso), o Supremo Tribunal Federal decidiu que para ser jornalista não é necessário cursar a faculdade de jornalismo.

  • Clarice

    Na boa,não tá contente pede a conta.Nada justifica a falta de respeito e a falta de vontade.Terceirizados ou não ,estão lá por livre arbitrio,ninguem forçou voces a trabalharem na saude.Acho até que a secretaria de saude podia fazer o mesmo que o HC( QUE SEGUNDO RELATA A FUNCIONARIA) obrigam aos funcionários tratarem bem os pacientes,que na sua maioria estão debilitados. Fica a dica: Tudo que fizerdes,faça bem feito…procure ser o melhor no que faz!

  • Anônimo

    que vergonha das pessoas que aqui comentam…

  • Anônimo

    Sou funcionária do PS e claro escolhemos esta profissão por amor, mais não é porque estamos lá para servir devemos ser tratados com falta de respeito porque tem muita gente que acha que pode fazer o que bem entender e as coisas não funcionam assim. Na verdade as pessoas reclamam muitas vezes sem saber querem tirar vantagem em tudo brigam conosco porque dizem que o atendimento está demorando, então verificamos suas fichas e vemos que não faz nem 5 minutos que os mesmos estão esperando…Jales quer tudo as pressas são merecemos passar por humilhação.Engraçado as pessoas vão a outro lugar de atendimento médico por ex: o HB em São José do Rio Preto o atendimento demora e (me perdoem a expressão) e ninguém faz barraco…..

  • Clarice

    Anônimo..
    Ja fui várias vezes ao PS e fui mto bem atendida.Eu até lhe entendo e sou solidária contigo,pois tem muita gente mal educada ,que faz barraco.Não é meu caso,sou uma moça civilizada.Mas não são todos os funcionarios que trabalham por amor,infelizmente!!De qualquer forma vale salientar, que quem escolheu a área da saude,tem que estar preparado para ouvir críticas constrututivas ou não.Os pacientes chegam abalados,com dores e já sem esperança.O melhor de tudo isso é ao final entender que o paciente teve sua contribuição para ficar bem.Você cumpriu seu papel de funcionaria e de ser humano solidario!!

  • População

    Cardozinho esta “funcionária” que criticou seu blog acha que a população é obrigado a ficar de boca fechada aceitar erros de funcionários mal preparados sem competência de trabalhar num orgão público.Os pacientes ja tem suas doenças e não são obrigados a conviver com estresse de funcionária mal educada, se não esta contente no que faz pede para sair,deixe pessoas educadas,civilizadas fazer atendimento ao público.

  • Acho justo o e-mail, talvez melhor esclarecida a reportagem não geraria essa polemica, atoa !

  • FUNCIONARIA

    A vcs que desceram o pau em nós funcionários eu apenas quiz dizer que não “vissem” todos da mesma forma, eu no meu setor procuro tratar muito bem quem me procura, nunca tive problemas com pacientes, penso que alguem podera tratar mal um familiar, então faço oque posso para atender bem. Se Alguns não entedeu minha mensagem, por favor leem melhor e não digam asneiras, concordo que ha colegas que denegrem nossa imagem ai fora, mas não são todos. Ah e tem mais garanto que tem gente ai doidinho(a)para estarem em nosso lugar, quem sabe pra fazerem coisas até piores a essas que estão dizendo. E tem mais PARA QUE NÃO SABE EXISTE UMA FORMA DE DENUNCIAR MAUS TRATOS, PROCUREM A SECRETARIA E PEÇA PRA ABRIR UMA CINDICANCIA. OK.?

  • Clarice

    Você quis dizer :sindicância administrativa né!!
    E isso ai pessoal,se forem destratados em qualquer repartição pública, procurem as respectivas secretarias e formalizem uma reclamação.

  • Saude

    Sabe que não entendo o funcionário publico atende o paciente mal esta sempre de mau humor e quando atende faz um olhar tipo estou fazendo um favor de atender, Caro funcionário publico ninguém te obriga a trabalhar e também estão sendo remunerados de forma boa e tem os vencimentos pagos em dia, E se estão trabalhando de forma precária ou ate mesmo improvisando os culpados são você mesmo de aceita as condições, por tanto será que temos que aceita esta condição: É logico que e tão bom ser bem atendido ser bem recepcionado por outro ser humano no momento tão difícil….. As criticas são apenas um momento nosso de fraqueza que precisamos de atendimento, FUNCIONARIOS PUBLICOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *