GASOLINA SUBIU 10% EM JALES DEPOIS DA GREVE DOS CAMINHONEIROS. COM TEMER, AUMENTO JÁ CHEGA A 33%

A greve dos caminhoneiros, que, em Jales, recebeu o apoio de comerciantes, comerciários e outros atores, não foi lá muito boa para os donos de veículos que abastecem nos postos de combustíveis de nossa cidade.

Antes do movimento grevista, tínhamos a gasolina mais barata do estado. Com a greve, os preços dispararam em Jales e não voltaram mais ao patamar anterior. Hoje, o preço médio da gasolina em Jales só é menor que em 11 das 108 cidades paulistas pesquisadas pela ANP.

Em maio deste ano, antes da greve, o nosso preço médio da gasolina era de R$ 4,030, enquanto na semana passada, segundo a medição da ANP, o valor médio batia em R$ 4,430, um aumento de quarenta centavos/litro (10%) em menos de três meses.

O preço médio mais baixo do estado – que até maio era o de Jales – agora é encontrado em Campinas (R$ 4,017), seguido por Guarulhos (R$ 4,102) e Paulínea (R$ 4,111). Já os valores médios mais altos estão sendo praticados em Botucatu (R$ 4,568), Catanduva (R$ 4,561) e Cubatão (R$ 4,557).

Em janeiro de 2015, quando Dilma iniciou seu segundo mandato sob protestos por conta de aumentos na gasolina, o preço médio em Jales era de R$ 3,201. Quase um ano e meio depois, em maio de 2016, quando ela foi afastada, o preço médio nos postos da cidade estava em R$ 3,320, um aumento de 3,7%.

De lá para cá – ou seja, em dois anos e três meses – com Michel Temer na presidência e Pedro Parente na Petrobras, o preço médio da gasolina em Jales chegou aos atuais R$ 4,430, um aumento de 33,4%. Em outros tempos, um aumento dessa magnitude  seria motivo para os coxinhas locais vestirem-se de amarelo e, armados de panelas, correr à Praça do Jacaré. Nos últimos tempos, as panelas permanecem silentes.

5 comentários

  • Thiago

    Nossa… estamos perdidos, a Dilma tem que voltar urgentemente ao cargo.

    • Desnaturado

      Claro que ela que voltar, e inclusive comprar outra refinaria nos Estados Unidos, pró Cervero encher o bolso de dinheiro, e outros mais, acorda seu desnaturado.

  • carlos roberto do rio

    SEMPRE TEM UM DESNATURADO DE UM COXINHA GOLPISTA FASCISTA PARA BRINCAR COM ASSUNTOS SÉRIOS.
    SENHORA DILMA VOLTARA´ PARA A POLITICA, COMO A SENADORA MAIS VOTADA DE MINAS GERAIS E O AÉCIO NEM PERTO ESTA CHEGANDO, POIS SOMANDO OS VOTOS DOS CANDIDATOS AO SENADO NÃO DÁ OS VOTOS DE DILMA, ENTENDEU DESNATURADO.
    Dilma lidera pesquisa para o Senado Federal em Minas Gerais.
    Nova pesquisa mostra Dilma Rousseff isolada na liderança para o Senado Federal em Minas Gerais. A vantagem da ex-presidente é tão grande que a disputa deve se resumir de fato à segunda vaga, ultima pesquisa feita em 16 de agosto pelo IBOPE E A CNT.

  • Candidura pode não acontecer

    Em apenas 3 horas tiveram 2 pedidos de impugnação da candidata Dilma Rousseff para o senado federal pelo Estado de Minas Gerais.
    Um dos pedidos foram postulados pelo mesmo advogado que pediu o impeachment dela e de Michel Temer.
    Fonte: O TEMPO.

  • Só no Posto Ipiranga!

    Ao contrario de Dilma, Temer dolarizou os preços de combustíveis para recuperar a Petrobras e com a economia em crise, o dólar esta alto. Antes da greve dos caminhoneiros, a Petrobras variava os preços, diariamente mas não conseguia abaixar os preços, nos postos quando abaixava nas refinarias.
    Na é poca da Dilma, ela mandou a Petrobras subsidiar os preços para segurar a inflação e ganhar as eleições. Deu um rombo, na empresa. Juntando com uma grande corrupção na empresa, quase quebrou!
    Em Jales, antes da greve dos caminhoneiros, tinha os preços mais baratos do estado pois o Posto Brasil quebrou o cartel dos postos e abaixou os preços. No fim, todos seguiram os preços dele.
    Com a greve, todos os postos se uniram e subiram os preços. A nossa sorte é que temos álcool sobrando no mercado. Está barato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *