HOJE, NO FÓRUM DE JALES, O JULGAMENTO DOS IRMÃOS ACUSADOS DE MATAR MOTOTAXISTA

Está marcado para as 10:00 horas desta segunda-feira, na sala do júri do Fórum de Jales, o início do julgamento dos dois irmãos acusados de matar o mototaxista Rodrigo César Petinari. O crime aconteceu no dia 1° de junho de 2012, na esquina das ruas Tupinambás e João Borges de Lima, no Jardim Paulista.

Por volta das 05:40 horas, Rodrigo foi apanhar a funcionária de uma farmácia – que ele transportava todos os dias – para levá-la ao centro. A moça ainda estava dentro de casa, quando ouviu os disparos e saiu a tempo de ver Rodrigo vir cambaleando em sua direção.

Ela e duas varredeiras da Ecopav foram as primeiras a socorrer Rodrigo. Consciente, ele ainda pediu para uma das varredeiras apanhar o seu celular, que estava no chão, e fazer uma ligação. Logo em seguida, chegaram dois policiais militares e Rodrigo, ainda consciente, chamou um deles pelo apelido – “Marquinho” – e pediu que ele anotasse os nomes dos atiradores.

Levado à Santa Casa, Rodrigo não resistiu aos ferimentos dos quatro tiros que levou nas costas. Um dos irmãos confessou o crime à polícia e depois, diante do juiz, disse que só havia confessado porque teria sido torturado. Os dois irmãos estão sendo acusados de “crime por motivo fútil, mediante recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

A defesa preliminar pediu a absolvição sumária de um dos réus, alegando que o outro irmão já havia confessado espontaneamente o crime. Em sua confissão, ele disse ter agido sozinho e deu detalhes de sua ação. Mas a acusação garante que a ação foi planejada e praticada pelos dois irmãos.

Segundo o advogado, Rodrigo estava abalado emocionalmente, por conta dos ferimentos, e poderia ter sido induzido a erro, ao apontar os dois irmãos como autores. Alegou, também, que a atitude do atirador teria sido  “motivada por violenta emoção que sofrera com a perda de seu casamento”.  

7 comentários

  • Anônimo

    cardosinho já acabou esse julgamento?
    se sim,foram condenados pelo crime?
    quantos anos eles pegaram?
    se não,amanhã vai prosseguir que horário?

    desde já agradeço informação

  • Prezado Anônimo, o julgamento terminou hoje, por volta das 18:00 horas. Um dos irmãos foi condenado a 18 anos e 8 meses, enquanto o outro foi condenado a 18 anos.

  • Anonimo

    Pau neles kakaka

  • anonimo

    Eles confessaram o crime?quem pegou 18 anos e aí8 meses

  • ALUNO DE DIREITO

    SEM QUERER DESMERECER A DEFESA, QUE NO SEU DIREITO TENTOU ABSOLVER AMBOS OS RÉUS, MAS ESTE CASO JÁ ERA PERDIDO. O RAPAZ ESTAVA LÚCIDO QUANDO OS POLICIAIS CHEGARAM E ELE DESCREVEU CORRETAMENTE OS DOIS IRMÃOS.

    A DEFESA, AO MEU VER, TINHA QUE DESCARACTERIZAR O CRIME QUANTO A UM DOS IRMÃOS, UM DELES ASSUMINDO A CULPA, INCLUSIVE COM A ALEGAÇÃO DE IGNORANCIA DO OUTRO IRMÃO QUANTO AO ANIMUS NECANDI DO ATIRADOR, OU SEJA, ALEGAÇÃO QUE O IRMÃO QUE LEVOU O OUTRO NÃO SABIA QUE O MESMO PORTAVA UMA ARMA E QUE TÃO MENOS IRIA MATAR. COM ISSO, O QUE LEVOU 18 ANOS NAS COSTAS, SAIRIA ANDANDO PELA PORTA DA FRENTE ONTÉM NO FINAL DA AUDIENCIA.

    QUANTO AO IRMÃO QUE ATIROU E PEGOU 18 ANOS E 6 MESES, POR TER ASSUMIDO O CRIME, JÁ TERIA A ATENUANTE PELA CONFISSÃO. IRIA SER CONDENADO, MAS NÃO A 18 ANOS E 6 MESES, TALVEZ PEGARIA 12 OU 14 ANOS, PRINCIPALMENTE POR SER PRIMÁRIO E TER COLABORADO COM A JUSTIÇA, E COMO TERIA CONTRIBUIDO COM A JUSTIÇA PODERIA ATÉ RECORRER EM LIBERDADE, ISSO A CRITÉRIO DA JUIZA.

    RESUMO DA OBRA: O QUE LEVOU 18 ANOS PODERIA SAIR LIVRE, ABSOLVIDO, E O OUTRO QUE LEVOU 18 ANOS E 6 MESES PEGARIA NO MÁXIMO UNS 14 ANOS, CUMPRINDO DOIS QUINTOS DA PENA (EM TORNO DE 5.5 ANOS) JÁ ESTARIA LIVRE NO SEMIABERTO, SEM CONTAR QUE PODERIA RECORRER EM LIBERDADE POR TER COLABORADO COM A JUSTIÇA.

    MASSSSSSS.. COMO DIZIA UM PROMOTOR AMIGO MEU… NEM SEMPRE O TUDO OU NADA É A MELHOR ALTERNATIVA..

  • eu

    o aluno e vc acha justo isso ??
    se estavam em dois os dois tem que pagar
    acho que foi feito justiça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *