HOMEM COM COVID CAUSA TUMULTO EM AGÊNCIA BANCÁRIA DE JALES

A notícia é do Diário da Região:

Um policial aposentado, de 68 anos, causou tumulto em uma agência bancária de Jales, alegando que tinha sido diagnosticado com a covid-19, e exigindo atendimento prioritário. O caso aconteceu na manhã desta sexta-feira, em uma agência bancária localizada na avenida “Francisco Jalles”, no centro da cidade.

Os funcionários do banco foram orientados a acionar a Polícia Militar. De acordo com a PM, um boletim de ocorrências foi registrado. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também foi ao local. A Vigilância Epidemiológica foi igualmente acionada.

Segundo a Vigilância, o homem foi diagnosticado com o coronavírus e o período de isolamento social terminaria nesta sexta-feira, mas em consulta com o médico, o especialista afirmou que ele deveria permanecer em isolamento. No dia 10 de agosto, ele deverá voltar ao médico para nova consulta, quando ficará sabendo se receberá alta ou não.

Funcionários da Vigilância afirmaram que o tumulto na agência durou cerca de duas horas, pois o homem se negava a sair do local. Em um determinado momento, ele aceitou deixar a agência e foi levado pelo SAMU até sua residência. O policial aposentado já teria sido diagnosticado com problemas psiquiátricos.

3 comentários

  • Elias

    Uai, e pq o mesmo não foi preso? Será que é pq se tratava de um PM aposentado? Se acha acima da lei, mais bonito que os demais? Coloca os trabalhadores do banco e a população em risco, descumpre o decreto que lhe obriga a ficar de isolamento domiciliar pelo período recomendado pelo médico e nada acontece? Vigilância de Santa Fé do Sul precisa vir ajudar a de Jales viu. É por isso que os suspeitos e positivos de Jales estão circulando e transmitindo a doença a todos, pq nada acontece.

  • MIKAIL OSBAGOS

    nome e sobrenome por favor

  • Transportador de covid anônimo, é pra não sofrer discriminação , senão dá processo e indenização , a crise tá feia.

Deixe uma resposta para Elias Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *