JALES SOBE MAIS DE 100 POSIÇÕES EM RANKING DE DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL

Jales-praça

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (FIRJAN) divulgou nesta semana o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal – IFDM 2015 – relativo ao ano base de 2013. Criado para acompanhar o desenvolvimento socioeconômico do país, o IFDM avalia as condições de Educação, Saúde, Emprego e Renda de todos os municípios brasileiros.  

E neste último levantamento, que avaliou o primeiro ano do governo Nice (2013), Jales subiu mais de 100 posições no ranking nacional, em relação à medição feita no ano passado, que considerou dados de 2012, último ano do governo Parini.

Em 2014, o IFDM colocou Jales na 284ª posição em nível nacional, enquanto, em 2015, Jales ocupa a 167ª posição. Entre as principais cidades da região, o ranking nacional mostra Rio Preto no 2º lugar, Votuporanga no 7º, Santa Fé do Sul no 74º e Fernandópolis na 182ª posição. Como se vê, apenas Fernandópolis ficou atrás de Jales.

Quando a Firjan avaliou os dados de 2005, primeiro ano do estadista Humberto Parini à frente da Prefeitura, Jales ficou na 469ª posição. Em oito anos, a cidade subiu mais de 300 posições. A melhoria da nossa Educação foi quem mais colaborou para essa evolução. Entre 2005 e 2013, o índice da Educação jalesense subiu – segundo os critérios da Firjan – de 0,9028 para 0,9882, atingindo quase o máximo.

E por falar em máximo, pelo menos duas cidades da nossa região – Santa Salete e Turmalina – alcançaram o maior índice possível (1,0000) no quesito Educação. Já Mesópolis foi destaque negativo: apesar de alcançar um bom desempenho na Educação, o município ficou devendo nos quesitos Saúde e Emprego, o que o colocou entre os 10 piores do estado de São Paulo.

Voltando a falar de Jales, não foi só a Educação que influenciou na melhora do nosso desempenho no IFDM. Os índices relativos à Saúde e à geração de Emprego e Renda também melhoraram razoavelmente, entre 2005 e 2013, segundo a Firjan.

5 comentários

  • KUDO JAPONES

    vamos falar sério, isso aí nao serve pra nada, nao diz nada.

  • Anônimo

    Engraçado, Fernandópolis que tem a faculdade para onde nossos estudantes se deslocam para fazer um curso superior, ficou pior posicionada no quesito educação?

    • EU SOU FEF

      Anônimo sobre a Faculdade de Fernandópolis é ai que vc se engana de Longe, além do Campus ser umas 10 vezes maior que a UniJales, em matéria de avaliação é a que tem maior média inclusive maior que muitas Universidades Federais e Estaduais. num total de 0 à 5 pelo MEC a Faculdades FEF tem conceito 4 nos Cursos e adivinha ta faltando pouco pra atingir média 5. Apesar de ainda não ser Centro Universitário tem artigos dentre outros trabalhos publicados mais do que qualquer outra faculdade da Região… mesmo quase sem recursos pra isso.. PRA QUEM AINDA NÃO ENTENDEU O QUE É A FEF É UMA FACULDADE DE PESQUISA A NÍVEL DE UNIVERSIDADE, MUITO MAIOR QUE UM CENTRO UNIVERSITÁRIO….

  • Desconfiado

    Conversa mole para boi dormir. Dados completamente furados. Jales subiu 100 vezes de 2012 para 2013? Só pode ser piada, ou pior, é mentira. Só trouxa acredita nisso!

  • Só se for no quesito boca de fumo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *