JORNAL DE JALES: ADVOGADO CRITICA DESVIOS DA OPERAÇÃO LAVA JATO E É APLAUDIDO POR 80% DA PLATEIA DE SIMPOSIO

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cuja principal manchete diz que os advogados da ex-tesoureira Érica Carpi estão pedindo a nomeação de um administrador judicial para reabertura das três lojas da família. Eles alegam que, além de manter os cerca de 15 funcionários, a reabertura das lojas servirá como garantia para o ressarcimento do que foi desviado da Prefeitura. Segundo os advogados, o delegado da PF, Cristiano Pádua da Silva, teria sugerido a alternativa da nomeação do administrador, caso a Justiça considerasse viável essa medida. O juiz Adílson Vagner Ballotti aguarda parecer do Ministério Público para atender ou negar o pleito dos defensores de Érica e família.

Outra manchete do JJ destaca que o médico do Incor, Ronaldo Honorato, que esteve em Jales, declarou que a nossa Santa Casa logo terá condições para fazer transplantes. O cirurgião veio à cidade para fazer a captação dos órgãos de um rapaz com morte cerebral constatada e ficou impressionado com o nível de profissionalismo da equipe da Santa Casa. Devidamente autorizada pela família do rapaz – Fábio Catelani, de 25 anos, que sofreu um acidente entre Santa Rita D’Oeste e Santa Albertina – a equipe do Incor levou o coração, os pulmões, os rins e o fígado, para serem transplantados em pessoas que aguardavam por esses órgãos.

A participação da APAE de Jales na “Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla”; a campanha da Prefeitura para acabar com os loteamentos irregulares; a 34ª Romaria Diocesana, que teria reunido 15 mil fiéis no domingo passado; a campanha de conscientização sobre doação de medula óssea, que está sendo feita pela Igreja Batista Vide; as discussões sobre o Plano Diretor do Município, realizadas em audiência pública na segunda-feira, 20; e a Feira da Uva e do Mel, programada para o próximo final de semana, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o antenado jornalista Deonel Rosa Júnior registrou que 80% da plateia presente ao Simpósio sobre Corrupção, realizado em Jales na semana passada, aplaudiu de pé o advogado Guilherme Batocchio, primeiro palestrante do dia. Guilherme atacou duramente o que ele chamou de desvios da Operação Lava Jato, cometidos por procuradores que teriam forçado réus presos a fazer delações premiadas para obter benefícios. Quando se referia ao juiz Sérgio Moro, o advogado não citava o nome do magistrado, referindo-se a ele apenas como “o juiz de Curitiba”.   

8 comentários

  • Os advogados e seu ódio da Lava Jato

    Os advogados acostumaram a tomar dinheiro dos políticos, através de inúmeros recursos que mantinham os políticos soltos até o ultimo recurso que demoravam 10 até 20 anos. Como foi o processo de Maluf, Renam Calheiros e outros.
    Mas, na operação Lava Jato, os presos políticos negociaram com a justiça, através da delação premiada, para denunciarem o “esquema” e os peixes grandes alem de pagarem “uma pequena multa” (risos) para ficarem em casa, a tal prisão domiciliar.
    Embora que o PT criou essa lei da delação talvez para prenderem outros politicos (risos) certamente os politicos do PT foram os mais prejudicados (risos) pela lei.
    Os politicos do PT seriam os mais corruptos! Não. Certamente, eles pegaram uma época que Lula vendeu o seu governo e as estatais para a corrupção

  • Anonimo

    ( Risos ) Domingo bom para imbecis Ler besteiras ( Risos )

  • A inveja mata viu

    A verdade é uma só, qualquer advogado, juiz, gostaria de estar com o status de um SÉRGIO MORO, tantas palestras, tantas entrevistas, inclusive para os mais canais famosos do mundo.
    A inveja mata viu.

  • Jalesense

    Pois é, Simpósio sobre a corrupção e o advogado quem é aplaudido… Plateia devia estar recheada de advogados mesmo. Interessante foi o MPF ter sido menos aplaudido que o adevogadu e mais interessante ainda um Simpósio sobre Corrupção sem ninguém da PF pra falar… Aí ficou fácil pro doutor falar o que a plateia queria ouvir. Outra coisa: Ainda tem alguém imparcial que fale mal da Lava Jato?!?!? Nestes termos… Claro que não..

  • Indignado

    Cardosinho, tem como ver o processo da farra do tesouro na internet?
    Ou só advogado que consegue ver?
    Vc sabe o número do processo?

  • Claudinha

    Não entendi
    O Betto Mariano postou varias reportagens informando que o Ricardo Junqueira era o principal suspeito, que iria preso a qualquer momento, mas o nome dele não aparece como réu!?
    O Betto Mariano mentiu então?
    Publicou aquele monte de coisas apenas para queimar e difamar o rapaz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *