JORNAL DE JALES: ALUNO DA EE “JUVENAL GIRALDELLI” SERÁ JOVEM EMBAIXADOR DO BRASIL NOS EUA, POR TRÊS SEMANAS

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, gentilmente enviada pelo corintianíssimo Brasilino Pires, que deve estar se sentindo roubado pelo árbitro que apitou o jogo de ontem, contra o São Paulo. O principal destaque é o garoto Odir Nunes de Oliveira, aluno da Escola “Juvenal Giraldelli”, que foi escolhido como um dos 50 Jovens Embaixadores do Brasil. Criado em 2002, o programa tem como público-alvo alunos que são considerados exemplos em suas comunidades em termos de liderança, atitude positiva, trabalho voluntário, desempenho na escola e conhecimento da língua inglesa. Odir viajará em janeiro para os EUA, onde ficará durante três semanas.

Destaque, igualmente, para o surgimento do grupo Mulheres de Peito, que, em seu primeiro evento, realizou um chá reunindo 50 mulheres que passaram ou estão passando por tratamento contra o câncer de mama. O grupo mantém uma página no Facebook, onde cada integrante pode interagir e compartilhar experiências com outras pessoas que enfrentam a mesma situação. A matéria destaca, também, o encerramento do “Outubro Rosa”, que levou grande público à Praça “Euphly Jalles” para ver a exposição promovida pelo Hospital de Amor, com 48 fotos de mulheres que passaram por tratamento de câncer de mama.

Os novos brinquedos da Praça “Maria Gabriela”, que estão atraindo crianças de vários pontos da cidade; a instalação do polêmico protetor de vidro na Câmara Municipal, que, segundo o presidente Pintinho, foi uma exigência dos bombeiros; o rasante da deputada Analice Fernandes, que esteve em Jales para anunciar uma emenda parlamentar de R$ 230 mil para o Hospital de Amor; a visita que tenista Fernando Meligeni fez a Jales na terça-feira, 06, para encontro com estudantes; e a segunda “Mostra Cultural Solidária”, realizado no Teatro Municipal, que teve como tema a MPB, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior traz informações sobre as peripécias do deputado federal Fausto Pinato(PP), que, depois de apoiar João Dória(PSDB) no primeiro turno, bandeou-se para as hostes do governador Márcio França no segundo turno. O colunista reproduz nota do Diário da Região sobre um suposto veto de Fausto Pinato à participação do então candidato Geninho Zuliani(DEM) em evento político realizado em Jales e diz que a nota explica porque Geninho não acompanhou o candidato a vice-governador Rodrigo Garcia – seu padrinho político – na visita à nossa cidade, realizada no dia 04 de outubro. Para Deonel, o deputado Pinato pode ter dado um tiro no próprio pé. 

3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *