JORNAL DE JALES: APENAS UM MÉDICO CONCORRE A UMA VAGA DE VEREADOR EM JALES, QUE JÁ TEVE DOIS PREFEITOS E VÁRIOS VEREADORES MÉDICOS

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, que traz, como principal destaque as eleições municipais marcadas para hoje. O jornal ressalta que alguns fatos novos marcam estas eleições que, diferentemente de eleições anteriores não tem coligações entre partidos na disputa para vereadores. Devido à pandemia da covid-19, em cada seção os eleitores deverão manter distância de um metro dos mesários. Com a própria caneta em mãos, o eleitor deve assinar o caderno e depois higienizar-se com álcool em gel. Na saída, deverá limpar as mãos com álcool novamente. Não haverá medição de temperatura nos locais de votação, razão pela qual o uso de máscara é indispensável.

O jornal está destacando, também, que, desde a quinta-feira, 12, as polícias Federal, Militar e Civil iniciaram operação em Jales e região para coibir crimes eleitorais, como a compra de votos, bem como crimes contra a saúde pública. As diligências estão sendo realizadas em razão de várias denúncias que as autoridades receberam relatando aglomeração de pessoas em eventos políticos de final de campanha em diversas cidades. Na primeira noite, a operação conjunta diligenciou nas cidades de Urânia, Santa Salete, Aspásia, Paranapuã, Santa Albertina e Mesópolis. Comerciantes foram orientados sobre decretos estaduais e determinações da Justiça Eleitoral.

A morte do ex-vereador de Jales, ex-prefeito de Naviraí(MS) e deputado estadual pelo Mato Grosso do Sul por nove mandatos, Onevan José de Matos; o lançamento do livro escrito pela professora Tamar Shumisk, da Unijales; o artigo da professora Ayne Regina Salviano, sobre a importância do voto; o artigo do advogado e ambientalista Gustavo Balbino, sobre o canudo plástico e seus efeitos no meio ambiente; a 36ª Romaria Diocesana, programada para o próximo domingo, com carreata e missa; e os locais de votação em Jales, Dirce Reis e Pontalinda, municípios que integram a 152ª Zona Eleitoral, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior destaca que nas eleições deste ano em Jales, temos apenas um médico – Ricardo Gouveia, do Progressistas – concorrendo a uma vaga de vereador. O colunista comenta que, até recentemente, a classe médica era mais participativa nas disputas eleitoras. Deonel lembra que Jales já teve dois médicos – Pedro Nogueira e Edson Freitas de Oliveira – como prefeitos e um outro – Shiguero Kitayama – como vice-prefeito. A Câmara também já teve vários vereadores médicos, como Eduardo Ferraz Ribeiro do Vale, Arnaldo Silveira, Satoru Yamada, Antonio Figueira, Belarmino Batista Neto e Shiguero Kitayama, sendo que os três últimos foram eleitos em um mesmo pleito, o de 1988.

5 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *