JORNAL DE JALES: BOLSONARISTAS DE JALES FORMAM GRUPO DE WHATSAPP PARA DEFENDER O CAPITÃO E MANTER CHAMA ACESA

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cuja principal manchete – como não poderia deixar de ser – trata do coronavírus e do decreto do prefeito Flá, que determinou o fechamento do comércio a partir de amanhã. A matéria ressalta que, se as medidas determinadas pelo prefeito e outros órgãos públicos não forem levadas muito a sério, Jales – que tinha 11 casos suspeitos até ontem – poderá chegar, em 20 dias, a uma situação de extrema gravidade, com cerca da metade da população infectada e a Santa Casa sem condições de atender os doentes. A previsão é da médica Sandra Marcondes Carazzo, do AME de Jales, mas ela ressalva que, se a população ficar em casa, o número de contaminados será bem menor.

O jornal ouviu quatro pessoas da região, que estão morando no exterior, como é o caso do personal trainer jalesense Anderson Nonô, que está morando na França. Ele relatou que o presidente Emanoel Macron usou rede nacional de televisão para anunciar duras medidas, incluindo uma multa de até 135 euros aos habitantes de Paris que saírem às ruas sem uma justificativa convincente. Já a enfermeira Patrícia Pires da Silva, de Urânia, que mora na Itália – atual epicentro da pandemia – aconselha todos a tomarem as medidas necessárias para reduzir a contaminação, evitando cometer os mesmos erros da Itália. O empresário jalesense João Luiz Malagó, radicado nos Estados Unidos há anos, também foi ouvido pelo JJ e falou das consequências que a maior potência do mundo está sofrendo com a doença.

Os discursos inflamados e os pedidos de intervenção militar ouvidos no domingo passado, durante protesto de bolsonaristas na Praça do Jacaré; a reunião do MDB, realizada no sábado, 14 de março, para apresentação dos possíveis candidatos a vereador do partido; as adaptações e as iniciativas da cidade para enfrentar o coronavírus; a campanha de vacinação contra a gripe, que começa amanhã, 23, com prioridade para idosos e trabalhadores da saúde; as restrições da Santa Casa, do Hospital de Amor e da Upa quanto a entrada de acompanhantes; e a suspensão das celebrações religiosas e demais atividades desenvolvidas pela igrejas católicas e evangélicas, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior está informando que a mobilização dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, aqui de Jales, não se esgotou com a manifestação realizada no último domingo, dia 15 de março, na Praça “João Mariano de Freitas”, a Praça do Jacaré. Segundo o colunista, os bolsonaristas locais formaram um grupo de whatsapp chamado de “Leões da Praça”, com o objetivo de manter a chama dos protestos acesa. Ainda de acordo com Deonel, o grupo já tem 153 participantes, que inclui o coordenador dos protestes, Weber Kitayama, dois capitães do Exército e o presidente do Jales Clube, Clóvis Pereira, de 82 anos, que, por seu espírito de liderança, recebeu dos colegas a patente de “general”. 

8 comentários

  • Marco Antonio Poletto

    Psicopatas. Meu Deus.. Se o Brasil não interditar esse psicopata e colocar alguém competente para administrar essa crise, vai morrer mais de 2 milhões de brasileiros. Quem viver, verá.

  • Marco Antonio Poletto

    O psicopata Jair Bolsonaro chamou o governador de São Paulo, João Doria, de “lunático” em entrevista ao canal CNN. O ataque foi feito após o tucano declarar quarentena em todo o Estado à partir de terça-feira: todos os comércios não essenciais devem ficar fechados (incluindo bares e restaurantes). Bolsonaro também reagiu às críticas de Doria de que lhe faltaria liderança neste momento de crise: “Esses governadores, poucos, que me criticam o tempo todo, dizem que não tenho liderança. Digo a esses governadores que as eleições de 2022 estão muito longe ainda para vocês partirem para esse tipo de ataque”. Uma pesquisa do Datafolha divulgada neste domingo aponta apoio de 74% dos entrevistados a medidas restritivas como a quarentena. Os casos da doença no país chegaram a 1.128, com 18 mortos. A expectativa é de que o Brasil possa ter até 12 milhões de infectados, segundo especialistas. A China, epicentro da pandemia do coronavírus, anunciou neste final de semana que voltou a registrar casos de transmissão local da doença, logo após ter divulgado o fim deste tipo de contágio. Acorda Jales. Chega de brincadeiras de arminhas.

  • Envergonhado

    Que vergonha alheia desse grupo de whatsapp.

  • ACORDA

    KKKKKK, PREFIRO SER ” GADO “, QUE É TRATADO EM COCHEIRA, MÁS, QUE UMA HORA SE REVOLTA,
    DO QUE SER “BURRO ” ADESTRADO QUE SÓ COME PÃO COM MORTADELA, E SÓ FAZ AQUILO QUE O ADESTRADOR PEDE.
    ACORDA SEUS TROUXAS.

  • Patriota conservador da depressão

    Imagina o tanto de Fake News deve ser compartilhado neste grupo, a justiça deveria proibir algo assim!!!Questão de saúde pública, segurança nacional estás pessoas deveriam ser monitoradas! Pelo amor todos de quarentena é eles na rua fazendo conversa!Pior e o jornal dando publicidade a isto, muito irresponsável este povo!

  • Grobo

    Quantos milhões de reais o veio da Havan doou para a saúde? Alguém sabe informar???

  • Rapizodia

    Criam um grupo por não suportar a verdade e se escondem atrás da máscara do nacionalismo. Em um grupo fechado, um fala e a galera toda bate palma em coro e vão se iludindo, um pelo outro. Estes não convivem bem com a adversidade e o seu sonho é uma ditadura onde desceriam a borracha ou executariam sumariamente quem discordasse de suas ideias messiânicas. Enquanto tiver pessoas assim, haverá quem lute contra suas indoles tirânicas.

  • só rico fascista e pobre analfabeto votou no bozo

    SERÁ QUE O GADO BOZONARIANO ESTOCOU CAPIM SUFICIENTE PARA A QUARENTENA???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *