JORNAL DE JALES: CANDIDATOS PARAQUEDISTAS LEVARAM QUASE 24 MIL VOTOS DE JALES

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cujo principal destaque é a operação “Nereu” deflagrada pela Polícia Federal na terça-feira, 16, que resultou em duas prisões e cumprimento de 17 mandados de busca e apreensão em Jales e outras cinco cidades da região. A PF vai investigar, agora, até onde vai o envolvimento de várias prefeituras – e de agentes públicos também – nas ações supostamente fraudulentas  praticadas por funcionários do DAEE. A PF quer saber se houve falha ou envolvimento no desvio de recursos repassados pelo Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro).

Destaque, igualmente, para as discussões em torno do novo Plano Diretor do município que está na Câmara para votação. Segundo o jornal, a pressão de setores da comunidade para que fossem feitas algumas mudanças no projeto resultou no compromisso de atendimento de parte dessas reivindicações. Em audiência pública realizada na segunda-feira, 15, o secretário de Planejamento, Niltinho Suetugo, disse que não vê problema em atende-los. Um desses pedidos diz respeito ao imposto progressivo para quem demorar para construir suas casas nos novos loteamentos.

A homenagem que a Santa Casa fez a alguns de seus mais antigos integrantes do corpo clínico; a festa da ACIJ para as crianças, que movimentou o centro da cidade na semana passada; o trabalho realizado pelos fiscais do CREA-SP nos 21 municípios que integram a Inspetoria de Jales; o 3º Encontro de Carros Antigos realizado no final de semana passado; as reminiscências do professor Marçal Rogério Rizzo; e os cuidados da Prefeitura com os dois cemitérios municipais, com vistas ao Dia de Finados, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior comenta os votos dados pelos eleitores jalesenses a candidatos paraquedistas. Segundo as contas do colunista, apesar de Jales contar com dois candidatos locais a deputado estadual – Luiz Henrique Moreira e Delegado Sakashita – e pelo menos outros dois com atuação permanente por aqui – Analice Fernandes e Itamar Borges – o eleitorado jalesense votou em 416 paraquedistas, que levaram 6.105 votos. Na votação para deputado federal, a coisa foi pior ainda: 510 “forasteiros” foram lembrados pelos eleitores locais e levaram daqui 17.758 votos.

7 comentários

  • Observador

    Fora isso os chefes do executivo e vereadores trabalharam para gente de fora.
    Cadê a união por Jales????

    • Gardenal

      Virou fumaça no dia 01/ 01/ 2017 quando tomou posse.
      Flá reunião todas lideranças da cidade para assim conseguir ser prefeito, caso contrário teria sido vice novamente, perdendo para qualquer outro candidato que viesse disputar eleição

    • CAANDIDATOS VEMOS, APOIOS NAO SABEMOS

      ACORDA POVO DE JALES

      LH QUER MESMO É SER PREFEITO

      ENSAIOU SUA CANDIDATURA EM 2020 COM ESSE FAKE NEWS DE DEPUTADO

      NÃO PERCEBERAM QUE AS CRÍTICAS AO ATUAL PREFEITO FLA POR “NÃO APOIAR” JÁ É UM COMEÇO DA RIVALIDADE?

      ESSE RAPAZ MOSTROU A QUE VEIO. NAO VAMOS O ELEGER PREFEITO. QUE COMECE DEBAIXO.

      E OUTRA, O FLA ESTAVA NEUTRO NESSA CAMPANHA PARA ESTADUAL, TENDO EM VISTA QUE OS CANDIDATOS QUE AQUI PEDIRAM VOTOS SEMPRE AJUDAM JALES E A ELEIÇÃO DESSE MOÇO SEMPRE FOI DUVIDOSA. SE ELE APOIA O LH DIRETAMENTE, JALES TERIA TOMADO NA BUNDA. ANALICE ITAMAR E CARLAO NEM QUERIAM MAIS SABER DE JALES. FLA TEM VISÃO E SABE DO QUE FAZ.

      LUÍS HENRIQUE TENHA MAIS HUMILDADE POR FAVOR, ESTÁ COMEÇANDO A SE QUEIMAR, SEM FALAR QUE COMEÇOU PEDINDO VOTOS PRO PT ATRAVÉS DO FRANÇA PRA GOVERNADOR, ECA!!!

  • Vizinho do aeroporto

    Povinho ade JALES tem que parar com essa questão de Forasteiros.
    A votação é Estadual portanto do mesmo jeito que outros foram votados em JALES os candidatos locais também foram votados em outros municípios.
    Enquanto continuarem com essa mente pequena JALES continuará a mesma, daqui a pouco a pobre STA FE passará JALES.
    Afinal se todos jalesenses votar em um único candidato o mesmo terá em torno de 30.000 votos que não elege ninguém!

    • elias

      Penso como vc amigo, a eleição é a nível estadual e federal, eu votar em alguém dito de Jales, não quer dizer que fará ou não algo pela nossa cidade, sem falar que é egoismo puro querer que deputados só trabalhem por um único município. Eu escolho meus candidatos por quem são e não de onde são ou onde estão.
      Quanto ao LH, não votei e não voto mesmo. Seja para prefeito, vereador ou conselho de bairro.

  • Deus nos livre e guarde

    Luís Henrique pedindo voto pro Márcio França e o fim da picada!!!

    Não voto nele em 2020

  • Caparroz

    E tem vereador aqui? Só se for vereador “marina” só aparece na campanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *