JORNAL DE JALES: DESINFORMAÇÃO, CONFUSÃO E AGLOMERAÇÃO NA FILA DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, que está destacando a fila de pessoas que estão acorrendo à Caixa Econômica Federal de para receber o auxílio emergencial de R$ 600,00 aprovado pelo Congresso Nacional. Segundo a matéria, houve muita desinformação e confusão na manhã de quinta-feira,30, na frente da CEF de Jales, enquanto centenas de pessoas aguardavam a abertura da agência para retirar a ajuda. A fila, que começou a se formar no final da noite anterior chegou a ocupar dois quarteirões, com pessoas se aglomerando, a maioria sem máscaras e sem manter o distanciamento recomendado para evitar a contaminação pelo coronavírus.

O jornal está destacando, também, o decreto baixado pelo prefeito Flá Prandi, que estabelece a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção nos prédios públicos, estabelecimentos comerciais, indústrias, bancos e empresas prestadoras de serviços autorizadas a funcionar pelo governo estadual. O jornal lembra que esses estabelecimentos também estão obrigados a disponibilizar álcool em gel 70% e fornecer sabonete líquido para seus funcionários ou colaboradores, para lavagem constante das mãos, além de outros equipamentos de proteção individual. O decreto traz, ainda, recomendações específicas para salões de beleza e avisa que os infratores poderão ser multados em até R$ 5 mil.

As recomendações de uma especialista sobre o uso de máscaras de proteção; a volta ao trabalho dos vereadores de Jales, que realizaram sessão ordinária na segunda-feira, 27; a opinião de duas sindicalistas – Maria Ramires e Marta Alves de Carvalho – sobre o primeiro de maio deste ano; a tecnóloga em agronegócio formada pela Fatec Jales, que conquistou o título de Doutora em Administração; a licitação para elaboração do projeto de recuperação do viaduto “Antônio Amaro”, que está sendo disputada por duas empresas especializadas; o aumento da violência doméstica durante a quarentena; e a aprovação do projeto que organiza o Conselho Municipal de Saúde de Jales, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior destaca a repercussão da matéria sobre o mapeamento da covid-19, de autoria do professor Eduardo Britto, que trouxe um alerta para os jalesenses. O colunista está informando, também, que a elaboração do decreto que estabeleceu o uso obrigatório de máscaras em Jales exigiu muitos cuidados. Segundo Deonel, o prefeito Flá Prandi recomendou aos procuradores jurídicos do município que redigissem o documento sem utilizar palavras que pudessem passar a impressão de autoritarismo. O prefeito teria repetido várias vezes aos seus assessores que o caminho correto era o do convencimento e não o da faca no peito.

12 comentários

  • Borracha 2020

    Cruz credo parece a administração do prefeke Fra: DESINFORMAÇÃO, CONFUSÃO E AGLOMERAÇÃO DE INCOMPETENTES! Borracha neles!

    • Risos

      Não sei aonde você vê isso. Me diga quem dos secretários são incompetentes? Me diga quantas vezes você viu o secretariado ser alterado? Você deve estar confundindo com o secretariado da Nice ou o ministério do BOZO. Ah, e é só você comparar a turma que pede votos pro borracha que tudo o que citou em seu comentário contraditório vai fazer efeito HAHAHAHAHAHAHA
      #JALESÉUMACOISA
      #BURITAMAÉOUTRA
      #FLÁ2020

    • MACETÃO DO BOSQUE

      ESTÁ PREVENDO O FUTURO CASO O RAPAZ DE BURITAMA CHEGUE A PREFEITURA? KKKKKKKKK

      A DONA NICE ESTÁ FAZENDO ESCOLA LÁ DE SANTOS, ONDE ATUALMENTE MORA!!!

      L.H. NEM PENSAR, FLÁ DE NOVO PRA JALES NÃO PARAR!

  • Cláudia Farinelli

    Dizer que a administração do Flá é formada por gente incompetente é muita sacanagem. Jales parece ter saudade dos tempos da Nice, onde a cada semana era um secretário diferente. Só teve alteração na Agricultura, porquê o saudoso Hilário Pupim faleceu, caso contrário, a gestão Flá seguiria sem NENHUMA MUDANÇA de secretário!

  • Josias Pereira

    BORRACHA, deixa de ser fanático, todo fanático não consegue ver a ralidade, só
    vê o que lhe interessa.

    Quer defender seu candidato, é um direito seu, mas falar tanto borracha como vc faz é coisa de
    gente cega.

    Pensa um pouquinho antes de falar e escrever.

  • Fracassado

    O choro e livre, em janeiro de 2021 acaba a mamata,quero ver quem vai defender o Fra depois que os quase 10 mil por mês!

  • Nota Zero

    Tirando as notas confusas e as erratas da assessoria de Imprensa, realmente não temos muita confusão.

  • Tapume de Zinco

    Vamos relembrar a frase do delegado da Polícia Federal disse sobre a administração do prefeike Frá:
    “BASTANTE BAGUNÇADA!”.
    Vamos relembrar o que disse a Sindicância que o prefeike Frá engavetou:
    “Não tinha nenhum controle dos superiores e isso facilitou os desvios da tesoureira”.
    Sim! É uma administração confusa,sem comando e bagunçada. Não sou apenas eu que digo.

  • Borracha 2020

    Em vez de mandar os seu apaniguados ficarem fazendo confusão em rede social,o prefeike Frá deveria parar de terceirizar tudo. Pra que tanto comissionado naquela prefeitura se terceiriza tudo?

  • Porteiro de Motel

    Uma administração que gasta UM MILHÃO E MEIO na reforma da praça Euphly Jalles e ALUGA ônibus para e transporte de pacientes por R$707 MIL não pode ser considerada um primor de administração.

  • Eu

    Só falta oito meses para acabar esta “administração”se fosse mais tempo poderia tercerisa-lá também!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *