JORNAL DE JALES: ENTRINCHEIRADO, PRESIDENTE AFASTADO DO PP DE JALES PREPARA CONTRA-ATAQUE

capa JJ 24.07.16Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, que está destacando a instalação, em Jales, do Centro Judiciário de Solução de Conflitos – CEJUSC. Segundo o jornal, o CEJUSC chegou “não só para aliviar o trabalho do Fórum, mas principalmente para agilizar as soluções com a participação direta dos envolvidos”. O desembargador Carlos Alberto Violante, que representou a presidência do TJ-SP, lembrou que a conciliação sempre existiu na Justiça, mas agora passa a contar com muito mais estrutura e pessoal qualificado para mediar conflitos.

Destaque de capa também para o inquérito que está sendo instaurado pelo Ministério Público Federal, através do procurador da República José Rubens Plates, para apurar as razões pelas quais a unidade de Jales do Hospital de Câncer ainda não foi credenciada pelo SUS. No mesmo procedimento, o procurador vai investigar por que a Santa Casa de Jales ainda não conseguiu sua reclassificação junto à Secretaria Estadual de Saúde. A abertura do inquérito foi baseada na chamada “Carta de Jales”.

A “Quermesse do Povo Bão“, que rendeu mais de R$ 25 mil para as duas entidades beneficiadas pelo evento; os acidentes com motos que representam 77% das ocorrências do gênero no trânsito de Jales; o caso de um cortador de cana que matou um colega por conta de uma dívida de R$ 10,00, em Pontalinda; e o caso do idoso Mário Justino, que está desaparecido há mais de 15 dias, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior conta que o ex-vice-prefeito Clóvis Viola ficou “louco dentro das calças” quando ficou sabendo que Callado havia escolhido Bexiga para ser seu companheiro de chapa. Deonel conta, também, que o ex-presidente do PP local, Luiz Henrique Moreira, substituído por uma comissão interventora, não é de engolir sapos e deve estar preparando alguma surpresa para os rebelados que lhe tomaram a cadeira presidencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *