JORNAL DE JALES: JALESENSES RECLAMAM DA FALTA DE VAGAS PARA ESTACIONAR E PEDEM A VOLTA DA ZONA AZUL

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo que está destacando a responsabilidade social dos sócios da Indústria de Biscoitos Keleck, que, preocupados com as dificuldades vividas pelas instituições filantrópicas da cidade, fizeram uma doação em dinheiro a cinco entidades locais. De acordo com o jornal, a decisão de fazer a doação foi tomada em reunião dos sócios da empresa no final do mês passado e a entrega dos cheques aconteceu na tarde de quarta-feira, 03 de junho. Ao todo, a diretoria da Keleck – formada pelos sócios Toshiro Sakashita, Valdemar Cândido da Silva, Jorge Yamada e Betão Rollemberg – repassou R$ 50 mil, divididos entre a Santa Casa (R$ 25 mil), Hospital de Amor (R$ 10 mil), Apae, Lar Transitório e Lar dos Velhinhos (R$ 5 mil, cada).

Destaque, igualmente, para os esforços que os professores da Unijales estão fazendo para suprir as necessidades dos alunos que ficaram sem aulas presenciais nestes tempos de pandemia. A matéria diz que o trabalho em home office tem sido um grande desafio para os professores em geral e dos docentes da universidade. A diretora de graduação da Unijales, Rosângela Bigulin, afirmou que os professores fizeram adaptações em cômodos de suas casas – transformados em salas de aula – e se impuseram “um desafio permanente de criatividade, disciplina e agilidade”. 

O alerta de delegada Fernanda Lima, ressaltando que a disseminação de fake news é crime; a reabertura do Núcleo Central de Saúde (Postão), prevista para essa segunda-feira, 08; o plantio de árvores realizado no Bosque Municipal para comemorar o Dia do Meio Ambiente; os últimos detalhes providenciados pela diretoria da Apae com vistas à realização da “1ª Pizza Solidária”; a aquisição de novos equipamentos pela Santa Casa, com recursos repassados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA); e os elogios ao kit merenda entregue aos alunos da rede municipal de ensino, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior comenta as cada vez mais frequentes e numerosas reclamações – via redes sociais – contra a falta de vagas para estacionar no centro de Jales, o que está levando muita gente a pedir a volta da Zona Azul, cujo funcionamento foi suspenso temporariamente por conta do coronavírus. Alguns internautas acusam os comerciantes e comerciários de estacionar seus carros nas vagas que deveriam ficar disponíveis para os clientes, uma crítica recorrente que tinha desaparecido desde que a Jales Park assumiu a administração da Zona Azul em Jales.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *