JORNAL DE JALES: JURISTA DIZ QUE ‘REPRESSÃO, EDUCAÇÃO E VOTO CONSCIENTE’ SÃO OS REMÉDIOS PARA ACABAR COM A CORRUPÇÃO

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cujo principal destaque é o jurista Luiz Flávio Gomes, que esteve em Jales para uma palestra e foi entrevistado pelo jornal. O jurista – que pretende ser candidato a deputado federal em 2018 – criticou os políticos e a corrupção. Para ele, “todos os grandes caciques dos partidos estão podres, são todos ladrões“, exceto o paranaense Álvaro Dias, que, por sinal, é o cacique da tribo à qual LFG pretende se filiar. Ao jornal, LFG disse que “Lula fala muita besteira, como Aécio também fala muita besteira e Temer mente muito”. A receita para acabar com a corrupção, segundo o jurista, é “repressão, educação do povo e uma população consciente do voto“.

Destaque, igualmente, para o caso do estudante de Pontalinda que agrediu, pelas costas, um inspetor de alunos. O inspetor sofreu um ferimento e teve que receber atendimento médico, além de passar por exame de corpo de delito. Segundo a Polícia Civil – onde o inspetor registrou um B.O. – todos os envolvidos serão ouvidos para que o caso seja encaminhado ao Ministério Público. De seu lado, a dirigente regional de Ensino, Marlene Jacomassi, disse ao jornal que além de chamar a mãe do aluno, a escola acionou o Conselho Tutelar e convocou uma reunião do Conselho de Escola.

A condenação da Elektro pelo Juizado Especial Cível e Criminal em nove ações de danos morais por falta de iluminação pública; a opinião favorável do corretor de imóveis (e escriba) Osmar Gabriel a respeito do projeto de georreferenciamento realizado pela Prefeitura; a esdrúxula posição (439º lugar) de Jales na classificação do programa “Município VerdeAzul”; as chuvas de dezembro na região  e o leilão realizado no domingo passado, com renda em prol do Hospital de Câncer, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o enfastiado jornalista Deonel Rosa Júnior destacou a visita que o jurista Luiz Flávio Gomes fez à Central de Polícia Judiciária de Jales, onde ele foi hipotecar solidariedade à Polícia Civil. Na opinião do jurista, os governos estaduais estão sucateando as polícias investigativas, impossibilitando-as de combater o crime como deveria. Com relação ao Estado de São Paulo, LFG afirmou que “o governo dos tucanos acabou com a Polícia Civil; ela investiga pouco porque não tem recursos e nem sequer aumentos salariais o governo tem dado aos policiais“.     

13 comentários

  • STF EM RECESSO

    Porque marcaram o julgamento de Lula para o dia 24 de Janeiro ? , algum petista mais informado arrisca uma resposta ?
    Uma dica, à partir exatamente do dia 24, o Supremo Tribunal Federal entra em recesso, ou seja se o Lula for condenado, é direto pra cadeia, sem direito à recorrer, não terá juiz para julgar tal apelação.

  • O JURISTA LUIZ FLÁVIO GOMES só esqueceu de dizer que o homem forte do seu partido Alvaro Dias, também é investigado na Lava Jato. Nos anexos sobre a CPI da Petrobras, Corrêa o delator disse que soube na época que a construtora Queiroz Galvão estava encarregada de pagar propina para impedir o avanço das investigações. Ele afirmou ter procurado o então presidente da empreiteira, Ildefonso Colares Filho, para conseguir recursos para que os parlamentares do Partido Progressista (PP) e do ( PV ) inclusive Alvaro Dias, pudessem “aliviar as investigações”.
    Segundo Corrêa, Colares disse a ele que já havia pago R$ 9 milhões ao então senador Francisco Dornelles, presidente nacional do PP na época, e outros R$ 10 milhões ao PSDB, através do então senador Sérgio Guerra, que já morreu. Dornelles atualmente é governador em exercício do Rio de Janeiro.
    OPERAÇÃO LAVA JATO.

    “”O delator disse que Sérgio Guerra confirmou ter recebido os R$ 10 milhões e contou a ele que dividiu o valor entre os integrantes da CPI “sobretudo com o senador Álvaro Dias” – que era do PSDB e hoje está no PV –, mas não estava na CPI.””
    Alvaro Dias é um santinho.
    OUTRO FATO QUE O JUIZ ESCONDEU: foi que Folhas de pagamento entregues este mês ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por tribunais de todo o país mostram que, ao menos nas cortes estaduais, receber remunerações superiores ao teto constitucional é regra, não exceção. Levantamento do Núcleo de Dados do GLOBO, com base nas informações salariais divulgadas pela primeira vez pelo CNJ, aponta que, nos últimos meses, 71,4% dos magistrados dos Tribunais de Justiça (TJs) dos 26 estados e do Distrito Federal somaram rendimentos superiores aos R$ 33.763 pagos aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) — valor estabelecido como máximo pela Constituição.
    Dos mais de 16 mil juízes e desembargadores dos TJs, 11,6 mil ultrapassaram o teto. A remuneração média desse grupo de magistrados foi de R$ 42,5 mil. Nessa conta, auxílios, gratificações e pagamentos retroativos têm peso significativo e chegam a representar um terço do rendimento mensal — cálculo que só pôde ser feito a partir da exigência do CNJ de receber as folhas completas num único padrão. No levantamento, O GLOBO desconsiderou os benefícios a que todos os servidores dos Três Poderes têm direito: férias, abono permanência e 13º salário. Em alguns estados, foi usada como referência a folha de novembro; em outros, a de outubro ou setembro, dependendo da que foi divulgada
    Isso pode Senhor Juiz ou deve fazer parte da educação dos magistrados?

    Isso pode Senhor Juiz

  • Mais um PILANTRA chegando.

    Há tem até o dia 6 de abril para se filiar à um partido político.
    Kkkk, mais um pilantra entrando para a política, e o Jornal de Jales, através de seu proprietário dando espaço para mais um ladrão.
    Esses pilantras fazem o que fazem porque os órgãos de imprensa também são coniventes.
    Se fosse gente “boa” não estaria entrando para a política.

  • Santos

    Então pelo seu nobre entendimento, ninguém presta… Então …

  • Mais um PILANTRA chegando.

    Amigo, quando pré candidatos, todos são honestissimos perante aos eleitores, após eleitos, às vezes até tentam serem honesto, más a pressão é grande e os interesses também muitos, envolvendo milhões, ai ele se corrompe, INFELIZMENTE é assim.

  • Antonio Carlos Pinto

    Tem pessoas que acusam outras de ladrão, pilantra, etc e tal, baseadas em suas próprias práticas diárias.

  • Os políticos e o nível do povo

    Realmente, com tantas denuncias de corrupção da politica brasileira estão levando os brasileiros a acharem que todo politico é ladrão. Todo mundo rouba! Não é assim.
    Porem precisamos saber que, no passado, o politico pedir dinheiro era comum tanto quanto o fato do empresario “doar” dinheiro para os políticos. O crime estava nos privilégios que o politico vendia ao empresario.
    O fato que o jurista quer entrar no partido, onde temos Alvaro Dias, não podemos chama-lo de “pilantra” ou corrupto. Se pensar assim, não se poderia entrar em partido algum.
    Quando ele diz : “Lula fala muita besteira, como Aécio também fala muita besteira e Temer mente muito” certamente os políticos estão no nível da cultura brasileira
    Nível baixo, muito baixo!
    Os políticos falam o que o povo quer ouvir.

  • Mais um PILANTRA chegando.

    Há entendi, este senhor veio à Jales dar uma palestra…..
    Irá se filiar à um partido político por status……
    Não tem pretensão nenhuma em política……..
    Caso tenha, se eleito for, com certeza irá se lembrar de Jales, diga se Palestra, como o Staff da Dilma e o PMDB quando um “Jalesense” radicado em alguma parte do mundo, amigo do senhor Deonel (JJ), organizou um encontro do senhor Clovis Pereira para termos em nossa cidade um Univerdidade…….
    Acho que as obras já estão no seu término.
    Gente, acorda, todos os “políticos” são da mesma estirpe.

  • EL PAÍS

    Dilma blefa sobre sua possível candidatura ao Senado pelo Piauí. A petista é Ficha Suja.

    Um boato que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) cogita se candidatar ao Senado em 2018 começou a circular neste final de semana na internet.
    Segundo a informação atribuída ao jornalista Josias de Souza, do UOL, a petista ainda estaria se definindo por qual Estado poderia concorrer. Dilma nasceu em Minas Gerais, mora no Rio Grande do Sul e avalia se candidatar pelo Piauí.
    A verdade dos fatos é que a ex-presidente Dilma Rousseff vem sendo tratada nos bastidores da política nacional como um defunto politico. A situação não é diferente entre seus colegas de partido. Embora os boatos de que a petista teria sido “convidada” a concorrer a slgum cargo político nas eleições de 2018 não sejam novidade, a indicação é de que tais especulações não passam de conversa fiada.
    O fato é que a candidatura da petista não passa de mais um folclore alimentado pelos jornalistas de aluguel a serviço do PT.
    Dilma raramente tem sido vista ao lado de lideranças do partido e é eventualmente convidada por Lula para aparições relâmpago em seus comícios da malfadada caravana pelo Brasil. Não precisa ser um especialista que Dilma é um defunto politico.
    Dilma é ficha suja e se tornou virtualmente inelegível após ter sido condenada no impeachment pelo Tribunal de Contas da União e pelo Senado Federal.
    O jornalista Cláudio Humberto, do Diário do Poder, lembrou que
    “NÃO HÁ ESCAPATÓRIA PARA A LEI DA FICHA LIMPA”.
    A Lei da Ficha Limpa barra candidaturas de condenados por ” órgãos colegiados “como tribunais (a segunda instância da Justiça).
    Como se não bastasse, Dilma já foi denunciada ao STF como integrante da organização criminosa comandada pelo ex-presidente Lula, que também figura na mesma denúncia criminal ao lado dos ex-ministros Antonio Palocci, Guido Mantega, Paulo Bernardo, Edinho Silva e Gleisi Hoffmann, senadora e atual presidente do PT, e o petista João Vaccari Neto. A recomendação é a de que os denunciados percam seus bens até o valor de R$ 6,5 bilhões, a titulo de ressarcimento à Petrobras.

  • Fodameu

    Mas em Jales eles trocam de Macetão de 4 em 4 anos..fica difícil pegar a coisa…

  • AOS COXINHAS DE SÃO PAULO~~~´~~~~Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/12/1944386-odebrecht-confessa-cartel-durante-governos-tucanos.shtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Folha estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Folhapress ([email protected]). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Folha faz na qualidade de seu jornalismo. Se precisa copiar trecho de texto da Folha para uso privado, por favor logue-se como assinante ou cadastrado.

  • EL PAÍS¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨ÄOS COXINHAS DE SÃO PAULO—Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/12/1944386-odebrecht-confessa-cartel-durante-governos-tucanos.shtml ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Folha estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Folhapress ([email protected]). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Folha faz na qualidade de seu jornalismo. Se precisa copiar trecho de texto da Folha para uso privado, por favor logue-se como assinante ou cadastrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *