JORNAL DE JALES: SANTA FÉ DO SUL GANHA R$ 5,5 MILHÕES COM CARNAVAL

DSC00543O carnaval de Santa Fé do Sul, sabe-se, é um dos mais movimentados da região e atrai turistas de todas as partes do país. E é, também,  um dos principais assuntos do Jornal de Jales deste domingo. Segundo o periódico, a chamada “festa pagã” deverá injetar cerca de R$ 5,5 milhões na economia da nossa vizinha.

Outro assunto destacado pelo JJ é o questionamento que alguns vereadores estão fazendo à prefeita Nice Mistilides, à respeito da não adesão de Jales ao programa Mais Médicos. De acordo com os vereadores, nossas vizinhas Santa Fé do Sul, Fernandópolis e Votuporanga já teriam sido beneficiadas pelo programa.

A “negociação” salarial entre os servidores municipais e a prefeita Nice também mereceu manchete no Jornal de Jales. O jornal destacou que os servidores estão indignados com a contraproposta da prefeita e com uma frase dita por ela sobre índios e caciques.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior está informando que a Unimed de Jales, dona do terreno da Facip, está exigindo um aditivo ao contrato assinado entre a BX Eventos e a Prefeitura, onde fique claro que a cooperativa de médicos não terá nenhuma responsabilidade por eventuais acidentes no local, durante a Feira. Prudência e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.

8 comentários

  • julio

    Municípios igual a Jales , Pontalinda e outros não pediram médicos , porque a saúde nestes municípios estão ótimos e também por ter uma casta de pessoas somente das classes A e B que recorrem a a medicina Privada.
    Nao existe pobres e portanto não dependem da saúde publica e do mais médicos.

  • Anônimo

    Isso são prefeitos que dormem em serviço. Ou só viajam.

  • somos contra os politicos

    Esse numero de 5,5 milhoes e’ uma previsao de prefeito, nao vale nada.
    Dizem que a Nice aumentou as despesas de salario em 20% e agora nao pode dar aumento porque fere a lei de responsabilidade fiscal.
    Portanto agora vai ter que reduzir a despesa salarial atraves de demissoes, anulaçao de portarias, etc….Seu la’.
    Graças a Deus que existe essa lei porque cada prefeito que entra aumenta as despesas. Chega

  • somos contra os politicos

    Sera’ que o SUS precisa da + medicos em Jales, pois vc vai no SUS, parece um cemiteria : vazio.
    VC vai no AME : lotado de gente.
    Concluimos que ninguem quer o atendimento do SUS. Que vergonha.
    Tinha que mandar esses medico para o AME

  • anonimo

    O problema de não terem aderido ao mais médicos. Colocaram a raposa para tomar conta do galinheiro.
    Vocês acham que o Dr. Emerson tem interesse nisso?

  • anonimo

    Caro somos contra os políticos o AME também é SUS, tudo lá também é pago por nós, e bem caro.

    • somos contra os politicos

      Anonimo, o SUS e’ um orgao federal e atende perto do estadio e faz seus exames na santa casa.
      O AME e’ um orgao estadual administrado pela santa casa de Votuporanga, atende na rua 7 e faz seus exames la’ mesmo.
      O AME encaminha poucas cirurgias para o SUS fazer.
      Nao acho que se tivessemos + medicos no SUS, o atendimento melhoraria porque o atendimento do AME e’ muito bom.

  • jilo

    EM Pontalinda o Vereador, Deneval Amaro tenta em vao como unico opositor ao prefeito questionar sobre o mais medicos mas nao consegue.Esta sozinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *