JORNAL DE JALES: SEM GANHAR NADA, MARTINI TRABALHA ATÉ AOS DOMINGOS NA FISCALIZAÇÃO DO ATENDIMENTO AOS USUÁRIOS DA SAÚDE

Eis a capa da edição deste domingo do Jornal de Jales que, por sinal, é a última do ano e traz um caderno especial com a Retrospectiva 2019. A principal manchete destaca a mudança no formato das varas  da Justiça da comarca de Jales, que passam a ser especializadas. A 1ª e a 2ª Varas passam a se chamar Varas Criminais e julgarão ações penais, enquanto a 3ª, 4ª e 5ª tornam-se Cíveis, onde tramitarão as ações cíveis e fiscais. As ações de menor potencial ofensivo, cujo valor não ultrapassem 40 salários mínimos, continuarão tramitando na Vara Especial Cível e Criminal. Segundo o jornal, estima-se que em cada Vara da Comarca tramitam, atualmente, cerca de 3.500 processos.

Destaque, igualmente, para os convênios que o prefeito Flá Prandi(DEM) assinou durante a semana, em São Paulo. O jornal diz que em 2020 a cidade deverá receber mais de R$ 2 milhões para investimentos em recapeamento de várias ruas e para a reforma do Terminal Rodoviário. O prefeito informou que parte dos recursos para recape virá de emenda parlamentar (R$ 1 milhão) do deputado federal Geninho Zuliani(DEM) e a outra parte (R$ 800 mil)) virá do governo estadual. Já os R$ 277 mil que serão investidos na repaginação do Terminal Rodoviário também virão do governo estadual, através de convênio com a Secretaria de Turismo.

A inauguração da Farm Popular, do empresário Claudenir Sério Franhan, bem no centro da cidade; a autorização para que a EE “Dom Artur Horsthuis” passe a funcionar em tempo integral a partir de 2020; os eventos da comemoração antecipada dos 60 anos da Diocese de Jales; as expectativas do comércio jalesense, que funcionou em horário especial durante a semana e permanecerá aberto no período noturno até amanhã, 23; a avaliação do MEC que, mais uma vez, colocou a Fatec Jales entre as melhores faculdades públicas do país; e a possível implantação de ecopontos como solução para o depósito e a coleta de entulhos em Jales, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior destaca o trabalho voluntário do presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Célio Martini. Escolhido por seus pares, Martini abraçou a causa e, sem ganhar absolutamente nada, vem sendo um dedicado meio-campo entre a administração e os usuários das unidades de saúde e da UPA de Jales. Deonel ressalta que, segundo amigos, não é raro ver Martini dando expediente em plena tarde de domingo na UPA para checar se o atendimento está sendo bem feito. O colunista lembra que Martini tomou gosto pelas coisas da saúde a partir do conhecimento que adquiriu com os médicos cubanos que atuaram no “Mais Médicos”, aqui na nossa região.

4 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *