MÉDICOS DAS UNIDADES DO ESF DE JALES NÃO TERIAM SIDO AVISADOS SOBRE LICITAÇÃO

A CEI do Lixo, que investiga malfeitos no contrato com a empresa Proposta Ambiental Ltda, convidou a prefeita Nice Mistilides para dar seu depoimento hoje, às 14:00 horas.

Tratava-se do segundo convite, mas, com certeza, a prefeita não compareceu. Naquele mesmo horário, ela tinha, segundo informações, um encontro com os médicos que trabalham nas unidades do ESF de Jales.

Os médicos agendaram uma audiência com Nice para reclamar de uma licitação aberta pela Prefeitura na semana passada. A licitação visa à contratação de serviços médicos para o programa Saúde da Família de Jales.

Ocorre que, de acordo com a versão que corre, os médicos que trabalham nas unidades não foram avisados. Eles só tomaram conhecimento do certame ontem e terão até a segunda-feira(04) para preparar toda a documentação.

Ainda de acordo com as informações que me chegaram, os médicos já tinham se reunido de manhã com as responsáveis pela Secretaria de Saúde – a secretária Nilva e a chefe de gabinete Celma – e ambas teriam dito que também não tinham conhecimento da licitação.

Difícil acreditar que elas não sabiam de nada, pois, em casos assim, o pedido de abertura da licitação tem que partir da Secretaria de Saúde. Se não partiu delas, estamos, então, diante de algo estranho.

Ressalte-se que o setor de licitações não tem a obrigação de sair avisando ninguém. Tem apenas a obrigação de dar publicidade nos órgãos de imprensa oficiais, o que foi feito.

Já a Secretaria de Saúde deveria, no mínimo por respeito aos profissionais que atuam no programa, ter tomado a iniciativa de avisá-los sobre a abertura da licitação. Afinal de contas, pouca gente acompanha as publicações oficiais.   

6 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *