MILHARES E “MILHARES”

O meu amigo Cuca, do jornal Folha Regional, deve estar delirando! Vocês repararam a manchete do jornal, neste final de semana? “Natal de Luz: milhares de pessoas acompanham o lançamento da decoração e iluminação natalina em Jales”. A não ser que o jornal esteja falando em sentido figurativo, a manchete cometeu um eloquente equívoco.

Se o jornal tivesse manchetado “centenas de pessoas”, já teria exagerado, uma vez que – segundo informações, já que eu não estive por lá – não havia nem duzentas pessoas na Praça “João Mariano de Freitas”, quando o prefeito cumpriu sua extensa agenda de inaugurações da segunda-feira passada.

Não é difícil calcular: umas 25 pessoas da orquestra de sopros, 20 do coral da Igreja Batista, 20 japoneses do Todoroki, uns 15  parentes do homenageado João Lapiá,  uma dúzia de assessores do prefeito e agregados, outra dúzia de representantes da ACE e outras entidades, e, finalmente, mais umas – sejamos generosos – 30 pessoas do povo. Quer dizer, no máximo 150 pessoas, sendo que a maioria estava lá para participar das apresentações.   

Vamos dar, porém, um desconto ao Cuca: pode ser que a intenção do jornal, ao exagerar na manchete, fosse despertar a curiosidade das milhares de pessoas que habitam as cidades vizinhas, onde a Folha Regional circula, atraindo-as para o nosso comércio. Se foi essa a intenção, vá lá! 

7 comentários

Deixe uma resposta para Anonimo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *