MORADOR PROTESTA CONTRA ATENDIMENTO DA ELEKTRO

DSC00975-

Nílton Borges, o rapaz da foto, trabalha em Jales e mora na zona rural de Vitória Brasil. Na terça-feira, às sete horas da manhã, o sítio onde ele mora, no Córrego do Cedro, ficou sem energia, a qual, segundo ele, voltou somente às 16 horas do dia seguinte, quarta-feira.

Voltou, mas não durou. De acordo com o Nílton, a energia caiu novamente algumas horas depois, já na madrugada da quinta-feira. Ontem à tarde, depois que técnicos da Elektro estiveram no sítio mas não resolveram o problema, e depois de tentar, sem sucesso, um encontro com o encarregado da empresa, o Nílton resolveu fazer um protesto.

Ele sentou-se à frente do portão de entrada da base da Elektro, na marginal Ayrton Senna, onde permaneceu por cerca de cinco horas, até ser atendido por um funcionário da concessionária. Mesmo assim, a falta de energia em sua propriedade só foi resolvida nesta sexta-feira, por volta do meio-dia.  

8 comentários

  • sandro

    essa foi pra acabar ein, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • anonimo

    Se todos tivessem essa coragem, talvez o nosso pais seria melhor. Mas como gente rouba, ta provado e confirma que roubou, vai devolver 1bi, para eles é 1 real, vao roubar mais ainda no futuro, nao vao preso, que pais é esse.

  • Anônimo

    é mesmo uma vergonha, agora temos que nos unir e protestar contra o preço alto que pagamos pela luz isso é uma vergonha num país que não tem inflacão, vamos lá gente todos de frente a elektro vamos vamos.

  • isso é uma vergonha tem que protestar mesmo, agora temos que protestar em frente a elektro contra o valor tao alto que pagamos pela luz, vamos lá todos enfrente a elektro vamos, vamos.

  • Anônimo

    Segundo os juízes do colégio recursal, isso é mero aborrecimento

  • jamil epaminondas

    Infelizmente esse tipo de protesto promove mais o protestador do que o protestado…… e em algumas horas a vida continua como se nada tivesse acontecido, é uma pena mas é real….Na minha opinião o caminho é entrar na justiça e com ação indenizatória e aliviar a indignidade com dinheiro no bolso.

  • Cowboy do asfalto

    Se tivéssemos organização, assim deveria ser feito:
    Pararmos de pagar as contas de energia até o momento do corte.
    Isso proporcionaria um colapso nas contas da Elektro e aí seríamos tratados melhor.

  • amiga

    a minha conta veiá muita alta si soubesse que esse morador tava la tinha ido la também temos ,que fazer alguma coisa queria água Deus ta mandando muita e di graça. ninguém tem que pagar nada.o pvo brigou por 20 centavo . tudo ta dobrando de preço nao entendo ,

Deixe uma resposta para sandro Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *