MORADORA DO JACB QUER SER INDENIZADA POR INUNDAÇÕES

Ainda na seara das inundações, uma moradora do JACB também está recorrendo à Justiça com uma ação de obrigação de fazer com pedido de indenização contra a Prefeitura de Jales e o Departamento de Estradas e Rodagem do Estado de São Paulo (DER).

A moradora, que reside em uma rua próxima à marginal que acompanha a Rodovia “Jarbas de Moraes” reclama que, toda vez que há a ocorrência de uma chuva mais intensa, as galerias da marginal transbordam ocasionando alagamentos que invadem sua casa, causando a deterioração de móveis e utensílios, atém de danos à estrutura do imóvel.

O problema, segundo ela, não é novo e já dura mais de 20 anos. A moradora conta que, em certa ocasião, após perder boa parte de seus móveis, teve que se mudar com a filha de apenas 01 ano para o prédio do Centro Comunitário do JACB, onde permaneceu em situação crítica, por quase três meses.

Neste ano de 2019, a casa foi novamente invadida, o que a está levando a procurar a Justiça com um pedido para que a Prefeitura e o DER sejam obrigados a realizar obras para evitar novas enchentes e enxurradas. Ela está pedindo, também, uma indenização no valor de R$ 8,2 mil, alegando que “cansei de esperar por providências práticas do poder público, capitaneado nos últimos 20 anos por políticos que nada fizeram para resolver nossos problemas com alagamentos”. 

7 comentários

  • KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    CALMA, PRECISA ENTRAR NA JUSTIÇA NÃO!!!

    EM 2020 OS SUPER HEROIS ESTÃO CHEGANDO E VÃO RESOLVER TODOS OS PROBLEMAS DE JALES, PEDE PRA ESSA MOÇA FICAR TRANQUILA!!!

    A PARTIR DE 2021 TUDO VAI SER DIFERENTE, A TROPA DA MARVEL VEM AÍ E JALES VAI SER A NOVA CAPITAL!!!

  • EITA….JALAO ex CENTRO de regiao….isso que eh urbanizar a cidade SEM ORDEM NO PROGRESSO; como podem liberar loteamentos sem infra estruturas(caso galerias pluviais/boca de lobo)?????, e alih na JALES II o terreno nao eh tao em declive,,,,agora imaginem como ficarah lah no novo loteamento(NOVO HORIZONTE), que o terreno eh bem declinado. O prejuizo pra quem comprar lotes lah; começa na fundaçao…quem comprar no lado de cima da rua, terah que fazer um corte monstro e quem comprar na parte de baixo da rua; terah que fazer um muro de arrimo no fundo e aterrar para que de caida pra rua,,,,quem comprar terrenos alih pode preparar milhares de reais soh pra essa parte, e fora isso o loteador/incorporador terah que fazer diques/piscinoes de contençao das aguas lah do PARQUE INDUSTRIAL, senao por aquelas ruas descerao aguas com barros lah do INDUSTRIAL; porque qdo chove nem trator de esteiras acorrentados consegue sair dali pois ainda tem muitas terras….ABRAM OS OLHOS.

  • Uma boa noite!

    Ainda bem que temos o tiago abra e o macetão de vereadores! eles vão resolver isso! tenho fé!

  • JOSUE

    só quem passa por essa situação tem condições de medir seus sentimentos e indiguinação,por ver seu patrimônio afetado desta maneira,fora os prejuízos materiais envolvidos,que com certeza são conquistado com sacrifício,mas todos notem que o povo mudou,aprendeu a cobrar pelos seus direitos,dá mesma forma o poder publico deve mudar se não terá muitas indenizações para pagar,Deus abençoe jales.

  • Servidor

    Ouvi boatos sobre investigações sobre irregularidades “ilícitos” no almoxarifado da Prefeitura. Sabe se procede??

  • PREJUDICADO

    A QUANTAS ANDA O MISTERIOSO DESAPARECIMENTO DAS MADEIRAS QUE FORAM DEPOSITADAS PELA POLICIA FEDERAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *