MULHER CAI NO GOLPE DO BILHETE PREMIADO EM JALES

O amigo Eduardo Monteiro, da Rádio Alvorada, escreveu a notícia para o site Região Noroeste. Vejam:

Uma mulher foi vítima de um casal de vigaristas na tarde de quinta-feira (22), em Jales.

A vítima disse que caminhava pelo centro da cidade, por volta das 14h00, quando a acusada, com sotaque mineiro, pediu uma informação, perguntando onde ficava uma loja chamada “Primavera”. Inocente, a vítima disse não saber do estabelecimento.

Conversa vai, conversa vem, e a mulher acabou abrindo a bolsa e mostrando um bilhete que supostamente seria premiado. Na mesma hora o comparsa apareceu e disse saber de alguém que conhecia bilhetes premiados, e saiu com o bilhete. Pouco tempo depois, o homem voltou e disse que o bilhete realmente era o premiado. 

O casal então disse que abririam uma conta poupança no banco para depositarem o dinheiro do jogo. Então, pediram a ajuda da vítima, e prometeram fazer a divisão do dinheiro.

Os três foram até a casa da vítima, que entregou R$ 1.050,00. Em seguida, os dois “malandros” disseram que iriam até um posto de combustíveis fazer uma ligação, e claro, não voltaram mais.

2 comentários

  • JAYME BELLÃO

    Esse golpe do conto do bilhete é muito antigo e ainda existem pessoas que caem. Sabe porque caem? Na verdade não são só “vítimas”. Caem porque de certa maneira querem levar algum tipo de vantagem proposta pelo golpista, ou seja, a ambição de ganhar algum fala mais alto.

  • MANJADO

    TEM MUITA GENTE QUE CAI POR CAUSA DA GANANCIA POR DINHEIRO….BILHETE PREMIADO, TELEXFREE….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *