NICE REAJUSTA TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM 35,18%

Os contribuintes jalesenses já estão recebendo suas contas de energia elétrica com um leve aumento na chamada Contribuição para Custeio da Iluminação Pública – CIP. De acordo com o decreto nº 6.411, da prefeita Nice Mistilides, a tarifa cobrada aos jalesenses sofreu um reajuste de 35,18%.

Assim, os imóveis residenciais, que pagavam R$ 3,86 mensais, passarão a pagar R$ 5,22. Já os imóveis comerciais e industriais, que pagavam R$ 13,15, começarão a pagar – a partir de janeiro – R$ 17,78. Por fim, os lotes vagos, que contribuíam com R$ 7,72, foram reajustados para R$ 10,44.

E o pior é que, dessa vez, nem dá para reclamar da prefeita, uma vez que a própria tarifa de energia elétrica fornecida pela Elektro – que pesa muito mais no bolso dos consumidores – também aumentou  substancialmente nos últimos meses.

O problema é que a iluminação pública, em Jales, está deixando muito a desejar devido à falta de manutenção, que deveria ter sido feita pela Elektro. A partir desta semana, a manutenção da iluminação pública passa a ser responsabilidade da Prefeitura.

Ou seja: o que já era ruim deverá ficar pior ainda.

21 comentários

  • Eduardo

    Amanhã vou fazer um requerimento solicitando a cópia deste requerimento, levarei para o advogado e se tiver alguma ilegalidade já entro com o pedido de liminar, chega de incompetência se os vereadores não fazem nada esta na hora da população fazer.

  • amiga

    qui nada o nosso povo graças a Deus, só faz manifestação si aumento fosse 20 centavo.

  • +curioso

    Cardosinho é verdade que o advogado da prefeita expulsou o Henrique do caj da oitava dela?

  • Anônimo

    Parabéns Nice você realmente representa este povo mesquinho de Jales que come mortandela e arrota peru.

  • VACIRLEI SOUZA

    Se a iluminação tinha a manutenção da Elektro estava ruim agora com a manutenção feita pela prefeitura vai ficar pior com certeza e o pior a noite não vai dar pra ver os buracos das ruas pois não vai ter iluminação suficienta para tal …. Tal dificil..

  • se f.....

    Que conhecimento técnico o pessoal da prefeitura tem sobre manutenção de energia elétrica? Que curso de especialização fizeram? Que secretaria é responsável? Teve concurso para escolher os melhores? ou tipo o ardo vai trepar em cima da escada e vai mexer nos fios e trocar as lâmpadas. …Kkkkkkk

  • Marreta

    Vai ser o BurrAldo que ficará a cargo da manutenção dos postes de iluminação de Jales. KKKKKKK

  • Paulo

    A cobranca desta taxa não é uma responsabilidade da Prefeita e muito menos dos vereadores trata-se de uma medida adotada pelo governo Federal que transfere os ativos de iluminacao publica aos municipios de todo os país, portanto todos os municipios do Brasil deverao tomar posse dos ativos de iluminacao pública querendo ou nao e quem pagara a conta mais uma vez serao os contruintes – kero deixar claro que nao moro em Jales e tambem nao concordo com a maioria das atitudes tomadas pelo Prefeita mas nao acho justo jogar a culpa por esta noticia em suas costas.

    • Preclaro Paulo, a cobrança da CIP não tem nada a ver com a transferência dos ativos de iluminação pública para os municípios. E também não foi inventada pela atual prefeita. Em Jales, a CIP foi aprovada em 2003 pelos vereadores que apoiavam o então prefeito Hilário Pupim, quando ninguém sonhava em transferir a responsabilidade pela iluminação pública para os municípios.

  • anonimo

    Pelo menos agora vai ter caixa para reajustar o salário do servidor municipal. Não tem desculpa, ou é culpa de administrações anteriores. Vamos lá Zé Luiz,

  • revoltado

    É meu povo Jales vai de mau a pior, quanta incompetência dessa atual administração, a ungida como se diz meu amigo Caridosinho só serve mesmo para comprar bolsas e carros de ultima geração e o povo que si lasque né.
    Ta de parabéns prefeita?

  • Marcio

    A taxa em Santa Fé do Sul é muito maior que isso. Pra quem não sabe, as maravilhas implantadas pelo ex-prefeito Itamar Borges foi baseada em elevação altíssima de IPTU, pelo simples fato de igualar o valor venal ao valor de mercado dos imóveis. Isso tem seu lado bom e seu lado ruim. Vcs de Jales agora devem se perguntar é se a prefeita tem a capacidade de reverter esse aumento em benefícios à sociedade. Pagar alguns reais a mais não mata ninguém, desde que o $ seja corretamente aplicado. Jales precisa de mais transparência e fiscalização das contas municipais.

  • Luz de cada dia

    A decisao de passar o serviço de iluminaçao publica para as prefeitura, certamente vai prejudicar a populaçao.
    Principalmente para uma prefeitura endividada como a nossa que certamente desviara’ os recursos para outra finalidade.
    As prefeituras deverao contratar uma empresa para fazer tal serviço que dara’ algum “presentinho” aos prefeitos.
    O aumento citado pelo blog nao deve ferir o nosso bolso pois as tarifas de energia eletrica ja’ estao subindo a pleno vapor.

  • prof zico

    Esta vaidade de ser prefeita vai lhe custar muito caro.
    O seu veneno vai ser lhe servido na sopa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *