NICE TOMA POSSE COMO PRESIDENTA DA JUNTA MILITAR

O Alexandre Garcia não gosta da palavra “presidenta”, mas os gramáticos dizem que ela pode ser usada sem remorsos. Dona Dilma, por exemplo,  gosta de ser chamada de presidenta. E o pessoal da Secretaria Municipal de Comunicação, ao que parece, não tem nada contra o termo. Vejam a notícia sobre a nova presidenta da Junta Militar: 

A prefeita Eunice Mistilides Silva (Nice) tomou posse na tarde desta segunda-feira (18) como presidenta da Junta do Serviço Militar de Jales. A solenidade aconteceu na sala de reuniões da Prefeitura, com a presença do capitão do Exército Luiz Fernando Borella de Souza, delegado da 20ª Delegacia do Serviço Militar, responsável por 24 municípios da região de Jales. 

Luiz explicou que, por lei, os prefeitos são os presidentes das juntas militares em cada cidade brasileira e que a posse precisa ser formalizada a cada nova administração municipal. Após a assinatura do termo de posse e de juramento à bandeira do Brasil, Nice foi oficialmente empossada pelo oficial do Exército. 

Na reunião que precedeu a cerimônia, o tenente expôs para a prefeita e servidores públicos de diversas secretarias as principais atividades desenvolvidas pelo Exército Brasileiro na região, as atribuições da presidenta e um resumo das normas que regulam o Serviço Militar. 

Logo após a diplomação, a prefeita disse estar muito feliz em poder contribuir com o serviço militar. “É um privilégio poder oferecer este apoio ao exército e ter uma delegacia do serviço militar em nossa cidade. Na minha administração quero proporcionar toda a estrutura necessária à Junta e total atenção aos jovens do nosso município”, finalizou. 

A Junta Militar é responsável pelo serviço de alistamento dos jovens do sexo masculino que completam 18 anos e também presta todo tipo de atendimento relativo à obtenção de documentos de natureza militar como, por exemplo, segunda via do certificado de que o cidadão está em dia com o serviço militar, que é exigido para, por exemplo, tirar passaporte ou prestar concurso público.

5 comentários

  • Sem nome

    Cardosinho,a Prefeitura de Jales oferece mais que apoio à Junta Militar. Mesmo com parecer desfavorável da Procuradoria do Município, a administração anterior alugou, às custas do erário, uma casa para servir de residência para o então delegado da Junta em Jales. Veja bem, alugou uma casa para o delegado, e não para servir de Delegacia (o que até se justifica). O TCESP orienta no sentido de se evitar esse tipo de contratação. Povo de Jales, compareçam às seções da Câmara!

  • M

    Foi a unica PREFEITA da Região que fez tanto fru fru por causa disso,,,, To vendo ali: tirando as meninas do RH, o resto é o mais desocupado de cada Secretaria… kkkkkkkkk

  • Coriolano

    tinha que ter este juramento para cuidar da cidade

  • kkkkkkkkkk

    kkkkkkkkkkkkkk verdade!!!!

  • Amigo atento

    Ou é capitão ou é tenente. Posse da prefeita como…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *