POLÍCIA CIVIL DE JALES PRENDE AUTOR DE ESTELIONATOS

Após tomarem conhecimento de registro de dois boletins de ocorrência sobre estelionatos ocorridos ontem nesta cidade, policiais civis de Jales iniciaram investigação e, com informações passadas por uma das vítimas e observando imagens de câmeras de segurança do centro, constataram que o indivíduo estava pernoitando em um hotel nas proximidades da área central da cidade.

No hotel, os policiais civis verificaram o indivíduo chegando por ali, conduzindo uma motocicleta com as mesmas características passadas pela vítima, sendo ele abordado e, em sua posse, apreenderam um cartão bancário em nome de uma terceira vítima, a qual foi identificada como D.M.O., de 74 anos.

Indagado, o indivíduo, identificado como W.S.C., de 22 anos de idade e morador da cidade de São Paulo, confessou que havia realizado os três golpes nesta cidade e, informalmente, disse também ter realizado outros dois na cidade de Fernandópolis, tendo ele também mostrado o quarto no qual pernoitava e, lá, os policiais civis apreenderam vários cartões bancários de vítimas, uma maquininha de cartão, e a quantia de R$8.120,00 em dinheiro, bem como a motocicleta utilizada nas práticas ilícitas.

O golpe por ele aplicado consistia em telefonar para as vítimas, a maioria maior de 60 anos, sempre no telefone fixo das residências, oportunidade em que o agente ludibriava as vítimas, dizendo ser da Central de Relacionamento do banco e que havia sido constatado que o cartão estava clonado, solicitando que a vítima entregasse o(s) cartão(ões) bancário(s) e a(s) respectiva(s) senha(s) para um motofretista do banco, sendo que o próprio autor, com a motocicleta apreendida, buscava os cartões e senhas nas casas dos ofendidos.

O autor foi preso e encaminhado à Cadeia Pública de Santa Fé do Sul, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia Civil reforça o necessário cuidado com os dados pessoais, documentos e principalmente cartões e senhas bancárias, que não devem ser repassados a nenhuma pessoa estranha, principalmente em contatos telefônicos. Denúncias poderão ser feitas para o número 197 (dias úteis, das 07H00 às 19H00), ou 17-3632-9000 (à noite ou nos finais de semana e feriados).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *