POLÍCIA FEDERAL CONFIRMA TRANSFERÊNCIA DE DELEGADO DE JALES PARA SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

O Diário Oficial da União desta quarta-feira, 01/07, está publicando portaria de segunda-feira, 29/06, assinada pelo diretor-geral substituto da Polícia Federal, Carlos Henrique Oliveira de Souza, que confirma a transferência do delegado Cristiano Pádua da Silva para a Delegacia de Polícia Federal em São José do Rio Preto.

A publicação confirma matéria publicada pelo jornal A Tribuna, em abril, sobre o convite recebido por Cristiano para substituir o então delegado chefe da Polícia Federal em Rio Preto, André Luiz Previato Kodjaoglanian.

A matéria dizia que André Luiz estava deixando o cargo para disputar uma vaga de vice-prefeito em Lins-SP. Ele será candidato pelo PSD a vice-prefeito na chapa do também delegado, mas da Polícia Civil de Lins, João Pandolfi (PP).

Mineiro de Belo Horizonte, Cristiano Pádua foi nomeado para a chefia da Polícia Federal em Jales em fevereiro de 2013 e assumiu o cargo definitivamente em setembro daquele ano quando substituiu o delegado Vinícius Faria Zangirolami, que tinha sido transferido para Londrina-PR.

Antes de assumir o cargo definitivamente, ele já vinha atuando em Jales como delegado chefe substituto e, nessa condição, chefiou a chamada “Operação Fratelli”, desencadeada em abril de 2013, que desbaratou a conhecida “Máfia do Asfalto”, comandada pelos irmãos Scamatti, de Votuporanga.

8 comentários

  • eu

    Este honra o cargo.

  • Observador

    Obrigado por tudo que fez,pena que a justiça não acompanha o vocês determina.
    Sucesso!!!

  • Observador

    E a farra do tesouro??????

  • Parabéns!

    Um grande líder de uma grande equipe. Infelizmente,seus esforços esbarram na justiça lenta e injusta que favorece os que não merecem. Pra dizer o menos. Vide as duas operações FARRA NO TESOURO que desmantelou uma quadrilha que se fartava no dinheiro do povo firmada por SERVIDORES BANDIDOS e até agora ninguém foi preso. É humilhante para o povo. O mandato do prefeike Frá vai acabar o os funcionários INDICIADOS pela Polícia Federal continuam recebendo dinheiro do povo.

  • Manoel Ricardo Albuquerque

    Obrigado Dr. tenha certeza que somos gratos em tudo que fez em prol de uma sociedade mais justa

    Jales agradece homem de caráter e compromissado com a justiça

    Fica a saudade do Dr e família

    Boa sorte até em breve que Deus o abençoe

  • Quem quer dinheiro????

    Excelente profissional, deixou um belo legado, sucesso na nova fase de sua carreira doutor. E que o próximo DPF seja tão atuante quanto, sugestão de operação: que tal desencadear uma operação contra os contrabandistas, especialmente os de cigarros vindos do Paraguai, fica a dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *