POSTO DE EMISSÃO DE PASSAPORTES DE JALES CAUSA INVEJA EM MOGI DAS CRUZES

O fato de Jales possuir um posto de emissão de passaportes – na Polícia Federal – parece estar incomodando o pessoal de Mogi das Cruzes.

Ontem, o jornal O Diário, daquela cidade, publicou editorial reclamando que, apesar de contar com mais de 440 mil habitantes, não conta com um posto emissor de passaportes, enquanto cidades com população bem menor – como é o caso de Jales – possuem esse tipo de serviço.

Segundo o jornal, o Departamento de Polícia Federal mantém, no interior de São Paulo, 16 postos de emissão de passaportes, dos quais pelo menos 12 operam em municípios bem menores que Mogi das Cruzes, “como é o caso de Cruzeiros, com seus 81 mil habitantes, que deve o serviço ao ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, prata da terra”.

O jornal diz que fica difícil explicar a inexistência, em Mogi das Cruzes, de um serviço que existe em Araraquara (143 mil habitantes), Araçatuba (178 mil), Marília (237 mil), Piracicaba (297 mil), Presidente Prudente (207 mil), São Carlos (239 mil) e São José do Rio Preto (431 mil). E finaliza o editorial dizendo que “pior ainda é tentar explicar que não há, aqui, o que existe em Jales, cidade paulista de 49 mil habitantes”.

Sal grosso para os invejosos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *