PREÇO DA GASOLINA EM JALES ESTÁ BEM ACIMA DO PREÇO MÉDIO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Certamente que o senhor da direita não está nem um pouquinho preocupado com o preço dos combustíveis, mas deveria estar. Afinal de contas, os preços dos combustíveis influenciam os preços de muita coisa.

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) publica semanalmente uma pesquisa de preços dos combustíveis em todo o Brasil. Até alguns meses atrás, a ANP pesquisava os preços em 108 cidades paulistas – incluindo Jales e Votuporanga – mas, de uns tempos para cá, a pesquisa é feita em apenas 42 cidades.

Na nossa região, os preços são pesquisados somente em São José do Rio Preto e Araçatuba. Em Araçatuba, o preço médio da gasolina é de R$ 4,68 por litro, enquanto em São José do Rio Preto, o preço médio é de R$ 4,51, segundo levantamento realizado entre os dias 06 e 13 de fevereiro.

No estado de São Paulo, onde foram pesquisados 830 postos em 42 cidades, o preço médio está em R$ 4,55, o segundo menor do país, atrás apenas do estado do Amapá, onde a gasolina está custando, em média, R$ 4,12 por litro. Na outra ponta, a gasolina mais cara é comercializada no Acre (R$ 5,33), Rio de Janeiro (R$ 5,30) e Brasília (R$ 5,08).

Nos estados vizinhos, os preços médios estão bem acima de São Paulo (R$ 4,55). No Mato Grosso do Sul, o preço médio está em R$ 4,93, enquanto em Goiás está em R$ 4,96 e em Minas Gerais está em R$ 4,90.

Reparem que a diferença do preço da gasolina entre São Paulo e o Rio de Janeiro é de R$ 0,80 por litro. Essa diferença pode ser explicada pelo ICMS cobrado pelos dois estados. Enquanto em São Paulo, a alíquota do ICMS é de 25% (a menor taxa do país), no Rio de Janeiro ela é de 34% (a maior taxa).

Em Jales, a gasolina mais barata está custando R$ 4,76 por litro, enquanto a mais cara está em R$ 4,80, ou vinte e cinco centavos acima da média estadual. Já houve um tempo em que a gasolina vendida em Jales era uma das mais baratas do estado. Agora, como se vê, os preços praticados nos postos da cidade estão bem mais caros que a média estadual.

Convém lembrar que, em outubro de 2014, quando a presidenta Dilma foi reeleita, a gasolina custava cerca de R$ 3,00. Quase dois anos depois, quando Dilma foi apeada do poder, a gasolina estava sendo vendida por algo em torno de R$ 3,30. Agora, com a Petrobras sendo administrada por pessoas honestas, o preço médio da gasolina passa de R$ 5,00 em alguns estados.

13 comentários

  • PREJUDICADO

    LOGICO TODO MUNDO SABE EXISTE UM CARTEL EM JALES,O DONO DO POSTO NAO SEI NOME MAIS AQUI EMBAXIO DA ROTATORIA DA FRCO JALES COM PAULO MARCONDES TEM UMPOSTO EM ARACATUBA E O PREÇO LA É BEM MENOR . DEVERIAMOS ABASTECER E PEDIR NOTA FISCAL AI ELES IAM SE ARDER.

  • Observador

    Esse posto citado acima mais 2 logo a frente é que combinam tipo segunda-feira mais 0,10.Detalhe porque só sobe de 0,10 em 0,10 centavos nunca uma porcentagem 1-2……%???????.
    Cadê o Procon??só existe para nós pagarmos 12 mil de aluguel!!!
    Região Fernandopolis /Votuporanga ETANOL 2,78

  • Histórico da Gasolina

    Lembrando que FHC começou com a gasolina a 50 centavos no início do Plano Real e entregou pro Lula a R$2.75 8 anos depois.

    O Lula pegou a gasolina a R$2.75 e terminou seu governo em R$2,50.

    Dilma pegou com R$2,50 e quando foi caçada estava R$2.70.

    Temer pegou com 2,70 e quando saiu já estava 3,80.

    O Bozo pegou com R$3,80 e depois de 2 anos já está mais de R$5,00.

    Quando sair em 2022, estará beirando , não sei. Se o gado elege-lo novamente, em 2026, estará. …; Espero que não. Não pode ser.

    O gado dizia Vamos tirar a Dilma.
    Só piorou.

    Depois a reforma trabalhista do Temer. Agora vai.

    Depois a reforma trabalhista do Bozo.

    Depois a reforma da Previdência que só BENEFICIOU OS POBRES.

    Agora a reforma administrativa, será a pá de cal.

    Aí vem os ruminantes dizerem que este é o mais honesto e melhor presidente que o Brasil já teve.

    O gado ruminante é o maior responsável por todos os aumentos de preço e desigualdade social que este País está passando hoje, por suas escolhas políticas, desde o golpe.
    E olha que só vimos o histórico da gasolina.

  • Cansada de ser roubada

    A população tem que deixa de ser besta ,e pedir nota fiscal ,,ontem abasteci meu carro no posto da avenida ,pedi nota fiscal o frentista mandou eu pedir lá dentro no escritório fui lá e pedi a moça fez a nota fiscal e me entregou ,vou pedir toda vez que abastecer , façam o mesmo não custa nada vc exigir seus direitos. A voz do povo e muito forte . Vamos juntos exigir nota fiscal Brasil .

  • Zinabre preto

    Aqui nessa cidade, ou você é patrão ou você é escravo.

    Eles acham que todo mundo e rico, vendendo tudo a preços absurdos bando de esfomeados….

  • Vai no Posto Ipiranga!

    A cartelizaçao dos preços de combustíveis sempre houve no Brasil inteiro. O proprietário de carro e nem a Lei meti medo nos donos de postos de combustíveis.
    A justiça sabe disso mas precisa de uma denúncia com provas. Não há! Os preços estão liberados no Brasil.
    Em Jales tivermos o preço menor do Estado de São Paulo por muito tempo.
    Os donos de posto de gasolina reclamavam na época, da desunião entre eles.
    Agora eles se uniram e subiram os preços. Querem recuperar o prejuízo. Se e’ que tiveram?
    Já em campanha bolsonaro prometeu que iria baixar os preços dos combustíveis.
    Como o preço está atrelado ao valor do dólar que está alto demais.
    Estamos pagando muito caro pelo combustível.
    Os caminhoneiros quiseram fazer greve mas bolsonaro convenceu de que iria abaixar o preço.
    Coloca culpa agora no ICMS ou melhor nos Estados. Promete que vai abaixar o preço para socorrer os caminhoneiros.
    Ou está com medo deles

  • Abraham Lincoln

    Pura desinformação atrelar o preço do combustível à saída do governo petista, meu Deus!!! A Petrobrás é uma estatal, e isso sim assusta a concorrência. Concorrência frágil. Seria como entrar em campo para jogar contra a equipe que paga o árbitro. Como se arriscar em um mercado em que a maior concorrente é do governo???? Será que saquear a Petrobrás, então, era o fator que mantinha o preço dos combustíveis aqui em Jales mais em conta???? Oh meu Deus, ajude-nos!!!!!!! Além disso, vale ressaltar que Jales é caso “especial”, muito “especial”. É preciso um olhar mais, digamos, Jalesense, para entender as peculiaridades preços dos combustíveis aqui na terrinha. Essa semana paguei R$ 3,09 no etanol em Rio Preto. Mas alguns dirão que é o frete que incide sobre a maior distância. Ok, mas não seria suficiente o argumento para explicar o mesmo etanol a R$ 3,13 em Santa fé do Sul, vizinha quase Mato-grossense. Como eu disse, Jalesenses entenderão.

  • Leandro

    Cade o promotor.???? Q vive querendo mandar na prefeitura….cade o promotor???…

  • Observador

    Ouvi que para amanhã mais 0,20 para o etanol e 0,20 a gasolina.
    Pode isso Arnaldo???

  • Sérgio

    Se continuar subindo assim, até dezembro de 2021 estará a quase 15,00 reais o litro da gasolina. Quase 35% de aumento em menos de 2 meses. Faça o cálculo.

  • Eu

    Região Fernandopolis/Votuporanga
    ETANOL 278,9
    Como pode???????

  • Cleyton

    Não acho caro não não tem dinheiro anda apé ou abre um posto vende barato

  • Elias

    Como já disseram, exijam nota fiscal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *